CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

terça-feira, outubro 31, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

REPERCUSSÃO – Um artigo assinado neste Blog pelo jornalista Luiz Gonzaga Cortez, no domingo, 29, projeta boa repercussão. O também jornalista Bosco de Araújo (Diário de Natal) acrescenta mais elementos à abordagem de Luiz: “Sobre o artigo Discutamos o pensamento Político de Câmara Cascudo, ainda acrescentaria o nome do Monsenhor Walfredo Gurgel, ex-governador do RN, também um integralista, e que por sua militância e preferência ideológica foi - tempos depois e ainda hoje - castrado como pessoa pública pela imprensa local; por sinal pouco ou quase nada foi publicado nesses mais de trinta anos pós sua morte. Lamentável”.

ESQUERDA – Integrante do PCB, o ex-prefeito de Mossoró e ex-deputado estadual Antônio Capistrano espera baixar a “poeira” das eleições. Em seguida, Capistrano comenta que vai procurar outros setores da esquerda, para discutir a política potiguar a partir do novo governo Wilma de Faria (PSB), além das consequências provocadas pela cláusula de barreira. O PCB com mais de 80 anos de história está em vias de extinção. “Precisamos ver como será essa acomodação”, diz.

ESTRELA – De estrela solitária e vermelha no peito, como broche, o ex-deputado estadual e ex-juiz de Direito Assis Amorim continua bradando aos quatro ventos sua exaltação ao presidente, reeleito, Lula. Em uma dessas proclamações, garante: “Nem mamãe me tirava o voto em favor de Lula”.

FORÇA – Numa escala de valores, o nome do vice-governador eleito e atual deputado federal Iberê de Souza (PSB), aparece no cume da pirâmide do wilmismo, segundo os olhos de lince da governadora Wilma de Faria (PSB). O deputado abriu mão de uma reeleição praticamente certa pelo risco de enfrentar, como ‘coadjuvante’, o imbatível e mítico Garibaldi Filho (PMDB). Foi o principal coordenador da campanha majoritária e sua influência no próximo governo está além do que nossos olhos alcançam.

DA REDAÇÃO

- O jornalista Luis Henrique (Correio da Tarde) está mergulhando também na “blogosfera”. Seu endereço é http://www.blogdoluis.com.br/. Em especial, Luis está acompanhando o desenrolar das disputas na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Sucesso. Sempre.
- Começa a circular a nova edição da revista de humor e cultura Papangu. Em Natal, ela pode ser adquirida na AS Livros, Livraria Siciliano, Banca do Tota, Banca do Nordestão e na Tio Patinhas. Faça sua assinatura através deste endereço: papangu@papangu.com.br.
- Um dos mais conceituados advogados de Mossoró, com atuação de destaque além-fronteiras, foi seqüestrado na sexta, 27, à noite, à porta de sua casa. O levaram para a zona rural, onde roubaram dinheiro e seu carro. Mas graças a Deus sua integridade física foi mantida. Fique firme, meu caro.

PENSANDO BEM...

“A fidelidade é uma virtude que enobrece a própria servidão." (Barbosa Lima Sobrinho)

Deputado trata vice-governador por "traidor"

O deputado Joacy Pascoal (PSB) fez contundentes críticas ao vice-governador e deputado estadual eleito Antonio Jácome (sem partido) hoje no plenário da Assembléia Legislativa.

As críticas foram em razão do apoio de Jácome ao senador Garibaldi Filho (PMDB) no segundo turno. Joacy e Jácome são evangélicos, fizeram dobradinha no primeiro turno, já que Pascoal foi candidato a deputado federal.

Joacy chamou Jácome de “traidor” por ter mudado de lado no segundo turno. “Ele me traiu, traiu a governadora, traiu os evangélicos, traiu a fé”, esbravejou Joacy no plenário da AL.

Do Blog de Oliveira Wanderley (www.oliveirawanderley.zip.net)

Disputa em Santa Cruz inclui filho de Iberê

O prefeito de Santa Cruz na região Trairí do Estado, Luiz Antônio de Farias, o “Tomba”, tem nomes sendo especulados como pré-candidatos à sua sucessão em 2008.

Pelo menos duas dessas pré-candidaturas começam a ganhar evidência maior, a ex-deputada estadual Ana Maria e Joca Ferreira, filho do vice-governador eleito e deputado federal Iberê Ferreira.

Tomba não se bica há tempos com seu vice Odorico Ferreira. Até o momento o prefeito não tem dado sinalizador de como formará sua chapa para 2008.

Aguarde ainda esta noite, a Segunda Edição da Coluna do Herzog.

