CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

sábado, setembro 30, 2006

Rosalba tem motivos para sorrir

Análise da disputa ao Senado observando as três pesquisas Ibope

Se há alguém com motivos para comemorar os números do Ibope é a ex-prefeita de Mossoró e candidata ao Senado, Rosalba Ciarlini (PFL).

Rosalba saiu de um empate técnico e numérico com Fernando Bezerra (PTB) em 29%, na pesquisa de 23 de agosto, para novo empate agora no sábado, 30, em cima de 41% cada um.

O motivo da alegria, é que na sondagem de 15 de setembro, ela tinha 30% contra 35% de Fernando Bezerra.

Observando-se o comportamento de cada um dos candidatos, em especial Fernando e Rosalba, é fácil identificar que ela reagiu no momento mais necessário. Cresceu 11% em apenas 15 dias.

Enquanto isso, Fernando Bezerra subiu menos, apenas 6% em igual período.

NANICOS

Entretanto, o que também chama a atenção, é que nesse empate, outra vez o Ibope mede uma seqüência de percentuais para candidatos “nanicos” (veja todos os números em matéria abaixo desta) que está fora da realidade. Nesse cumulativo ‘desaparecem’ 4% de intenções de voto. A quem o Ibope teria protegido? Se isso ocorreu, claro.

O instituto lava as mãos da mesma forma que acontece na disputa ao governo (veja matérias postadas abaixo). Talvez não tenha se arriscado a jogar números de vantagem para um dos candidatos, jogando nos nanicos a segurança da 'credibilidade'.

Quem decidirá a eleição?

O comportamento do eleitorado de Geraldo Melo (PSDB), que pode migrar em parte para Fernando ou mesmo para Rosalba, é um fator particularmente decisivo. É o “voto útil”. É pouco provável que Geraldo mantenha seu rebanho nos 14% que são assinalados pelo Ibope agora.

O percentual de indecisos/nulos/brancos que é de bom porte (7%) também fala alto na avaliação, que carece de mais elementos (dados sobre itens sociais, rejeição etc) para que se possa produzir análise mais segura.

Por último, não deve ser descartada a vitória por gravidade, com o candidato (a) a governador içando seu parceiro (a) de chapa majoritária. Se Garibaldi vencer as eleições, não será estranho que puxe Rosalba. Se for Wilma a vencedora, Fernando teria essa alavancagem a mais.

Temos uma eleição para ser vencida, literalmente, no dia.

Observe disputa ao Senado

Veja cenário conhecendo números das três pesquisas do Ibope

Para que você compreenda melhor como está o quadro da disputa ao Senado, observe as três pesquisas produzidas pelo Ibope na campanha deste ano no RN.

Pelos números recentes, datada desse sábado, 30, a disputa está empatada entre Fernando Bezerra (PTB) e Rosalba Ciarlini (PFL) 41% x 41%.

Veja os números abaixo:

Senado (23/agosto):

Fernando Bezerra (PTB) – 29%
Rosalba Ciarlini (PFL) – 29%
Geraldo Melo (PSDB) – 22%
Joanílson Rego (PSDC) – 1%
Simone Dutra (PSTU) – 1%
Augusto Maranhão (PTC) – 0%
Edgar Caldas (PCB) – 0%
Antônio Sotero (PSL) – 0%
Indecisos – 9%
Brancos e Nulos – 8%

Senado (15/setembro):

Fernando Bezerra (PTB) – 35%
Rosalba Ciarlini (PFL) – 30%
Geraldo Melo (PSDB) – 17%
Joanilson Rego (PSDC) – 1%
Antônio Sotero (PSL) – 1%
Simone Dutra (PSTU) – 1%
Augusto Maranhão (PTC) – 1%
Edgard Caldas (PCB) – 0%
Indecisos – 8%
Brancos/Nulos – 6%

Senado (30/setembro):

Fernando Bezerra (PTB) – 41%
Rosalba Ciarlini (PFL) – 41%
Geraldo Melo (PSDB) – 14%
Simone Dutra (PSTU) – 1%
Joanilson Rego (PSDC) – 1%
Augusto Maranhão (PTC) – 1%
Edgar Caldas (PCB) – 1%
Antônio Sotero (PSL) – 0%
Brancos/Nulos/Indeciso – 7%

Aguarde análise do quadro de disputa ao Senado, a partir do levantamento das três pesquisas do Ibope resumidas aí acima, nesta postagem.

Wilma agora é a favorita ao governo

Análise dos números em três pesquisas Ibope dão essa vantagem

Com base nos números divulgados hoje (veja quadro em matéria abaixo), pelo Ibope, quem deve vencer as eleições ao governo estadual este ano no RN?

Se tivesse mais elementos à mão para análise, certamente faria uma assertiva com boa margem de segurança, nunca uma declaração irremovível. Faltam-me detalhes quanto à rejeição, cruzamento de intenções de voto com dados sociais e por região, além de comparação de tudo isso com as sondagens anteriores do mesmo instituto.

Se não vivêssemos uma disputa absolutamente atípica, a começar pela inversão do papel da pesquisa, que deixou de ser instrumento de aferição para virar ferramenta de indução, eu arriscaria um palpite: diria que Wilma de Faria (PSB) ganhou as eleições.

Não posso afirmar com aura premonitória que a atual governadora vai se reeleger. Contudo, no mínimo não é exagero afirmar que o favoritismo mudou de lado. Está com ela. O tira-teima ficou mesmo para as urnas, estando nas mãos de mais de 2,1 milhões de eleitores.

CRESCENDO

Com 48% em empate numérico e técnico com o sempre favorito e primeiro lugar até então, Garibaldi Filho (PMDB), Wilma ganha uma lufada de confiança para o dia 1º. A sua militância tem motivos para estar confiante. Ela é o único dos nomes ao governo que só fez crescer desde o início da contenda.

O Ibope mostra nas três pesquisas (23 de agosto, 15 de setembro e 30 de setembro), uma Wilma para cima. Saiu de 41% para 42% e agora 48%. Cresceu 7%.

Garibaldi Filho mantém-se com alto nível de cristalização de votos (que venho escrevendo há tempos, como capaz de decidir o pleito). Continua desde o princípio acima dos 40% em intenções de voto. Começou com 49%, caiu para 46% e agora se sustenta em 48%. Uma instabilidade em alta. É seu maior trunfo.

Se Wilma tiver conseguido atingir o universo de eleitores de Garibaldi, desmanchando parte dessa cristalização, a campanha estará irremediavelmente definida em favor dela. Mas isso só é possível enxergar com avaliação da pesquisa por inteiro e não apenas os números secamente.

CONFUSO

Não posso assegurar, porque seria leviano, mas tenho elementos para acreditar que o Ibope tirou uma carta de seguro. E os indícios disso estão no estranho quadro das intenções de voto para os chamados candidatos “nanicos”. Aposto que nenhum deles chegará sequer a 0,5% de intenções de voto nas urnas.

Fixar 1% para Sandro Pimentel (PSOL), Geraldo Forte (PSL), Marcônio Cruz (PSDC) e Zé Bezerra (PCB), cada um, portanto 4% cumulativos, é insultar a inteligência dos mais atentos. Enquanto isso, o Xeque Humberto (PTC) que até participou de um debate, capaz em tese de obter algum resíduo de pontuação, ficou com 0%.

Com o empate técnico, o Ibope é o grande vencedor, por enquanto, das eleições no RN. Com a margem de erro ficando nos 3%, se livrou de embaraços e na pior das hipóteses saiu numa boa com uma das p artes diretamente envolvida na disputa.

Aguarde. Daqui a poucos minutos os números das três pesquisas Ibope ao Senado e em seguida, matéria analítica dessa concorrência.

Avalie as três pesquisas Ibope

Quadro de sondagens ao governo do RN ajuda a entender disputa

A pesquisa divulgada hoje pela InterTV Cabugi e em seguida pela própria Rede Globo de Televisão é a terceira do período de campanha, no RN, feita e registrada pelo Ibope.

Abaixo apresento o resumo numérico de cada uma, com as respectivas datas. A partir desse levantamento, é que vou postar em seguida outra matéria fazendo uma análise do comportamento dos números e candidatos, segundo o que foi apresentado pelo Ibope.

A estimativa do próprio Ibope é de que haveria segundo turno, conforme a pesquisa veiculada hoje.

Veja o resultado das três pesquisas ao governo este ano:

Governo (23/agosto):

Garibaldi Filho – 49%
Wilma de Faria – 41%
Geraldo Forte – 1%
Xeique Humberto – 0%
José Bezerra – 0%
Marcônio Cruz - 0%.
Indecisos – 3%
Brancos e Nulos – 6%

Governo (15/setembro):

Garibaldi Filho (PMDB) – 46%
Wilma de Faria (PSB) – 42%
Geraldo Forte – 2%
Marcônio Cruz – 1%
Xeque Humberto – 1%
José Bezerra – 0%
Sandro Pimentel – 0%
Indecisos – 4%
Nulos/Brancos – 4%

Governo (hoje, 30/setembro):

Garibaldi Filho (PMDB) – 48%
Wilma de Faria (PSB) – 48%
Xeque Humberto (PTC) – 0%
Geraldo Forte (PSL) – 1%
Sandro Pimentel (PSOL) – 1%
Zé Bezerra (PCB) – 1%
Marcônio Cruz (PSDC) – 1%
Brancos/Nulos/Indecisos – 7%

Aguarde. Em poucos minutos apresento matéria analítica quanto às três pesquisas do Ibope.

Lei Seca é adotada

A Lei Seca está vigorando mais uma vez no Rio Grande do Norte, em face das eleições.

Portaria da Secretaria de Segurança Pública assinada pelo titular, Gualberto Bezerra, estabelece que é terminantemente proibida a venda de bebida alcoólica no RN, entre 0h e 18h deste domingo, 1º de outubro.

A transgressão implicará em sanções contra quem negociar a bebida e consumidor.

Saiba mais informações sobre as eleições acessando Este Blog em poucos minutos.

Última pesquisa Ibope/RN

InterTV Cabugi confirma empate ao governo e Senado

A InterTv Cabugi divulgou oficialmente há poucos minutos os números para a disputa ao governo e Senado no RN, conforme dados do Ibope. O instituto avisa que a sondagem leva em conta apenas os votos válidos, por isso que os ítens branco/nulos/indecisos estão agregados num identificador único de intenções.

Registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a sondagem ouviu 812 pessoas em todas as regiões do Estado entre os dias 28 último e hoje, 30.

Como até enfaticamente anunciou a emissora, “a disputa está rigorosamente empatada” tanto ao governo como ao Senado.

Veja os números:

Governo

Garibaldi Filho (PMDB) – 48%
Wilma de Faria (PSB) – 48%
Xeque Humberto (PTC) – 0%
Geraldo Forte (PSL) – 1%
Sandro Pimentel (PSOL) – 1%
Zé Bezerra (PCB) – 1%
Marcônio Cruz (PSDC) – 1%
Brancos/Nulos/Indecisos – 7%

Senado

Fernando Bezerra (PTB) – 41%
Rosalba Ciarlini (PFL) – 41%
Geraldo Melo (PSDB) – 14%
Simone Dutra (PSTU) – 1%
Joanilson Rego (PSDC) – 1%
Augusto Maranhão (PTC) – 1%
Edgar Caldas (PCB) – 1%
Antônio Sotero – 0%
Brancos/Nulos/Indeciso – 7%

Ainda hoje à noite posto matérias analíticas quanto às disputas ao governo e Senado, confrontando sondagem atual com pesquisas anteriores do Ibope.

Pesquisa Ibope

O Blog da jornalista Thaisa Galvão noticiou agora há pouco, em primeira mão, os números da mais nova pesquisa Ibope, que deverá ser anunciada à noite, no noticioso RN TV Segunda Edição, da InterTV Cabugi.

Há um rigoroso empate ao governo e ao Senado. Ainda hoje, Este Blog analisa os números desta pesquisa Ibope e da anterior:

Governo:
Wilma – 48%
Garibaldi – 48%

Senado:
Fernando – 41%
Rosalba – 41%
Geraldo – 14%

Garibaldi pode obter 25 mil votos de maioria

Vitória de candidato a governador em Mossoró está consolidada

Pelos números do Instituto Consult, divulgados hoje pelo Diário de Natal (veja em postagens abaixo), a vitória do senador e candidato a governador Garibaldi Filho (PMDB) da Vontade Popular está consolidada, em Mossoró. Pelos números, é possível que fique em cima do que a coordenação de sua campanha no município projeta estudos internos.

Segundo o Consult, Garibaldi desponta em Mossoró com 54,2%, contra 30,8% de Wilma de Faria (PSB) da coligação Vitória do Povo. Maioria de 23,4%. Mossoró tem 149.348 eleitores aptos.

O empenho dos partidários de Garibaldi Filho é no sentido de lhe oferecer uma maioria em torno de 25 mil votos sobre Wilma no município. Pela aferição do Consult, hoje a dianteira bateria essa expectativa. No início da campanha, a Vontade Popular estimava 40 mil votos de maioria. Delírio.

EM 2002

Nas eleições de 2002, houve apuração de 96.880 votos nominais para governador em Mossoró, de um total de 135.516 aptos. A abstenção esteve em 21.512 votos, ou seja, 15,87%.

Mossoró ainda contabilizou 11.829 votos nulos e 5.295 em branco.

Os três candidatos a governador mais votados em Mossoró em 2002 foram Fernando Freire (PPB) com 30.017, Fernando Bezerra (PTB) em 28.465 e Ruy Pereira (PT) chegando a 16.229.

Eleições 2006

Disputa à Assembléia Legislativa deve ter quociente alto

A corrida pelos 24 assentos no plenário da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte este ano é renhida. E a previsão é de que o quociente eleitoral (soma dos votos válidos dividida pelo número de vagas) seja muito alto.

Este Blog continua a postar informações técnicas sobre as eleições, para contribuir mais ainda ao debate.

Em 2002, últimas eleições à AL, o quociente eleitoral chegou a 60.842 votos. Simplificando: cada coligação, para eleger um deputado, teria que obter pelo menos esse quantitativo de votos.

Houve apuração de 1.461.908 votos para deputado estadual àquele ano, de um total de 1.917.382 eleitores registrados.

À ocasião houve contagem de 1.269.763 votos diretos em candidatos, além de 192.145 em legendas.

E para este ano, qual a expectativa de quociente eleitoral? Um pouco além desses 60.842 votos de 2002. No “chutômetro” penso que não ultrapasse os 65 mil votos.

RN é citado em decisão restrita a primeiro turno

A maior marca desta eleição é o grande número de possíveis decisões no 1º turno. Podem ser até 21 casos de solução já no domingo. Há casos apertados, como os de Paraná, Rio de Janeiro, Sergipe e Alagoas. Mas mesmo que sejam 20, 19 ou 18, já será um recorde desde quando esse tipo de dispositivo passou a existir, em 1990 (para governadores).

Alguns casos em que os dois primeiros colocados estão empatados também podem acabar no primeiro turno por uma simples razão: o terceiro colocado tem um percentual irrisório nas pesquisas. Por exemplo, na Paraíba José Maranhão (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) estão tecnicamente empatados. Mas o terceiro colocado tem apenas apenas 0,4% (é Lourdes Sarmento, do PCO). Ou seja, a disputa tem chance de acabar domingo.

Situação semelhante se dá no Rio Grande do Norte. Wilma Faria (PSB) tem 45,2% contra Garibaldi Filho (PMDB), que aparece com 44%. Os dois têm chance de vitória no domingo, pois o terceiro colocado (Zeca Bezerra, do PCB) registra só 0,5%.

Blog do Fernando Rodrigues (Grupo Folha de São Paulo)

Internet ajuda na escolha de candidatos

A tecnologia está a serviço do eleitor.

Antes de votar, quem acessar a Internet e focar sua atenção em determinados endereços poderá ganhar novos subsídios à escolha de seus candidatos. Votar em branco ou nulo, nem pensar.

Acesse estes endereços abaixo e nutra-se de mais subsídios sobre candidaturas e candidatos:

Transparência Brasil - http://www.transparencia.org.br/index.html

Políticos do Brasil - http://www.noticias.uol.com.br/fernandorodrigues/politicosdobrasil/

Ibope apresenta hoje sua terceira pesquisa no RN

O Ibope apresenta hoje no programa noticioso RN TV Segunda Edição, da InterTv Cabugi, afiliada da Rede Globo de Televisão, às 19h, os mais recentes números do Ibope para a disputa ao governo estadual.

Enquanto o resultado não sai, a usina de boatos e especulações produz uma infindável combinação de números, vantagens e desvantagens envolvendo os principais candidatos ao governo estadual.

Essa será a terceira rodada de pesquisa oficialmente divulgada pelo Ibope na campanha atual.

Revista mostra grande equilíbrio no RN

Em sua edição mais nova que começa a circular no Estado, a revista IstoÉ tem reportagem mostrando que o páreo ao governo do RN é um dos mais equilibrados do país.

A mesma revista apresenta a mais nova pesquisa ao governo, pelo Instituto Databrain.

Veja os números que dão empate técnico:

Wilma de Faria – 45,2%
Garibaldi Filho – 44%
Xeque Humberto – 0,7%
José Bezerra – 0,5%
Sandro Pimentel – 0,4%
Geraldo Forte – 0,2%
Marcônio Cruz – 0,2%
Indecisos – 3,6%
Brancos e Nulos – 3,5%
Não Sabem – 1,7%

Pesquisa Consult/Diário/Governo do Estado

Na pesquisa Instituto Consult/Diário de Natal para o governo, o nome da governadora Wilma de Faria (PSB) desponta em primeiro lugar.

Segundo registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Consult ouviu 1.700 pessoas no Estado.

O resultado para o governo dá maioria de 5,88% de Wilma em relação a Garibaldi Filho (PMDB).

Veja os números:

Wilma de Faria – 48%
Garibaldi Filho – 42,12%
Geraldo Forte – 0,59%
Xeque Humberto – 0,41%
Sandro Pimentel – 0,35%
Marcônio Cruz – 0,18%
José Bezerra – 0,06%
Indecisos – 4,59%
Brancos e Nulos – 3,71%

Pesquisa Consult/Diário/Senado

O Diário de Natal publica hoje a oitava pesquisa do ciclo eleitoral deste ano, do Instituto Consult.

Os números para o Senado são estes abaixo. Revelam uma maioria pró-Fernando Bezerra (PTB) em relação Rosalba Ciarlini (PFL) de 5,59%

Fernando Bezerra – 37,18%
Rosalba Ciarlini – 31,59%
Geraldo Melo – 10,71%
Augusto Maranhão – 0,02%
Simone Dutra – 0,18%
Joanilson Rego – 0,12%
Antônio Sotero – 0,06%
Indecisos – 12,47%
Brancos e Nulos – 7,47%

sexta-feira, setembro 29, 2006

Editorial

Todos os nomes e a crença

Tenho o hábito de declinar minhas opções eleitorais, a cada pleito estadual/nacional. Tem sido assim há muitos anos. Agora não é diferente. Dessa feita abrigado num ambiente virtual, a Internet, repito o costume.

Não partilho da tese da neutralidade jornalística, como se o comunicador social fora uma entidade superior. Isso não passa de mito. Puro embuste. Sobretudo em se tratando do jornalismo político, é fundamental a opinião, o enfoque analítico e o contraditório, dando combustão à dialética que transforma pasmaceira em debate.

Eu penso. Como qualquer indivíduo, sou um ser humano movido pela valoração voluntária ou inconsciente, a partir das informações e percepções naturais. Não vinga o argumento de que o jornalista tem que ser imparcial. Impossível! Ele não deve se permitir à influência partidária e à leviandade.

Minhas escolhas são como cidadão. Mas elas não se propõem, através deste texto, à influência de massa. Não possuo essa pretensão. É, sim, um manifesto em honra à profissão, ao zelo com que a trato, sendo leal em especial com quem me lê e confia em meus propósitos.

Quanto aos critérios adotados para as escolhas, eles se baseiam num leque de argumentos. Vão da competência à biografia. Seres perfeitos os meus eleitos? Não. Apenas gente. Além deles, temos vários outros em condições de, numa democracia representativa, significarem alento à sociedade. Mas vamos aos nomes.

Deputado estadual. Voto em Lavoisier Maia (PSB). Ex-governador, ex-senador, ex-deputado federal, Lavoisier é um sertanejo típico. Depois de tantas vicissitudes e ocupar postos públicos mais relevantes, tem a humildade de se candidatar à Assembléia Legislativa. Não se revela humilhado por isso. Assinala, com a atitude, ser alguém diferenciado.

Deputado federal. Betinho Rosado (PFL) outra vez. Já votara nele antes. É um parlamentar na acepção da palavra, com visão para o macro e a plena consciência quanto ao papel do legislador. Há quem se queixe de não vê-lo com freqüência nas bases. Ele tem que aparecer em Brasília. É lá seu lugar.

Ao Senado, opto por Fernando Bezerra (PTB) à reeleição. Nos últimos tempos tem sido um dos mais operosos e produtivos políticos do RN. Em seu período como ministro, por exemplo, nunca o Estado recebeu tantos recursos liberados por suas mãos a realizações importantes. Criticam-no por ser casmurro, fechado, de poucos sorrisos. Melhor assim do que a graça pré-fabricada e moldada no escárnio.

À Presidência da República vou de Cristovam Buarque (PDT). Inteligente, culto, preparado para governar o Brasil e o único, entre os candidatos, que conseguiu apresentar idéias palpáveis, sem a engenhosidade da retórica e da cosmética do marketing.

Ao governo do Estado fico com Wilma de Faria (PSB). Não se trata de reconhecimento à sua gestão vigente, que na verdade é apenas razoável. Poderia ter sido melhor e revolucionária, se apostasse numa reforma de Estado, abdicasse dos favores localistas e tivesse investido numa gerência descentralizada. O voto é acima de tudo contra o atraso político de arrumações baratas, envolvendo inimigos que se associam temendo o advento de outras forças, como se fossem donos do Estado. Nada pessoal. É ideológico mesmo.

É isso. Que venha 1º de outubro.

Nilton deixa Elias e apóia Raimundo Fernandes

O ex-prefeito de Pau dos Ferros Nilton Figueiredo (PP) não apóia mais o deputado estadual Elias Fernandes (PMDB).

A nova opção do ex-prefeito é em favor da reeleição de Raimundo Fernandes (PSB).

A posição de Nilton deve prejudicar sobremodo o projeto de reeleição de Elias, que já andava cambaleante.

A decisão de Nilton é decorrente da batida policial que sofreu em sua casa, há dois dias, sob a acusação de estocar feiras para compra de votos. Nada foi localizado com Nilton, que pudesse lhe incriminar.

Ligado à coligação Vontade Popular, da qual Nilton é adversário, Elias termina levando a pior. O vínculo dele com essa aliança fez o ex-prefeito se distanciar por inteiro de qualquer afinidade com os oposicionistas.

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

PARA VENCER – Pelo pouco que é possível se extrair de parte das pesquisas, há algo a ser avaliado, ajudando a tentar compreender e quem sabe vaticinar o que ocorrerá no dia 1º no RN. Quanto ao governo do Estado, Garibaldi Filho (PMDB) experimenta uma alta faixa de cristalização de votos. Em nenhuma pesquisa até aqui apareceu abaixo dos 40%. Para superá-lo, Wilma terá que diluir e drenar parte desse capital, ou não se reelegerá. Ela tem crescido muito entre os indecisos, mas falta sorver alguma coisa entre os que estão incinados por Garibaldi.

SENADO – Quanto ao Senado, o páreo parece mesmo entre Fernando Bezerra (PTB) e Rosalba Ciarlini (PFL). O dia da eleição, com o trabalho das forças de base, definirá o vencedor. Fernando – em tese – tem a vantagem de contar com uma rede de apoios mais significativos. Contudo, o esvaziamento da candidatura de Geraldo Melo (PSDB) poderá decidir tudo. Para onde migrarão parte dos votos de Geraldo? Ele deve ficar de 10% para baixo em votos no domingo. O restante pode dar a vitória a Rosalba ou se revelar um protesto do eleitor do baixinho, com voto útil em Fernando. Uma engenharia muito complexa.

MAIS – Instituto Consult e Ibope devem aparecer com pesquisa sobre a disputa eleitoral no Rio Grande do Norte amanhã. Hoje deram números da Certus e Databrian (leia nos blogs http://www.thaisagalvao.zip.net/; http://www.oliveirawanderley.zip.net/ e http://www.blogdodiogenes.com.br/.

COBERTURA – Este blog estará atento e participando da cobertura das eleições no RN. Ao mesmo tempo, aceitei convite para trabalho em outros órgãos de imprensa de Mossoró e Natal. Assunto não vai faltar.

DA REDAÇÃO

- O jornalista Sérgio Chaves faz tratamento de saúde em Natal. Promete, em contato com este blogueiro, que à próxima semana estará novinho em folha em Mossoró. Boa sorte, Sérgio.
- Já Tibério Rosado, ex-executivo do xtinto Banco Mossoró, continua internado no Hospital do Coração em Natal. Pelo menos saiu da UTI, mas deverá ser submetido a outra cirurgia. Façamos uma corrente de fé pelo bom Tibério.
- Quanto à dona Francisca Rosado, mãe do ex-deputado Laíre Rosado, está em franca recuperação de problema de saúde. Ela reside em Natal

PENSANDO BEM...

"Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos.” (Mahatma Ghandi)

Natal e Mossoró concentram 30,36% dos votos

Natal e Mossoró juntas podem decidir a eleição majoritária no RN no próximo domingo.

Os dois principais municípios do Estado representam 30,36% do eleitorado total que está apto ao voto no dia 1º de outubro, domingo.

Natal aparece com 488.322 eleitores, ou seja, 23,24% dos votos. Já Mossoró, se situa com 7,11%, representando 149.398 votantes.

A estratégia das principais coligações no afunilamento da campanha foi justamente investir ao máximo nesses colégios eleitorais. A eleição pode ser decidida voto a voto.

Aguarde a Segunda Edição da Coluna do Herzog.

Programas sociais do Estado são suspensos

A entrega de benefícios através dos programas “Cheque-reforma” e “Cheque-moradia” está suspensa.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) atendeu à solicitação do Ministério Público Eleitoral para tomar a decisão.
No seu requerimento, o MPE observa que os programas do governo estadual têm caráter social, mas próximo às eleições, essa distribuição é clara associação à idéia de compra de votos.

- Não se revela concebível que, às vésperas da eleição, se cogite da entrega das aludidas ordens de pagamento a pessoas humildes que, por isso, não deixam de ser eleitores – argumentou o MPE.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Esperemos as urnas

Alguns e-mails e contatos telefônicos chegam a mim com um pedido: “Comente as pesquisas”.

Que pesquisa? Quais pesquisas?

Existem várias modalidades de pesquisas boiando no RN. Há as registradas e divulgadas, umas para consumo interno, outras que são registradas e não veiculadas, mas uma leva de sondagens apócrifas etc.

Analisar como?

Converso com vários amigos em Natal do meio jornalístico e outros setores, com distanciamento capaz de me ajudarem numa avaliação, mas todos asseveram impossibilidade de estudo das pesquisas. Definitivamente desmoralizaram algo que deveria ser sério e útil.

Quem ajuda nessa imoralidade é a própria imprensa. Perdão: parte considerável da mídia. Descabido que pesquisas de valores vultosos sejam registrados no TRE, em nome de determinados veículos, quando se sabe que terceirizam a marca para alguma coligação.

Há até caso de entidades não-jornalísticas se prestando a esse papel, contribuindo à desinformação e conturbação ainda maior.

Diante disso tudo, o remédio é esperar a verdade das urnas.

PRIMEIRA PÁGINA

CRESCEU – As pessoas que ainda conseguem manter o equilíbrio, em Pau dos Ferros, quando o assunto é a política eleitoral vigente, não tem dúvidas: o episódio de presença policial na casa do ex-prefeito Nilton Figueredo (PP), só aumentou seu cacife e poder de transferência de votos para os nomes que apóia.

DEBATE – O que envolveu candidatos à Presidência da República, à exceção do presidente Lula (PT), ontem, foi dentro do esperado. Vários webleitores perguntam-me se não foi covardia Lula se ausentar do debate. Ele usou a estratégia política correta. Era o único em condições de perder algo. Elementar e natural a postura, face às circunstâncias. Em Minas Gerais, por exemplo, um dia antes Aécio Neves (PSDB) não apareceu para debate entre candidatos a governador. Está praticamente eleito e raciocinou que só teria a perder comparecendo ao confronto. Entretanto, à luz dos primados de um Estado Democrático de Direito, a atitude é perniciosa e conflitante com a própria história dos candidatos Lula e Neves. Na verdade, a legislação deveria estabelecer obrigatoriedade de comparecimento para debate, impondo sanções à ausência injustificada.

RETENDO – A Fiern, que aparece como contratante em documento protocolado no TER, não divulgou pesquisa encomendada ao Vox Populi. A expectativa e o anúncio prévio indicavam que isso ocorreria hoje. Não houve veiculação. É estranho, sobretudo em se tratando da Fiern, que deveria ser uma entidade apartidária e transparente. Pelo que colhi das entranhas da entidade, os números não atenderam às previsões do wilmismo, daí o engavetamento.

DIFÍCIL – O deputado Francisco José chega ao final da campanha com enormes dificuldades para renovar seu mandato. Em alguns momentos até pensou em desistir. O ex-deputado estadual Carlos Augusto (PFL) o fez retroceder da idéia. Cá pra nós: a decisão de Carlos tem um sentido pouco observado pelos os pouco atentos à política nativa. Na verdade, ele aposta num fragoroso fracasso numérico de Chico, servindo o episódio para ‘enterro político’ do parlamentar. Aguardemos, pois.

ESFORÇO – A Vontade Popular em Mossoró está trabalhando em cima de duas metas. A primeira, é uma votação consagradora para Rosalba Ciarlini (PFL) ao Senado, com diferença de 60 mil votos para o segundo colocado. A outra, é impor derrota a Wilma de Faria na faixa dos 25 mil votos. São missões arrojadas, difíceis mesmo. Mas...

DA REDAÇÃO

- Ainda hoje escrevo artigo declinando nomes às eleições deste ano no RN.
- Deverá ser inaugurada em dezembro a estrada com 18km asfaltados entre Ponta do Mel em Areia Branca e Porto do Mangue. A obra consumirá algo em torno de R$ 5 milhões. A iniciativa é fantástica para potencializar o turismo numa das paisagens mais lindas deste país. A iniciativa é do governo estadual.
- O negócio recheado de nebulosidade que a Prefeitura de Mossoró fez com o Bradesco precisa ser reavaliado. O pagamento do funcionalismo tem sido uma tortura, mensal, com incapacidade do banco atender a contento à demanda.
- Obrigado ao editor-geral de O Mossoroense, jornalista Léo Sodré (que me trata carinhosamente de ‘pauteiro)’, Túlio Ratto, diretor da revista Papangu e à jornalista Lúcia Rocha pela leitura deste Blog.

SÓ PRA CONTRARIAR

Que venham as urnas.

Teatro de guerra

Veja a distribuição do eleitorado do RN para as eleições

Este Blog vai passar ao webleitor ao longo de hoje e próximos dias, até às eleições, informações diversas sobre o teatro de guerra da disputa pelo voto no RN.

Começo agora, com dados sobre o contingente eleitoral do RN, revelando seus principais colégios eleitorais e o peso de cada região.

A Grande Natal pesa com 36,16% dos votos. Natal, o maior colégio eleitoral, aparece com 23,24% (488.322) do volume de 783,804 mil eleitores da área.

A Grande Mossoró figura com 10,39% dos eleitores, ou seja, 218.353. Mossoró responde por 7,11% (149.348) do total.

No Seridó, o universo votante é de 208.085 (9,90%). Caicó figura com o maior eleitorado, com 41.874 (1,99%), seguido de Currais Novos (31.194 pessoas) com 1,48%.

O Alto Oeste aparece com 154.357 eleitores, ou seja, 7,35%. Na região, o maior município em votantes é Pau dos Ferros (17.412) com 0,83%. São Miguel figura em segundo lugar com 16.734 eleitores, que representam 0,80% do universo eleitoral do RN.

Vale do Açu tem 102.333 (4,87%) eleitores. Assu é o de maior densidade de votantes com 34.922 (1,66%).

Quanto ao Litoral Norte, o cenário é este: são apenas 46.310 (2,20%) eleitores e Macau possui 22.701 (1,08%).

No Médio Oeste, a situação aponta para eleitorado de 101.966 (4,85%). Apodi se destaca com 25.786 (1,21%) eleitores. Caraúbas vem atrás com 16.518 (0,79%).

No Agreste estão em jogo 330.821 (16,74%) dos votos. Nova Cruz tem 26.426 votantes, o que significam 1,26% dos eleitores do RN. Outro grande colégio eleitoral é o de Santa Cruz, com 23.123 (1,10%).

Em relação ao Litoral Sul, o quadro é de 130.426 (6,21%). São José do Mipibu aparece com 25.393 eleitores, ou seja, 1,21% dos votantes do Estado.

E, finalmente, na parte Central do RN, estão alistados 69.689 (3,32%) eleitores. São Paulo do Potengi é proeminente em termos de eleitorado com 11.877 (0,57%).

Ao todo, o Rio Grande do Norte tem um contingente votante de 2.101.144 pessoas, em 167 municípios.

Aguarde. Em poucos minutos a Primeira Edição da Coluna do Herzog.

Terrenos do Morro do Careca

Presidente do Idema está por trás de venda polêmica

O presidente do Idema, Engênio Cunha (PV), foi quem vendeu o terreno colado ao Morro do Careca, cartão postal de Natal, para construção de espigões. Quem deveria zelar o meio-ambiente, faz uma dessas.

O Ministério Público tem essa informação e começa a se contrapor com mais veemência às edificações.

Aguarde ainda nesta manhã a Primeira Edição da Coluna do Herzog.

quinta-feira, setembro 28, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

CORRIDA – Com decisão do TSE liberando uso de camisetas, bonés, adesivos e outras manifestações de preferência por candidatos, há uma corrida frenética a gráficas e serigrafias nas últimas horas. Ou seja, o que foi garroteado até aqui pode explodir de forma grandiloqüente no dia da eleição, em 1º de outubro. Este país realmente não é sério.

COMUNICAÇÂO – O grupo da prefeita Fafá Rosado (PFL) está de olho em uma emissora de rádio e um jornal em Mossoró. No projeto de fortalecimento e expansão do “fafaísmo”, digamos assim, a montagem de estrutura própria de comunicação é vista como fundamental.

VIVALDO – Em Caicó, o candidato à reeleição Vivaldo Costa, está as voltas com denúncias de uso de estrutura da Prefeitura Municipal em favor de sua campanha. Mesmo que venha a ser reeleito, poderá ser cassado. Tem gente brincando com a legislação vigente que versa sobre os crimes eleitorais.

REVENDO – A legislação eleitoral terá que ser revista quanto à utilização de pesquisas. Inaceitável a opinião pública do RN e do país – pois o mal é generalizado, como metástase – ser torpedeada por essa infame distorção de sondagens para todos os gostos e números. Até mesmo para quem se propõe a fazer uma análise técnica, das pesquisas, é impossível o ofício. Termina sendo imprudente a simples divulgação de certas sondagens. Deixou de ser instrumento de aferição para se transformar em ferramenta de indução. Lastimável. E a culpa é novamente deles: os políticos. Compram quase tudo, corrompem a quase todos.

DA REDAÇÃO

- A revista Papangu está circulando com sua nova edição. “Sai, danada!” é o título de capa, mostrando os candidatos Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB) em cena pra lá de emocionante.
- Inaceitável o feriado que a Prefeitura de Mossoró arranjou para amanhã. Só mesmo o fogo das eleições explica, apesar de não justificar. Vai ser oficializada a dispensa de servidores, para o trabalho eleitoral.
- O jornalista Alex Gurgel e o fotógrafo Hugo Macedo estão em Mossoró. Vêm cobrir Auto da Liberdade e o cortejo do 30 de setembro. Sejam bem-vindos.
- Obrigado pelo registro, caro Jorge de Castro. Você errou no nome, mas acertou no lado. Um abraço, saúde e paz.

PENSANDO BEM...

“Tudo passa”. (velho provérbio hindu)

TSE libera camiseta, boné e outros acessórios

Em sessão plenária realizada nessa quarta, 27, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por maioria, firmou entendimento sobre a manifestação dos eleitores no dia da votação, estabelecendo que o uso de camisas e bonés, entre outros acessórios, com menção a candidatos, não constitui crime eleitoral.

Com isso, a regra de propaganda eleitoral ficou assim redigida: “É permitida, no dia das eleições, a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada no uso de camisas, bonés, broches ou dísticos, e pela utilização de adesivos em veículos particulares”.

O entendimento buscou dar uniformidade à aplicação do disposto no artigo 67 da Resolução 22.261/06 (de propaganda), segundo o qual era permitida a manifestação do eleitor contida no seu próprio vestuário.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

A voz das urnas

Nunca, certamente, o Rio Grande do Norte experimentou uma campanha eleitoral tão carregada de mistérios, alternativas, dúvidas e indefinições.

Não temos mais, como no passado, um duelo de cores, gestos e outras simbologias divisoras, separatistas e excludentes. A ideologia em vigor é a do vale-tudo. Pelo menos num ponto nada mudou: o povo é apenas um detalhe.

Quando a classe política decidiu que o feio é perder, acabou ofertando ao eleitor a liberdade para fazer o mesmo. E assim será. Só que cada um – povo e político – traduzindo ao seu jeito essa linguagem codificada.

Numa pantomima onde lealdade saiu de moda, zelo à palavra é bicho em extinção e respeito à massa não passa de retórica, o que sairá das urnas?

O resultado será a transpiração de todo essa caldeirada, uma mistura heterogênea, desonesta, impura e pobre, incapaz de ofertar ao Estado um alento à desesperança. Não se trata de pessimismo. Continuamos trocando seis por meia dúzia.

De qualquer modo, nem pensar votar em branco, nulo ou se abster de votar. Basta a nulidade de ser apenas mais um número nas estatísticas de um estado rico, pobre de gente de boa vontade.

PRIMEIRA PÁGINA

ABSURDO – Se o Ministério Público Eleitoral fizer uma blitz surpresa em vários postos de saúde de Mossoró identificará, sem dificuldades, a redução de funcionários. Em diversas outras unidades do serviço público do município o fato se repete. Mais de 600 empregados municipais foram dispensados do trabalho – com abono pela ausência. Assim, eles podem atuar durante toda esta semana na campanha de candidatos da preferência dos inquilinos do Palácio da Ineficiência, também conhecido como Palácio da Resistência. Outra vez, a empresa pública é usada em interesse privado. E vai ficar por isso mesmo, MP?

SALISMAR – No círculo fechado da campanha do deputado estadual Elias Fernandes (PMDB), há uma crença em expansão, de que ele não se reelege. A presença do médico Salismar Correia (PHS) como campeão em intenção de votos em Pau dos Ferros é sinalizador disso. Elias aparece com percentual modesto, em relação a Salismar. Agora, um senão: a propaganda que Salismar publica em jornais da região, incluindo Mossoró, não consta sigla do partido e muito menos da coligação. Isso é irregular.

SUBINDO – Depois de fase de turbulência e ameaça de não renovar mandato, o ótimo deputado Fernando Mineiro (PT) vai sendo puxado para cima. O partido fechou em torno do seu nome, o que é salutar à própria Assembléia legislativa. Mineiro é um parlamentar articulado, bem-intencionado e moderado. Coisas raras por essas bandas.

ÂNIMO – Quem ganhou ânimo novo foi a deputada Ruth Ciarlini (PFL). A maior presença física da irmã Rosalba Ciarlini (PFL) em Mossoró lhe deu um aditivo e o resultado tende a pipocar nas urnas. Mas Rosalba, que tem esculachado gregos e troianos nos bastidores, também soltou o verbo para a própria Ruth-família. Cobrou mais desapego para conquista da vitória. Entretanto, a pressão exacerbada do Palácio da Ineficiência para dar votação estelar ao marido da prefeita Fafá Rosado (PFL), médiico Leonardo da Vinci, é o que mais tem ajudado a Ruth. E muito.

NO TRANCO – O rosalbismo já deu o que tinha que dar para a campanha de Garibaldi Filho (PMDB), em termos financeiros. Para a movimentação de sábado passado em Mossoró faltou até para a gasolina de alguns carros de som. O custo da movimentação estaria estimado em mais de 110 mil e não bateu. O foco do rosalbismo é puxar Betinho Rosado (PFL) à Câmara Federal e Ruth Ciarlini também à reeleição. Há um fio de esperança quanto à Rosalba. Mas ele existe.

CANDIDATOS – Como tenho o hábito de fazer, sempre antes de cada eleição, como cidadão e jornalista, declinarei meus escolhidos em aberto, abdicando da faculdade do silêncio. Nominarei as preferências e o porquê. Hoje, confesso, só tenho dúvida ainda quanto ao governo estadual (a safra é pobre). De deputado estadual, passando por federal, Senado e presidência, há segurança absoluta das escolhas.

GERAIS

- Nas últimas horas as linhas da operadora Tim-embolada estão com problemas seriíssimos. Terrível mesmo.
- Em face de alguns solavancos da Internet, passamos algumas horas fora do ar. Mas aqui estamos nós.
- O duradouro (graças a Deus) jornal O mossoroense destaca hoje em sua página de Polícia que um homem foi preso por furtar quatro bicicletas “no centro da cidade”. O réu, ou vítima, como queira, ganha foto e legenda dizendo estar arrependido. Enquanto isso, nas colunas sociais...
- Hoje à noite tem mais uma apresentação às 19h do ótimo “Auto da Liberdade” na Estação das Artes de Mossoró. Se estiver em Mossoró, prestigie.
- Obrigado ao jornalista João Bosco de Araújo, ex-secretário municipal de Mossoró Antônio de Castro e jornalista Cassiano Arruda (Diário de Natal)

SÓ PRA CONTRARIAR

Faltam só quatro dias. Quem tiver coração fraco que se agüente. O meu está ótimo, mesmo torcendo para o Fluminense.

Ney responde à programa de Geraldo Forte

O deputado federal Ney Lopes (PFL), que é candidato a vice-governador na chapa de Garibaldi Filho (PMDB), da Vontade Popular, ganhou direito de resposta no programa de Geraldo Forte (PSL).

No programa de Geraldo vinha sendo exibido um vídeo com gravação anterior à campanha, em que Ney censurava eventual aliança entre PFL e PMDB, Maias e Alves.

Eis o teor de sua resposta:

O deputado Ney Lopes concedeu há meses entrevista na TV, que foi criminosamente manipulada pelo PSL. A Justiça reconheceu a trucagem e a montagem e reconheceu o direito de resposta. O deputado Ney Lopes manifestou-se favorável a uma coligação com o PSB, condicionando em sua fala que a Governadora do Estado aceitasse a formação de uma frente política a favor da Refinaria de Petróleo, a inclusão da ferrovia transnordestina, do Terminal de Pesca e da Chapada do Apodi na primeira etapa da transposição do São Francisco.

A governadora afirmou ao deputado Ney Lopes ser favorável e depois se aliou a quem provocou tanta perda ao nosso Estado. O deputado Ney Lopes foi enganado em sua boa fé. Ao contrário, o candidato Garibaldi Alves abriu diálogo e comprometeu-se nestas lutas. Por isto, ocorreu a aliança política atual.

Fica a opinião pública esclarecida, a verdade reposta e a crença do deputado Ney Lopes de que o senador Garibaldi ganhará no primeiro turno e cumprirá todos os compromissos assumidos na luta por mais empregos e oportunidades para a nossa gente

quarta-feira, setembro 27, 2006

Mais vídeo sobre o outro lado da campanha no RN

Dando seqüência à série de postagens de vídeos sobre a política no RN, o outro lado da campanha eleitoral, temos mais uma contribuição do You Tube, na Internet.

Agora é um vídeo sobre a candidata à reeleição Wilma de Faria (PSB).

Acesse aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=5sSpCc92ESs

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

AIRENE – Mesmo fazendo campanha por todo Estado, o tabelião Airene Paiva, candidato a deputado federal pelo PC do B, espera obter boa margem de votos em duas cidades: Rafael Godeiro e Parnamirim. A primeira por ser sua terra natal e a segunda por ser seu local de atuação profissional há vários anos. Airene também possui ligações com Mossoró, pois estudou no Colégio Diocesano e bacharelou em Direito na Uern. Acrescente-se ao seu currículo, o fato de ser primo do jornalista Gutemberg Moura.

E-MAIL – Dona Miriam de Sousa, mãe da jornalista e candidata a deputado estadual Micarla (PV), filha do falecido radialista-vereador-deputado-senador Carlos Alberto de Sousa, está pulverizando mensagem na Internet, em defesa de voto em favor de sua filha. Em determinado trecho, ela compara: “Costumo dizer que Micarla é Carlos Alberto de saia (...).”

CARTA – Ex-vereadores em Mossoró por mais de sete mandatos, juntos, Milton Silveira e o filho Carlinhos Silveira estão pulverizando a cidade com uma carta. Pedem votos para Getúlio Rego (PFL) a deputado estadual e Rogério Marinho (PSB) a deputado federal. Podem dar boa contribuição aos dois candidatos.

ALDEIA - Potiguares que residem fora do Estado e na Alemanha, Espanha, Estados Unidos (a maioria), Portugal, Chile, França, Holanda e até Finlândia mandam e-mail para este blogueiro agradecendo efusivamente a postagem sistemática que fiz, ontem e madrugada de hoje, sobre o debate entre candidatos a governador. Impressionam a força e alcance desse canal. “Senti-me diante da TV, aí no meu berço, meu torrão (...)”, escreveu, por exemplo, Lílian Moreira do Chile. Os detalhes do debate foram postados em cinco matérias seqüenciais. Quem não leu, ou acompanhou o debate pela TV, pode ver o material que postei, rolando os textos para baixo. Obrigado, mundo! A aldeia global é uma realidade.

REFORÇO – A deputada Sandra Rosado (PSB), que tenta a reeleição, ganha um apoio aguerrido na reta final de campanha, a ´senadora` Edith Souto. Desde o início da campanha que Edith tem sido uma referência de trabalho na região de Mossoró para o candidato ao Senado e ex-senador Geraldo Melo (PSDB).

DA REDAÇÃO

- O espetáculo “Auto da Liberdade”, que tenho ouvidos fartos elogios, tem outra apresentação hoje em Mossoró, a partir das 19h, na “Estação das Artes”.
- Lastimável o estágio em que se encontra a Banda de Música da Polícia Militar em Mossoró. Um insulto à corporação. Vergonhoso mesmo. Os instrumentos estão no bagaço.
- A “Banda H”, que é liderada pelo múltiplo Herbert Mota (advogado, músico e ‘até’ político), vai se apresentar no “Uh! Bar”, ao lado do Posto São Francisco, na Avenida Felipe Camarão, amanhã, a partir das 22h. Estarei lá, meu caro Herbert.

PENSANDO BEM...

"Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons." (Freud)

Vídeos mostram outro lado da campanha no RN

Endereço na Internet do Youtube, onde vídeos de todo o mundo são postados, tem espaço para o disse-me-disse da política potiguar.

Uma das novidades, é entrevista antiga do senador José Agripino (PFL), que é veiculada na Internet, em que ele desabona o atual aliado, senador Garibaldi Filho (PMDB), como administrador.

Quer saber mais detalhes? Acesse este endereço abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=53KzuzsK2Cg

Mas quem quiser também assistir vídeo sobre o senador Fernando Bezerra (PTB), fique à vontade:

http://www.youtube.com/watch?v=c9mbBYGcBXk&mode=related&search

Ou pode pegar uma terceira opção, sobre a candidata Rosalba Ciarlini (PFL):

http://www.youtube.com/watch?v=6oQ9V2zzu0E&mode=related&search

Se achar pouco, veja também essa entrevista com o deputado federal e candidato a vice-governador Ney Lopes (PFL):

http://www.youtube.com/watch?v=jn9qmV74qog&mode=related&search

Saiba mais sobre a política do RN através da Coluna do Herzog, Segunda Edição, que vou postar ainda hoje à noite.

O desabafo do 'tucano'

Geraldo Melo repete discurso em Assu

O candidato ao Senado Geraldo Melo (PSDB) fez comício ontem em Assu. Por lá, reiterou conteúdo de entrevista dada em Natal pela manhã.

Em praça pública, outra vez, disse que se sentia traído. Mas garantiu que sustentará sua candidatura até o fim em faixa própria.

Em Assu, a principal liderança que apóia Geraldo Melo é o vereador Toinho da Frutilândia.

Pesquisa Consult

O Instituto Consult divulga sua oitava pesquisa no período de disputa eleitoral deste ano. O Blog do Diógenes apresenta os números ao governo e ao Senado em primeira mão. Foram ouvidas 1.700 pessoas em 60 municípios do Estado. Veja o resultado abaixo:

Governo:

Wilma de Faria (PSB) - 47%
Garibaldi Filho (PMDB) - 41,7%
Indecisos - 6,3%
Maioria de Wilma sobre Garibaldi de 5,3%

Senado:

Fernando Bezerra (PTB) - 36,4%
Rosalba Ciarlini (PFL) - 28,5%
Geraldo Melo (PSDB) - 10,9%
Indecisos - 17%
Maioria de Fernando sobre Rosalba de 7,9%.

Aguarde: A Coluna do Herzog em Segunda Edição e vídeos mostrando o outro lado da campanha política no RN.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

O sono dos sábios

O debate da InterTv Cabugi/Rede Globo não me surpreendeu quanto ao conteúdo e dinâmica. As regras estabelecidas são ortodoxas e draconianas, em nome da civilidade dialética. Tolice.

Xeque Humberto (PTC), Sandro Pimentel (PSOL), Wilma de Faria (PSB) e Garibaldi Filho (PMDB) pouco acrescentaram. Não vejo nenhuma distância superlativa de um deles em relação aos demais.

Todos primaram pela superficialidade, pela obviedade e quanto à falta de conteúdo. Paupérrimos. Em alguns momentos chegaram a ser incompreensíveis, parvos e medíocres.

Os ‘quatro fantásticos’ são legítimos familiares do “conselheiro Acácio”, como já escrevi aqui. Trata-se de um personagem de Eça de Queiroz que se esmera não dizer coisa com coisa, revelando conhecimento sobre tudo, mas sem profundidade em qualquer tema.

O Xeque Humberto é um paspalho que, na ânsia de conseguir seus 15 minutos de fama, acabou ganhando mais do que o merecido. Não chega a ser lúdico fantasiado de árabe, agredindo o vernáculo e delirando com projetos histriônicos. É um idiota mesmo. Pior ainda quem votar nele.

Sandro Pimentel, como apontou Wilma e Garibaldi, foi um franco-atirador. Seguro ante as câmeras, pontificou no modelo ‘PT jurássico’. A propósito, ele mesmo um ex-petista. Falou verdades, tentou provocar o debate para o campo do pântano em escândalos, mas não empolgou também. A cartilha do discurso de esquerda, que ele decorou inteirinha, está surrada.

Wilma de Faria deu seqüência ao palanque eletrônico do Guia Eleitoral e comícios. Repetiu ladainha de obras, criticou o antecessor, mas em alguns momentos se revelou insegura. Poderia ter sido mais guerreira, honrando seu epíteto político. Contudo, a exemplo de Garibaldi Filho, não estava querendo que temas delicados, como “Folioduto”, fossem mexidos.

Quanto a Garibaldi Filho, ele andou se irritando com o cerco de Sandro Pimentel e Wilma, além do script de provocações que Xeque Humberto parecia ter trazido de casa. Entretanto, encaixou bem dois ‘socos’ na adversária e injetou bom humor à trama.

Ao associar repetidamente a palavra “perdas” e “lanterninha”, para julgar o governo da adversária, Garibaldi acertou. A linguagem ficou palatável ao grande público.

Mas sabe com certeza quem levou a melhor? Quem dormiu mais cedo. Os debatedores pouco acrescentaram à campanha. Nenhum deles tem, de fato, um programa de governo ousado, consistente e diferenciado para o RN. De qualquer modo, o debate é sempre necessário e importante. Agora, faça sua escolha. Nada de votar em branco. Não se anule mais ainda.

PRIMEIRA PÁGINA

SEGURANDO – O empresário Dix-sept Filho, caçula dos irmãos do líder político Carlos Augusto Rosado (PFL), mandou recado enérgico avisando: não aceita o comprometimento das empresas da família em face da campanha atual. Ele freou gastos adicionais, que extrapolariam nível de segurança financeira. Dix-sept não costuma participar diretamente das campanhas, optando por ficar em suas atividades empresariais.

DECEPCIONADO – Depois que viu sua antiga correligionária Cláudia Regina (PFL), vice-prefeita de Mossoró, ser insultada por um ‘imediato’ da prefeita Fafá Rosado (PFL) em comício, o senador José Agripino (PFL) não se conteve. Na madrugada de domingo, 24, quando pegava vôo no Aeroporto Dix-sept Rosado, despedindo-se de Cláudia, soltou essa: “Isso tudo é inadmissível”. José, você ainda não viu nem ouviu nada. Aguarde.

DE VERDADE – Os diálogos postados em matérias por este Blog não foram desmentidos, em medida alguma, pelas pessoas que protagonizaram os episódios narrados em suas minudências por mim. A vice-prefeita Cláudia Regina (PFL), prefeita Fafá Rosado (PFL) e ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PFL), senador José Agripino (PFL), além do ex-deputado Carlos Augusto (PFL) podem atestar isso, invocando a consciência.

DE VERDADE II - A própria vice, por exemplo, quanto ao constrangimento que sofreu de militante da prefeita Fafá, até pediu para poupá-la do tema ao conversar comigo ao telefone, domingo, 24. A candidata Rosalba Ciarlini (PFL) confirmou tudo que publiquei com pessoas bem próximas. Fafá ‘sabe que eu sei que ela sabe que eu sei’. Carlos Augusto não me desmentiria. Apesar de muitos defeitos, o ex-deputado possui virtudes pouco comuns ao meio político.

EGO – A psicologia explica. O hábito que alguns têm de julgar outrem, com avaliações raivosas, menores e levianas é a eclosão do chamado “ego refletido”. Na realidade, o queixoso apenas manifesta sobre outra pessoa o que ele na verdade espelha. O que é e faz. Compreensível. Entendo e vejo nisso até um elogio enviesado a mim, combustível para o sucesso sob mãos limpas. Ah, obrigado pela leitura e reconhecimento.

POLICIALESCO – Funcionários de postos de saúde da Prefeitura de Mossoró estão em pânico. São obrigados à saída mais cedo de suas obrigações legais, para ingresso em mobilizações do candidato a deputado estadual Leonardo da Vinci (PFL). Muitos deles participam dos movimentos até fardados. O regime policialesco, medieval e de banditismo chapa branca é complementado com outra podridão: o uso de ‘fiscais’ do governo, alcagüetes que visam identificar se existe alguém fazendo corpo mole ou se escondendo.

VÔO – Foi rápida a viagem que o chefe de Gabinete da Prefeitura de Mossoró e o secretário de Serviços Urbanos fizeram a São Paulo. Os dois, respectivamente Gustavo Rosado e Alex Moacir, tiveram uma reunião muito significativa em bairro nobre da capital bandeirante. Tudo conversado, ambos pegaram logo as malas em retorno às obrigações em Mossoró.

GERAIS

- Algo que merece elogios em Mossoró é a limpeza urbana. A empresa paulista que ganhou concorrência ao serviço tem feito um trabalho de ótima qualidade.
- Obrigado à leitura deste Blog ao ex-deputado federal Augusto Viveiros (PFL), jornalista César Santos (diretor-geral do Jornal de Fato), além de Carol ‘Furacão’, integrante da ‘tropa de choque’ da prefeita Fafá Rosado (PFL).

SÓ PRA CONTRARIAR

Nada como uma eleição atrás da outra.

Garibaldi diz acertar em aliança com Agripino

Entrevistado nesta manhã no “Jornal 96”, da FM 96 de Natal, o senador e candidato a governador pela Vontade Popular, Garibaldi Filho (PMDB), emitiu algumas opiniões e informações:

Veja os melhores trechos:

Sobre a aliança com o PFL - “Foi a coisa mais acertada que eu fiz foi essa aliança com o PFL do senador José Agripino”. E complementou: “Temos hoje muitas afinidades, isso começou no Senado Federal, e é uma aliança para o desenvolvimento do RN”

Caern – Para o candidato, a governadora Wilma de Faria (PSB) tem agido de de forma incorreta ao propagar que ele pretende vender a Caern, caso se eleja de novo ao governo. “A Caern não pode ser vendida, pois existe uma lei que não permite que isso ocorra. A governadora age de má-fé”.

Geraldo Melo - “Nós fizemos um apelo para ele no sentido de que contribuísse para que nós tivéssemos uma aliança ainda mais forte”, afirmou. “Ele só queria ser candidato a senador”.

Eleição – Para Garibaldi, as eleições serão vencidas por ele. Garantiu ter pesquisas apontando essa tendência. “Nós temos pesquisas internas que apontam a nossa vitória”, garantiu.

Aguarde. Ainda nesta manhã ampla análise sobre o debate entre candidatos a governador do RN.

Augusto Viveiros

Dirigente do PFL prevê vitória de Garibaldi e derrota de Rosalba

Visto como um dos mais bem-informados jornalistas do Estado, Roberto Guedes reproduz hoje em sua coluna do Jornal de Fato, previsões feitas pelo ex-deputado federal Augusto Viveiros (PFL), em contato com jornalistas no restaurante Cassol, em Petrópolis, Natal, ontem.

Eis abaixo trecho do registro de Roberto Guedes:

Disputa presidencial - Disse que este (Geraldo Alckmin) já está no segundo turno, teria subido quase 15% nas intenções de votos dos eleitores de todo o Brasil em menos de dez dias, presumivelmente por conta do “Freudgate” e do próximo domingo em diante estará em melhores condições do que o presidente Lula da Silva para ganhar a parada no fim de outubro/novembro.

Governo do RN - A seu ver, o senador Garibaldi Alves Filho, candidato pelo PMDB, vencerá facilmente a governadora Wilma de Faria na corrida pela sucessão estadual.

Senado - Lastimando o que a seu ver espera a pediatra e ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PFL), previu a reeleição do senador Fernando Bezerra (PTB), explicando inclusive o que o levará à vitória: “Os mais de cem prefeitos que apóiam o parlamentar tangerão melhor os votos no dia da eleição”, disse.

Câmara - Por último, previu que o vilmismo preencherá cinco das oito cadeiras do Rio Grande do Norte na Câmara Federal.

Leia ainda esta manhã, análise do debate dos candidatos a governo na InterTV Cabugi, na Coluna do Herzog, Primeira Edição.

Debate é analisado em forma poética

Cinegrafista da InterTv Cabugi e poeta popular, Zenóbio Oliveira envia-me sua impressão sobre o debate de ontem à noite transmitido pela emissora. É uma prévia da análise que farei ainda esta amanhã sobre o mesmo tema.

Por enquanto, aproveite a verve e a acurada percepção de Zenóbio:

Debate na TV

Fiz pipoca, comprei refrigerante,
E liguei minha TV na Cabugi,
Com a única intenção de assistir,
Um debate objetivo, interessante,
Mas, vi logo um maluco de turbante,
Assassinando a língua portuguesa,
D. Vilma fazendo a defesa,
De um governo que acha ser o céu,
E os ataques de Sandro Pimentel,
Atirando pra toda redondeza.

Vi Garibaldi soltando o blábláblá,
Pimentel atacando todo mundo,
O shake com um óculos vagabundo,
Levar trem de Natal ao Ceará,
Aliás, esse shake é de lascar,
Ele ainda soltou uma pilhéria,
Que para acabar com a miséria,
Vai trazer refinaria da Arábia,
Dá até pra vender, com essa lábia,
Ar condicionado na Sibéria.

Vi a chefe do poder estadual,
Conversando miolo de abóbora,
Destacando como grande obra,
Uma ponte de Natal para Natal,
Quando o debate chegou ao seu final,
Já tava todo mundo era perdido,
E eu do meu lado arrependido,
Em tempos de dar uma piloura,
Gritei: me socorra Super Moura!
Meu Herói eleitoral subnutrido!

Wilma em Messias Targino gera expectativa

Em Messias Targino é grande a expectativa em torno da passagem da governadora Wilma Faria (PSB) pela cidade.

Isso deverá ocorrer hoje à tarde. Aguarda-se pronunciamento dela sobre a debandada da prefeita Shirley Targino. O episódio da “mudança” de Shirley para a Vontade Popular causou espécie, pelo fato da considerável ajuda que tivera da governadora na campanha municipal de 2004.

A prefeita destronou um império caboclo de mais de 20 anos, o clã Jales. Sem Wilma, é certo, não vulneraria.

Veja ainda hoje: análise do debate entre quatro candidatos a governador, ontem na InterTV Cabugi; link para vídeos que estão na Internet comprometendo candidatos e a Coluna do Herzog com os bastidores da política.

Agnelo apóia o sobrinho, Garibaldi, ao governo

Ufa! Parece que depois de muito ti-ti-ti, finalmente o prefeito de Parnamirim e jornalista Agnelo Alves (PSB) vai anunciar o óbvio: apoiará o sobrinho, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), ao governo do Estado.

Quem trata do assunto, com muita propriedade, é o jornalista Alex Medeiros, em seu saite http://www.sanatoriodaimprensa.com.br/.

Leia-o:

“O prefeito de Parnamirim, Agnelo Alves (PSB), vai subir no palanque do candidato Garibaldi Alves (PMDB) na próxima quarta-feira, 27. No mais tardar, quinta. Nos últimos meses, o esperado apoio de Agnelo ao sobrinho era encarado como informal e misterioso. Agora não, ele vai dizer com todas as letras, sem montagem, que vota em Garibaldi para governador no próximo domingo”.

Debate InterTV Cabugi/Globo (Final)

Começa o Quinto Bloco do Debate InterTV Cabugi/Rede Globo

São as considerações finais de cada um dos quatro debatedores. Garibaldi Filho (PMDB) da Vontade Popular é o primeiro a falar.

Ele agradece a oportunidade para o debate, considerando que ocorreram alguns excessos. Mas insiste em afirmar que o RN está vivendo um período de “perdas”.

Acusa Wilma de Faria de acusá-lo sistematicamente. Rebate a tese que seria manifestada pela governadora, de que ele seria demagógico. Destaca que no passado, quando ela era prefeita de Natal, chegou a elogiá-lo muito.

Defende que haja substituição da governadora por um governo mais ágil e que devolva a esperança ao povo do RN.

“Esse governo que está aí corre o risco de ser caracterizado como um governo de perdas”, finaliza.

Xeque Humberto tem também direito à sua fala final, em 3 minutos e 30 segundos.

Fala de suas dificuldades, revelando não ter carro próprio e outros bens comuns aos abastados.

Diz que sua campanha é paupérrima. Em síntese, afirma, que usou a oportunidade da candidatura para fazer um protesto contra as grandes estruturas.

Apresenta-se como “um de vocês, trabalhador”.

A vez de Wilma de Faria.

A governadora cita sua trajetória política em cargos públicos, como secretária de governo, prefeita, deputada federal e governadora, “vencendo preconceitos”.

“Uma mulher que quebrou a hegemonia de grupos de elite”, refine-se. Comenta que seu governo está sendo aprovado, continuará “sendo desenvolvimentista”. Promete abolir “a lamparina o lampião” no próximo governo.

Haverá um Pólo-Gàs e Químico com apoio do governo Lula e continuará a administração com mais quatro anos, para fazer mais pelo RN.

O último a fazer as considerações finais é Sandro Pimentel do Psol.

Agradece a oportunidade ao debate. Lamenta que outros debates tenham sido articulados e alguns candidatos tivessem evitado.

Queixa-se de tentativas de desqualificação de seu papel no debate, “por parte de dois candidatos”. Alerta ao eleitor para a oportunidade de fazer mudança de verdade e “não apenas trocar seis por meia dúzia”.

Tome uma decisão firme e coerente”, termina Sandro Pimentel.

O jornalista César Tralli agradece a participação dos debatedores e a atenção do telespectador.

Fim do debate. Estamos a 00h51 de quarta, 27.

Debate InterTV Cabugi/Globo (Quarto Bloco)

Começa o Quarto Bloco do Debate InterTv Cabugi/Rede Globo. O tema é livre.

Ética na política é o tema proposto por Xeque Humberto.

O candidato comenta as alianças estranhas feitas no Estado, envolvendo antigos adversários.

Garibaldi é instado a falar. Diz que Xeque trata de um assunto que tem pouco conhecimento e vivência. O senador afirma que “a nossa aliança não é apenas em função das eleições deste ano”.

Xeque Humberto fica indignado. Afirma que tem apenas 37 anos, é o mais jovem. Assevera que a forma de falar e julgar de Garibaldi Filho discrimina a ele e ao próprio povo.

O candidato do PTC lembra ditados populares para apontar que a aliança PFL-PMDB é impura. “Diga com quem andas, que te direi quem és”, reproduz Xeque Humberto.

Com a palavra, Garibaldi avalia que Xeque Humberto está alterado, distorcendo suas palavras. E encerra sua participação nesse trecho, observando que “a tendência é não se dar direito de resposta no programa (crítica à organização e moderador do programa).”

Com direito a fazer pergunta, Garibaldi cerca Wilma de Faria. Quer que ela se pronuncie quanto às diversas perdas de investimentos sofridas pelo RN, como refinaria de petróleo.

A governadora repete discurso. Cita realizações do governo e iniciativas para obras e investimentos. Assinala que “o senador tem força” e “não ouvi um pronunciamento dele em defesa”.

Novamente com a palavra, Garibaldi pondera: “Eu sou apenas um senador”. Lista que Wilma tem apoio do governo Lula e outras referências de poder, mas não teria feito muito. Diz, inclusive, que apesar de ter o presidente ao seu lado, até o programa Bolsa-família teria valores pagos, no RN, inferiores ao restante do Brasil.

Também cita que obras como do Aeroporto de Cargas de São Gonçalo não andam. Cobra iniciativa da governadora.

Wilma não aceita o que lhe é assacado por Garibaldi. Repete um rol de providências do seu governo no campo do investimento, como busca da viabilização da ferrovia ligando Natal-Mossoró.

Wilma tem direito a fazer pergunta a Sandro Pimentel do Psol. De saída, reitera que ele está como “franco atirador”.

Sandro não aceita a pecha. Afirma que seu partido pensa em desenvolvimento voltado para o social e disserta sobre questões relacionadas a programas do campo às cidades.

Wilma de Faria comenta que em parceria com o governo do presidente Lula, há um denso investimento através de programas como Pronaf. O homem do campo estaria recebendo amplo apoio, mas considerando que muito ainda precisa ser feito.

O candidato Sandro Pimentel pergunta ao Xeque Humberto, que avaliação faz sobre a segurança pública. Relata que até viaturas da polícia foram roubadas.

- Avalio tudo com muita tristeza. O soldado está abandonado, o sargento está abandonado, a polícia civil também – discorre ele.

Como vem fazendo durante quase todo o debate, o Xeque Humberto abre link de crítica subliminar ao candidato Garibaldi Filho. Recorda que um helicóptero do governo estadual, no valor de R$ 5 milhões, foi danificado num estranho acidente, sem que até hoje tenha ocorrido esclarecimento.

Com o retorno à palavra, Sandro Pimentel critica o Presídio Federal de Mossoró. “Vai abrigar o Marcola”, prevê.

- Eu vou investir em segurança no meu governo; a corrupção vai acabar – preconiza Xeque Humberto ao final do bloco.

Aguarde. Em poucos minutos posto matéria com o último bloco do debate da InterTV Cabugi/Rede Globo entre candidatos a governador do RN, que é realizado ao vivo, em Natal.

terça-feira, setembro 26, 2006

Debate InterTV Cabugi/Globo (Terceiro Bloco)

Começa o Terceiro Bloco do debate.

Garibaldi Filho pergunta a Wilma de Faria, em tema colocado no ar por sorteio, por que o índice de Educação do RN foi avaliado como “lanterninha” no país.

A culpa, segundo Wilma, “foi do governo Garibaldi que não fez investimentos em oito anos”.

Acrescenta, “que essa recuperação só acontece a médio e longo prazos”.

Garibaldi pronuncia-se: “A candidata faz oposição ao meu governo”. Ele afirma que tem relatório do Banco Mundial elogiando “meu governo”. E brinca: “Ela não respondeu porque lanterninha é lanterninha, não tem o que responder”. E garantiu que tudo mudará a partir de janeiro, quando voltar à Governadoria.

Wilma reage. Comenta que Garibaldi não investiu em educação. A governadora garante que a média de investimento em sua gestão chega aos 30%.

O tema agora é emprego.

Wilma de Faria faz pergunta sobre o tema a Xeque Humberto. Ele diz que a construção de estradas ajuda no escoamento do turismo. Na prática, levanta o tema para Wilma de Faria deslanchar.

A governadora faz exposição sobre obras viárias, apoio ao fomento de empregos a jovens, regimes especiais para instalação de indústrias e garante que gerou mais de 100 mil empregos no RN.

O Xeque Humberto delira. Diz que “traremos uma refinaria de petróleo, com certeza, do Oriente Médio”. Aponta o turismo como um dos caminhos para o emprego.

O candidato do PTC assinala que “o RN é muito rico”. Para ele, “o que falta é boa vontade”.

O tema sorteado é investimento. Xeque Humberto faz pergunta a Sandro Pimentel do Psol.

- Você acha que o RN investiu corretamente na educação, portos, estradas? O que você acha que fizeram pelo RN em termos de investimentos, nos últimos 20 anos?

“Vamos trabalhar com um Plano de Obras Públicas”, diz Sandro Pimentel. Assegura que seu governo vai apostar em transporte, como trens urbanos. A educação e cooperativas terão apoio, diz.

Já o Xeque diz que vai construir um porto para atender às exportações, com nível internacional.

Em sua tréplica, Sandro Pimentel acusa os grupos tradicionais de não investirem para o desenvolvimento do RN. “Precisamos investir para o desenvolvimento”, prega. Porém, avalia que a corrupção, publicidade e cargos comissionados são sorvedouros do dinheiro público.

Outro tema. Funcionalismo público.

Sandro Pimentel indaga a Garibaldi Filho como superar sucateamento da atividade pública.

Garibaldi Filho diz que não vai permitir que continuem a ocorrer distorções salariais. Afirma que o governo dele aboliu o abono salarial. “O famigerado abono foi extinto por meu governo”. Na oportunidade, diz, “demos um reajuste de 20%”.

Defende um Plano de Cargos e Salários “para todas as categorias”. Em sua análise, “só assim faremos justiça para todas as categorias”.

Sandro Pimentel ironiza a resposta. Afirma que Garibaldi teve oito anos fazendo promessa e tendo oportunidade para as mudanças, não as promovendo. O governo atual também não, complementa.

O candidato do Psol atesta existir uma “verdadeira irresponsabilidade”, não havendo motivação para o trabalho por parte do servidor.

Garibaldi retruca. “Meu caro Sandro, você quer ser o dono da verdade”. Informa aos telespectadores que o adversário no debate não tem experiência para tratar do assunto, por nunca ter exercido cargo público como ele, de governador.

O senador e candidato novamente a governador frisa, que sempre houve comprometimento da receita do Estado, para atendimento a muitas demandas salariais e outros benefícios. Segundo ele, não havia como desobedecer a esses ajustes fiscais”.

Veja uma síntese dos blocos anteriores em matérias postadas abaixo. E aguarde detalhes do próximo bloco do debate.

Debate InterTV Cabugi/Globo (Segundo Bloco)

No Segundo Bloco, Wilma insinua que Garibaldi Filho pretende vender a Caern.

Ele reage, chamando-a de “mal-agradecida”. Conforme sua avaliação, a privatização da Cosern possibilita grande arrecadação de tributo para o Estado.

Garibaldi lembrou que no último ano (2005), a Cosern que seu governo vendeu, gerou mais de 185 milhões de reais de ICMS.

Ele continuou dizendo que vender a Caern é improvável, por existir um outro contexto. A Cosern precisou ser negociada e isso ocorreu com similares por quase todo o país.

- Eu não vou vender a Caern. Isso é uma propaganda de má-fé da campanha da governadora – afirmou o candidato da Vontade Popular.

Wilma, por sua vez, comenta que a venda da Cosern não ficou transparente, como o uso dos recursos. Em sua opinião, a Caern corre risco de ser negociada, sim, caso Garibaldi retorne ao governo. "Dizem uma coisa e fazem outra", asseverou

Segundo Wilma, “recebi a Caern deficitária, devendo milhões”.

Garibaldi retruca, citando que “a senhora não saneou a Caern”.

Sandro Pimentel do Psol acusa Garibaldi Filho de ter investido mais de 48 milhões de reais somente em propaganda, em seu tempo de governador. E Wilma, acrescenta, já teria investido mais de 26 milhões.

Sandro Pimentel foca o debate em questões relacionadas a perdas de investimentos, como refinaria de petróleo. Wilma diz que fez o esforço possível, mas o Estado não teve como obter o benefício. E afirma que o adversário fica com bravatas, “atirando para todos os lados”.

O candidato contesta a governadora, ironizando: "A culpa é do povo". O mesmo debatedor do Psol pede ao Xeque Humberto para comentar sobre “corrupção” no governo Wilma de Faria e no de Garibaldi Filho.

“Eu tenho até vergonha”, afirma Xeque Humberto do PTC. “Ladrão em meu governo vai ser expulso e preso”, conclui.

Na tréplica, Sandro Pimentel lembra do “Casso Gusson”, “Programa do Leite” e “Venda da Cosern” como símbolos de escândalos na era Garibaldi Filho. Também aponta o governo Wilma como marcado por corrupções, listando o “Folioduto”, “negócios com combustíveis”, por exemplo.

Wilma de Faria e Garibaldi Filho solicitam direito de resposta, mas o mediador – jornalista César Tralli indefere. “Houve apenas citação genérica”, justifica.

Termina assim o Segundo Bloco do Debate da InterTv Cabugi/Rede Globo de Televisão.

Debate InterTV Cabugi/Globo (Primeiro Bloco)

O primeiro bloco do debate InterTV Cabugi/Rede Globo de Televisão terminou há poucos minutos.

Tendo o jornalista de rede César Tralli como moderador, esse trecho do debate foi frio. Ninguém entre os quatro candidatos chegou a se destacar.

Participam do debate o Xeque Humberto (PTC), Wilma de Faria (PSB), Garibaldi Filho (PMDB) e Sandro Pimentel (PSOL).

O segundo bloco está começando. Garibaldi chama Wilma de “mal agradecida”, quando ela insinua que ele deseja vender a estatal concessionária dos serviços de água, a Caern.

Aguarde. Este Blog vai acompanhar os outros blocos, o resumindo para você, webleitor (até fora do país).

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

GERALDO - O desabafo do candidato ao Senado, Geraldo Melo (PSDB), hoje em Natal, tem razão de ser. Em entrevista pela manhã, ele reafirmou que continua liberando seu eleitor para votar em quem quiser, mas interpretou que Garibaldi Filho (PMDB) marcha para a derrota, quando a vitória estava em suas mãos há cinco meses. Ele disse, em tom amargurado, que sua mulher e prefeita de Ceará-mirim, Edinólia Melo (PSDB), chegou a chorar com a cooptação do seu segundo suplente - vereador Jessé Tavares - para apoio à chapa adversária. Citou Aluízio Alves, tio de Garibaldi, que na sua ótica estaria bastante decepcionado se estivesse vivo.

GRAVE – O bem-informado jornalista Cláudio Humberto escreve hoje, em sua coluna, algo preocupante. Leia: “Suspeita - Cada vez mais impaciente com as malandragens do PT, o procurador da República Mário Lúcio Avelar não descarta que o dinheiro da gangue do dossiê tenha saído do crime organizado. Do PCC, por exemplo”.

MANGUEIRA – A coligação Vontade Popular pode muito bem terminar a campanha dizendo que tem ritmo e samba no pé. E se ganhar as eleições, aí é que vai chacoalhar. As cores verde-e-rosa da união PMDB-PFL lembram a Estação Primeira de Mangueira, escola de samba do Rio de Janeiro. Na carreata-passeata de sábado, em Mossoró, com tudo muito arrumadinho, parecia mesmo a Mangueira no Sambódromo. Muita gente viu a ‘Mangueira’ entrar, na Avenida Alberto Maranhão, claro. Eu olhei de longe, ó!

DEBATE – Apesar das amarras impostas pelas regras do debate, o que será promovido pela InterTV Cabugi/Rede Globo hoje à noite promete ser interessante. Os candidatos vão ter oportunidade de um combate direto de idéias, propostas e ainda para dissecar mutretas. E ninguém venha me dizer que isso é se inclinar para a baixaria. Baixaria mesmo é não honrar os primados do exercício político. Quem tem rabo-de-palha que se vire.

DA REDAÇÃO

- O governo do Estado vai inaugurar mais uma Central do Cidadão. Será na próxima quinta, 28, em São Paulo do Potengi. Parabéns pelo esforço ao secretário da Justiça, ex-deputado Leonardo Arruda.
- Virou uma sensação o link que abri ontem, na Coluna do Herzog, Primeira Edição, para o vídeo proibido do amor à beira-mar da modelo Daniella Cicarelli (Ah, Cicarelli!). O link continua lá. Pode acessar. E bom proveito.

PENSANDO BEM...

“Sua vida muda quando você muda”. (Roberto Shinyashiki)

Depois do esculacho...

Rosalba e Fafá fazem reuniões em separado na reta final de campanha

A prefeita Fafá Rosado promoveu reunião regular de campanha em sua mansão, no bairro de Nova Betânia, à noite passada. O diferencial mais observado em relação aos encontros anteriores foi o esvaziamento da militância.

Discursando à ocasião, Fafá injetou um assunto inesperado. Garantiu que não iria mexer em “portarias”, ou seja, promover demissões na prefeitura. Mas há um zunzunzum nesse sentido versando nos bastidores.

Presença regular nas reuniões, a vice-prefeita Cláudia Regina (PFL) e auxiliares mais próximos não compareceram. Também se ausentaram diversos nomes tradicionais do grupo rosalbista, que seguem a liderança da ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PFL).

OUTRA

Não por coincidência, hoje às 19h, Rosalba Ciarlini (PFL) faz reunião à parte com quem a segue, em casa, no Sítio Cantópolis. Convocará seguidores para a luta nos últimos dias de campanha. A vice-prefeita Cláudia Regina foi convidada.

Resta saber se a prefeita Fafá Rosado vai aparecer e com que cara, depois que andou sendo duramente criticada (veja matérias postadas ontem por este Blog, com exclusividade) por Rosalba.

Aguarde. Em breve espaço de tempo posto a Segunda Edição da Coluna do Herzog.

Jácome mantém alinhamento com Wilma

O vice-governador e candidato novamente a deputado estadual, médico-advogado Antônio Jácome (PMN), afirma peremptoriamente que fica onde está.

Em conversa agora há pouco - por telefone - com interlocutor da comunidade evangélica em Assu, Jácome reafirmou que “continuo com a governadora Wilma de Faria (PSB).”

O candidato acrescentou que amanhã estará em Assu, “ao lado de Wilma”, fazendo campanha normalmente.

Aguarde ainda nesta tarde, mais postagem com matérias sobre os bastidores da política do RN e a Segunda Edição da Coluna do Herzog.

Previsão para eleição de domingo

Dirigente do Perfil acha que Wilma e Fernando vencem eleições

Foi postada agora há pouco no Blog do Diógenes esse registro, com dirigente do Instituto Perfil. Leia:

Ney Figueiredo, especialista em pesquisas eleitorais, está em Natal, analisando os últimos levantamentos para o candidato Fernando Bezerra.

Sobre as chances do senador, Figueiredo disse que a eleição dele está "segura".

Em relação a Wilma, o analista disse que é "muito provável".

Agripino se irrita com agressão contra Cláudia

A matéria em primeira mão que este Blog veiculou ontem pela manhã, sobre incidente entre militante da prefeita Fafá Rosado (PFL), em que terminou envolvida a vice-prefeita Cláudia Regina (PFL), tem ótimo endosso.

O fato é confirmado pelo credenciado jornalista Nilo Santos, do saite (http://www.mossoronoticias.com.br/). Entre suas inúmeras credenciais, Nilo ostenta o fato de ter sido secretário de Comunicação do Município.

Leia o que Nilo Santos escreve hoje sobre o episódio:

“O incidente protagonizado por um integrante do grupo da prefeita Fafá Rosado, com constrangimento à vice-prefeita Cláudia Regina, no encerramento do comício de sábado (23) da coligação Vontade Popular, foi testemunhado pelo senador José Agripino. Que não gostou do que viu".

Saiba mais sobre a política do RN e do país lendo neste Blog, a Coluna do Herzog, Segunda Edição. Aguarde.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

A força das estruturas e a massa-gente

Com uma campanha que se revela difícil para tudo e todos, novamente vem à tona a tese em meio às discussões políticas, de que “a estrutura decide tudo". Menos.

Não estamos diante de uma verdade suprema e insofismável, onde não caiba a exceção ou mesmo se conteste essa idéia. Estrutura, ou seja, a mão da chapa branca numa campanha, não pode tudo. Não é uma panacéia.

Mesmo que ainda existam em muitos rincões o garroteamento direto e escamoteado do voto, ninguém supervalorize a máquina – prefeitura, Estado e União. Não estamos mais na época do curral eleitoral, do voto em cédula impressa, de cores diferentes e imposta por coronéis de araque.

Tenho até me perguntado: será que em meio a essa relação tão promíscua estabelecida entre político e eleitor, o primeiro não é muito mais enganado do que ludibria? Aprendendo com seus opressores, os servos que sempre foram tratados como gado, massa, não são mais tão dóceis no uso do cabresto e da brida como no passado.

Entretanto uma coisa tenho que admitir: como gado, depois que toma uma direção de escolha, nada e ninguém segura a massa-gente, como descrevia o professor (e gênio Darcy Ribeiro).

Portanto, domingo, 1º, o povão fará sua escolha a seu modo, apesar de sitiado por todas as pressões e cânticos mitológicos.

PRIMEIRA PÁGINA

VOTO – Leia esta nota veiculada hoje na Coluna Notas e Comentários do jornal Tribuna do Norte, pertencente ao grupo Alves: “Ao comentar o desempenho dos candidatos a deputado estadual da Vontade Popular, Henrique Eduardo Alves destacou que a coligação terá um resultado expressivo. 'A votação será surpreendente e podemos destacar o Doutor Leonardo da Vinci, que terá um desempenho nas urnas consagrador', disse Henrique". Para bom entendedor... Mas a gente ajuda a esclarecer mais ainda. Henrique está casadinho, coladinho e amarradinho com Leonardo, marido da prefeita Fafá Rosado (PFL). Ele é o candidato preferencial do grupo da prefeita, apesar de fazerem fanfarra com Betinho Rosado (PFL). Fafá e família devem migrar para o PMDB. Anote.

BOFETE – Como não pode faltar em toda campanha que se preze, por essas bandas já temos registro de cena de pugilato. O fato ocorreu no âmbito da Vontade Popular, envolvendo um graduado líder político e determinado auxiliar da prefeita mossoroense Fafá Rosado (PFL). Os ânimos estão exaltadíssimos por aqui. Cruz credo! Quem não leu, leia a matéria que postei ontem sobre incidentes entre a prefeita Fafá Rosado e Rosalba Ciarlini.

PRESENTE – Em seu penúltimo comício na cidade, no domingo passado, a governadora e candidata à reeleição, Wilma de Faria (PSB), ganhou uma pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição de uma eleitora. Foi no bairro Barrocas.

CERTO – A melhor declaração sobre a pesquisa Sensus, que saiu publicada no jornal O Poti, domingo passado, quem produziu foi o candidato Garibaldi Filho. Aparecendo em segundo lugar com menos quase 14% em relação a Wilma, ele avaliou – corretamente: “Esta insanidade não merece comentários”. É verdade.

GERALDO – Almoçando ontem em Pau dos Ferros, depois de fazer movimentação em São Miguel, onde abriu o verbo, o candidato ao Senado e ex-senador Geraldo Melo (PSDB) manteve clima de mistério para o término da campanha. Garantiu que até o final da disputa pelo voto “sairá uma bomba”. Aguardemos, pois. Mas com cuidado para não ser vítima dos estilhaços, logicamente.

ATENTA – A ex-prefeita mossoroense e candidata ao Senado pela Vontade Popular, Rosalba Ciarlini (PFL), tem dois compromissos hoje à noite em Mossoró. Reúne-se com sua militância para motivá-la à arrancada final às eleições às 19h e em seguida vai se aboletar num amplo sofá, para acompanhar o debate na InterTv Cabugi, envolvendo os candidatos a governo.

GERAIS

- Doutor Edílson Pinto, recebi o seu ótimo artigo. Postarei o material ainda esta semana. Num período como este, que antecede às eleições, ele é muito importante.
- Começa a circular na próxima sexta, 29, o novo número da revista Papangu, que faz mais sucesso (e muito) na Grande Natal do que em Mossoró, sua terra berço.
- Meu agradecimento fraternal ao jornalista Diógenes Dantas (www.blogdodiogenes.com.br) por incluir este Blog na lista de indicações de leitura. Está bem acomodado.
- Obrigado ao empresário Paulinho da Honda, secretário Leonardo Arruda Câmara e poeta Bob Motta pela leitura deste Blog.

SÓ PRA CONTRARIAR

Com quem os mais de 1.800 cargos comissionados da Prefeitura de Mossoró ficariam, em caso de disputa municipal em 2008 entre Fafá Rosado e Rosalba Ciarlini?

Wilma diz que "virada aconteceu há muito tempo"

Entrevistada hoje pela manhã no “Jornal 96”, da FM 96 de Natal, a governadora Wilma de Faria (PSB) exaltou a pesquisa Sensus, que lhe dera mais de 13% de vantagem na corrida à reeleição, sobre Garibaldi Filho (PMDB):

- É só prestar atenção nas ruas. Em 2002, muita gente duvidou da pesquisa que apontava minha vitória (...) A candidatura conta com o apoio popular.

E complementou: “A virada já aconteceu há muito tempo".

Sobre a denúncia do “Folioduto” na Fundação José Augusto, ela defendeu o irmão e ex-chefe de Gabinete do governo Carlos Faria:

- Até agora não se provou nada. Muita gente se apressou para condená-lo.

Aguarde a Coluna do Herzog em Primeira Edição com os bastidores da política.

Candidatos a governador debatem hoje à noite

Tudo pronto para o debate promovido pela InterTV Cabugi com apoio da Rede Globo de Televisão, envolvendo candidatos a governador.

O debate acontece hoje à noite por volta das 22h, ao término da novela “Páginas da vida”.

O jornalista de rede, César Tralli, está desde ontem em Natal, onde aportou para cumprir compromisso com a InterTV Cabugi, na condição de mediador do debate.

Vão participar do programa os candidatos Xeque Humberto (PTC), Sandro Pimentel (PSOL), Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB).

Segundo a InterTV Cabugi, o debate será dividido em quatro blocos. Este é o único debate aberto da campanha, que se encerra na próxima quinta, 28, oficialmente.

Saiba mais sobre a política do RN acessando este Blog e lendo a Primeira Edição da Coluna do Herzog, ainda esta manhã.

Guia Eleitoral termina na próxima quinta

Termina na quinta, 28, o Guia Eleitoral da atual campanha.

Segundo o calendário eleitoral, a propaganda em rádio e TV deverá acontecer até essa data, além de comícios e reuniões públicas para promoção de partidos políticos ou candidatos a cargos executivos ou legislativos no pleito do dia 1º de outubro.

Quanto ao jornalismo impresso, a divulgação de propaganda é permitida até a sexta, 29.

Saiba mais sobre a política do RN e do país acessando este Blog ainda esta manhã.

Última pesquisa do Ibope sairá sábado

O Ibope registrou a pesquisa ontem, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sob o número 15116/2006.

O trabalho de campo acontecerá entre os dias 27, 28, 29 e o próprio dia do anúncio, 30.

No Rio Grande do Norte caberá à InterTV Cabugi fazer a veiculação, através do seu noticioso noturno, o RN Segunda Edição.

Os números do Ibope deverão enfocar informações para a disputa ao governo estadual. No último trabalho da empresa, houve vitória para Garibaldi Filho (PMDB) da Vontade Popular com 46% das intenções de votos, contra 42% de Wilma de Faria (PSB) da Vitória do Povo.

segunda-feira, setembro 25, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

SECRETÁRIO – Ex-prefeito de Pau dos Ferros, o médico Nilton Figueiredo (PP) fez movimentação política em prol de Wilma de Faria (PSB) e outros candidatos que apóia no município, com boa participação popular no final de semana. Em praça pública, até foi massageado com previsão de que se transformará em secretário estadual, caso Wilma vença. Quem fez a premonição foi o deputado estadual Raimundo Fernandes (PSB).

ASSUSTADOR – É apavorante o boneco gigante, nos padrões do momo de Olinda (PE), que a campanha do deputado Francisco José (PMN) vem utilizando. Não sei de quem foi a idéia de produzir aquele monstro, com uma enorme ‘seringa’ em uma das mãos. É algo tosco, que deve inocular muito mais medo do que atração na massa. No imaginário de crianças e adultos, “injeção” é sinônimo de dor. Sempre foi. Fez-me lembrar dos tempos de criança, temendo 'papafigo" e 'bicho-papão'. Eram bem menos inofensivos.

ACESSE – O jornal Página Certa colocou no ar a íntegra da entrevista com o promotor Eduardo Medeiros, do Patrimônio Público em Mossoró. O depoimento dele sobre escândalos no governo Fafá Rosado (PFL) e em gestão anterior é elucidativo. Principalmente um trecho onde o promotor diz que há um clima de medo em Mossoró, a “terra da liberdade”. Não se trata de invenção de jornalista ou recalque de oposicionista. Acesse o saite clicando aqui: www.jornalpaginacerta.com.br

A PÉ – Na carreata-passeada da Vontade Popular no sábado em Mossoró, o ex-deputado estadual Carlos Augusto preferiu acompanhar tudo a pé. Fez longa caminhada e depois acompanhou o comício à frente do palanque. Pelo semblante, não gostou muito do que viu e ouviu. Mas se manteve impassível.

APOIO – O deputado José Dias (PMDB) ganha fôlego novo para renovar seu mandato. Alguns apoios e colégios eleitorais que estavam fechados com Walter Alves (PMDB), filho de Garibaldi Filho (PMDB), foram puxados para ele pela cúpula Alves.

CALDO – O suplente do candidato a senador Fernando Bezerra (PTB), médico Ruy Pereira (PT), não perde uma passagem no “Caldo do Geraldo” em Mossoró, em suas visitas à cidade em campanha. Na verdade, o local é suprapartidário, se localizando no Alto da Conceição, perto do mercado público do bairro.

DA REDAÇÃO

- A TV Cabo Mossoró estará promovendo uma mesa-redonda no dia das eleições em 1º de outubro, focalizando a disputa eleitoral no RN. Tudo sob o comando do jornalista Nilo Santos.
- Acompanhe comentário político deste blogueiro na TV União, captada em mais de 40 municípios do RN. Em Mossoró pelo canal 40 (sistema cabo) e em Natal no 22, dentro do “RN Notícias”, às 19h20, de segunda a sexta.

PENSANDO BEM...

“O tempo é a substância de que sou feito”. (Jorge Luís Borges)

Rosalba perde a paciência com Fafá

Atual e ex-prefeita entram em choque devido campanha eleitoral

Quem acompanha de perto a movimentação política em Mossoró, envolvendo a prefeita Fafá Rosado (PFL) e a ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PFL), não tem dificuldade de notar uma diferença: a suposta harmonia-sintonia entre ambas desmoronou.

O conflito direto entre as duas aliadas pipocou acentuadamente nos últimos dias.

Rosalba considera-se abandonada em sua campanha ao Senado. Entendendo que o mesmo acontece com o cunhado Betinho Rosado (PFL), candidato a deputado federal e sua irmã Ruth Ciarlini (PFL), que concorre à Assembléia Legislativa. A partir daí, resolveu ‘chutar o pau da barraca’, como se diz na gíria.

No mais recente e abafado atrito entre a ex-prefeita e a atual, Fafá Rosado saiu chorando da casa de Rosalba em Tibau, à semana passada.

- Não apenas trabalhe, mas reze para que eu me eleja ao Senado, se não no dia 2 de outubro eu começo a trabalhar para tomar a prefeitura de volta – alterou-se Rosalba diante de uma Fafá perplexa.

ISOLADA

Na avaliação da ex-prefeita, Fafá e o seu grupo familiar cristianizaram sua candidatura ao Senado. Ao mesmo tempo houve esvaziamento de apoio a Betinho e a Ruth. Cruzaram os braços.

- O que eu lhe dei, eu tomo – acrescentou Rosalba com voz amplificada e gesticulando muito no mesmo encontro. “A mão que afaga é a mesma que apedreja”, emendou a ex-prefeita citando poema de Augusto dos Anjos.

Encurralada e tentando ponderar que estava “fazendo o máximo”, a prefeita Fafá saiu chorando da casa de praia de Rosalba e do ex-deputado Carlos Augusto.

O incidente foi complemento do que tinha acontecido dias antes. No sábado, 10, na Rua Santos Dumont, centro de Mossoró, ao final de uma carreata da aliança “Vontade Popular”, Rosalba perdeu a serenidade. Ainda em cima do palanque, desabafou para Fafá:

- Quando você foi candidata eu botei toda a estrutura e meu trabalho para lhe ajudar e agora não estou vendo isso. Fafá ficou tão perturbada que sequer discursou no comício.

Este Blog noticiou o caso em primeira mão, repercutindo na imprensa do Estado (uns citando a fonte, a maioria até).

Os bastidores têm incidentes ainda mais cáusticos. Depois complementarei as informações.

Aguarde. Às 18h30, a Segunda Edição da Coluna do Herzog, com muitas novidades da política.

'Congresso em foco' vê luta ao Senado indefinida

O prestigioso saite “Congresso em foco” faz balanço sobre disputa ao Senado no país. Com base em pesquisas recentes nos estados, feitas por institutos conceituados como Ibope, Datafolha e Vox populi, o Congresso em foco diz que no RN o quadro é indefinido.

Veja abaixo uma síntese da matéria:

Se o presidente Lula sair vitorioso da disputa pela reeleição, terá logo de cara outro desafio desgastante pela frente: buscar alianças com desafetos políticos e partidos adversários para conseguir maioria no Senado.

Com base em sondagens regionais feitas pelos institutos Datafolha, VoxPopuli e Ibope, é possível concluir que os adversários do governo (PFL, PSDB, PPS e parte do PMDB) caminham para a vitória em pelo menos 13 estados e têm chances de eleger candidatos em outros quatro. Com isso, a bancada de oposição no Senado na próxima legislatura pode chegar a 43 dos 81 senadores, levando-se em conta os eleitos em 2002.

RIO GRANDE DO NORTE:

Fernando Bezerra (PTB) - 29%
Rosalba Ciarlina (PFL) - 27%
Fonte: VoxPopuli

* Veja ainda hoje à tarde:

- Rosalba avisa que se perder eleição ao Senado vai ‘tomar’ governo de Fafá Rosado

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Estava escrito

Dias antes de realização das convenções partidárias em 2004, recebo uma ligação telefônica do ex-deputado estadual Carlos Augusto (PFL).

Resumidamente, ouço dele – em primeira mão à imprensa – que o nome da prima Fafá Rosado (PFL) seria indicado por seu grupo como candidato a prefeito, na sucessão de Rosalba Ciarlini (PFL), sua mulher.

Publiquei a informação num saite que possuía à ocasião, o “Herzog Notícias”, logo depois de nossa conversa. Em determinado trecho do diálogo, me atrevo a fazer uma profecia:

- Você vai ser traído, 'vereador' (modo como o tratei)! Pelo pouco que conheço de política, aposto nisso.

O ex-deputado silencia por segundos, mas retoma a conversa com pragmatismo.

Pondera que tem consciência do risco. “Mas a gente chega a uma idade que não pode estar desconfiando de tudo e de todos”. Para ele, existia uma aposta visando manter a hegemonia política em Mossoró.

As pesquisas encomendadas por Carlos Augusto ao longo de vários meses apontavam Fafá à frente da outra opção do governismo, a advogada Cláudia Regina. “O apoio da Rosa, é que é forte”, media o ex-deputado. Entretanto, calculava que ganharia a prefeitura com qualquer uma delas. Venceu com ambas, prefeita e vice.

Mesmo antes de começar o governo Fafá Rosado ouvi e vi sinais claros de que a perfídia estava em gestação. As eleições deste ano, dependendo do resultado, darão a combustão para o ritmo da fissura política entre os aliados. Estava escrito.

Não errei. Carlos, o líder do rosalbismo, sabe.

PRIMEIRA PÁGINA

CERTUS – A mais recente pesquisa do Instituto Certus, que trabalha para a coligação Vontade Popular, fez o candidato a governador Garibaldi Filho (PMDB) sorrir um pouco aliviado. Entretanto, na corrida ao Senado, os números não ajudaram à companheira de chapa Rosalba Ciarlini (PFL). Os percentuais bateram com os do Ibope e não foram publicados por recomendação de Carlos Augusto. Garibaldi estava 4 pontos à frente de Wilma de Faria (PSB) e Rosalba com 5 pontos atrás de Fernando Bezerra (PTB).

XÔ, ACORDÃO - A pesquisa do Instituto Índice em Pau dos Ferros revela de forma insofismável que o entendimento político entre Alves e Maias, PMDB e PFL não é aceito pelo oestano. Wilma de Faria dispara à frente de Garibaldi Filho e ao Senado a ex-prefeita mossoroense Rosalba Ciarlini é apenas a terceira colocada. O eleitor diz que não aceita a aliança PFL/PMDB, mas apóia em separado os líderes Getúlio Rêgo e o senador José Agripino (PFL), pai de Felipe. Leitura mais fácil, impossível. Recado claro. Veja a pesquisa na íntegra acessando o saite do jornal Resenha de Pau dos Ferros (http://www.jornalresenha.com.br/).

FOLIODUTO – Em seu bom discurso no sábado em Mossoró, no palanque da Vontade Popular, o deputado federal Henrique Alves (PMDB) cometeu um ato falho. Lembrou a denúncia do “Folioduto”, numa referência ao escândalo estadual no governo Wilma de Faria, mas sem perceber causou mal-estar. A prefeita Fafá Rosado e a ex-prefeita Rosalba Ciarlini, que têm um Folioduto caseiro lhes atormentando também, fecharam a cara. Polícia e Ministério Público investigam o Folioduto local.

TENSÃO – No comício de sábado, a prefeita Fafá e a ex-prefeita Rosalba Ciarlini estiveram lado a lado em poucos momentos no palanque. E ambas revelavam cenho de preocupação. Sobretudo Fafá Rosado, que sempre muito sorridente e saltitante, só conseguiu relaxar alguma coisa ao final. Os motivos de todo esse quadro estão esclarecidos em matéria que postei abaixo desta coluna, em primeira mão, e outra "exclusiva" a ser postada à tarde. Aguarde. Bombástica!

GERAIS

- O paulista Otávio Bulgarelli venceu ontem a prova ciclística Governador Dix-sept Rosado, edição 57, que cumpre o trajeto – ida e volta – Mossoró/Governador Dix-sept Rosado.
- Entre as atrações artísticas do “Auto da Liberdade” em Mossoró, no sábado o cantor chorão Wanderley Cardoso fez de conta que cantava. Um embuste, algo desrespeitoso. Usaram um play-back, enquanto ele fazia a munganga no palco, reclama um webleitor.
- Os pais jornalista Givanildo Silva e Socorro estão no nirvana. A filha Jyokonda foi descoberta para estrear na Rede Globo de Televisão. Em poucos meses despontará na série “Pedras de fogo”, com a personagem “Maria Iluminada”. Faz sentido até o batismo da personagem. Tudo a ver. Boa sorte. Filhos são uma benção, não apenas um advento biológico.
- Quem não viu e deseja ver o vídeo, proibido, com a modelo Daniella Cicarelli, tem uma oportunidade para ser voyeur. Os adeptos da “colher de pedreiro” vão se fartar. Ah, Cicarelli!! Acesse e aproveite. Clique aqui: http://www.revistasgratisws.blogspot.com/2006/09/daniella-cicarelli-dando-uma-na-praia.html
- Obrigado ao ex-deputado Frederico Rosado, vereador mossoroense Francisco José Júnior (PMN) e candidato a deputado estadual Leonardo da Vinci Nogueira (PFL) pela leitura diária deste Blog.

SÓ PRA CONTRARIAR

A mão que afaga é a mesma que apedreja, tem repetido Rosalba Ciarlini.