Vários eleitos não entregam relatório ao TRE

Dos 274 candidatos que participaram das eleições no primeiro turno no Rio Grande do Norte, 42,7% entregaram suas declarações sobre arrecadações e gastos de campanha na Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria, na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN).

O percentual equivale a 117 candidatos. Oito candidatos eleitos ainda não entregaram suas prestações de contas. Até às 17 horas desta terça, 31, ainda não tinham apresentado suas prestações, os seguintes candidatos eleitos no primeiro turno:

PARA DEPUTADO ESTADUAL

Márcia Maia (PSB)
Ricardo Motta (PMN)
Ezequiel Ferreira de Souza (PMN)
Lavoisier Maia (PSB)
Wober Júnior (PPS)
José Dias (PMDB)

PARA FEDERAL

Rogério Marinho (PSB)
Fátima Bezerra (PT)

Vale lembrar que os dois candidatos que disputaram o governo do Estado no segundo turno, Wilma de Faria (PSB) e Garibaldi Alves Filho (PMDB) têm até 28 de novembro para enviar suas prestações ao TRE-RN.

Fonte: TRE

Renato Dantas responderá a processo

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), desembargador Cláudio Santos, encaminhou a Advocacia Geral da União (AGU), na tarde desta terça,31, pedido para a abertura de processo de interpelação judicial contra o vereador Renato Dantas, de Natal (PV).

Em entrevista hoje ao JH 1ª Edição, página 04, Renato insinuou que membros de instituições tomaram partido nas eleições. O TRE sentiu-se ofendido e quer o vereador prestando esclarecimentos.

A interpelação servirá para que o vereador do município de Natal explique suas declarações e informe no tocante ao TRE, quais seriam os magistrados parciais e os fatos que comprovariam os deslizes nas Eleições 2006.

Luiz Almir exalta alinhamento com Wilma

O deputado estadual reeleito Luiz Almir (PSDB), afirmou agora à tarde que “devia estar há mais tempo” com a governadora Wilma. “Não sou homem de ficar de baixo da mesa, em cima do muro”, acrescentou.

Segundo o deputado comentou em entrevista à TV Ponta Negra, a ruptura no relacionamento político-pessoal do PSDB com líderes da família Alves, incrustados no PMDB, o levou ao apoio explícito a Wilma logo no primeiro turno.

Para o deputado, a derrota de Garibaldi Filho (PMDB) ao governo foi uma resposta do povo à aliança espúria entre o partido e o PFL, até então adversários históricos.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Rumo ao wilmismo

Alguns vereadores mossoroenses, nomes que se aglomeram há algum tempo em torno do vereador Júnior Escóssia (presidente da Câmara Municipal), estão colocando em gestação uma revoada migratória. O campo de pouso seria o wilmismo.

A mudança de ares não é por acaso e não se trata de uma vontade nova. A vitória da governadora à reeleição aumentou e até consolidou a intenção, que já se manifestara durante a campanha eleitoral deste ano.

Júnior Escóssia, por exemplo, teve a ousadia de desafiar a liderança do ex-deputado estadual Carlos Augusto (PFL). No primeiro turno, abriu mão de apoiar o projeto de reeleição do deputado federal Betinho Rosado (PFL), irmão de Carlos, para ficar com o wilmista Rogério Marinho (PSB), o ajudando na reeleição.

No segundo turno, Júnior e outros vereadores como Benjamim Machado (sem partido) e Sargento Osnildo (PSL) só não desembarcaram no wilmismo por pressão e cooptação. Entre os agrados, Júnior ganhou um período de cinco dias como prefeito interino de Mossoró.

Agora, passadas as eleições, a travessia de Júnior, Osnildo, Benjamim e outros nomes para o wilmismo seria uma questão de tempo. No momento, dos 13 vereadores de Mossoró, apenas a suplente Cícera Nogueira (PSB) – que está no exercício do mandato – é ligada ao wilmismo.

PRIMEIRA PÁGINA

SOBRA – Como política não pára e realmente é uma atividade dinâmica, ninguém imagine como cedo se especular a disputa ao Senado em 2010. Estarão em jogo, àquele tempo, duas vagas para o Rio Grande do Norte preencher. A princípio, pelo menos três nomes devem disputar o espaço: a atual governadora Wilma de Faria e os senadores José Agripino Maia (PFL) e Garibaldi Filho (PMDB), que tentarão a reeleição. Para quem gosta de apostar, é bom jogar para saber quem sobrará.

CHOQUE – A prefeita mossoroense Fafá Rosado (PFL) está com um trabalho adicional: tenta aplacar a indisposição de convivência entre os seus irmãos e secretários, Noguchi Rosado e Gustavo Rosado. Chefe da Controladoria Municipal, Noguchi está vendo muitos dos processos financeiros do governo passando ao largo de sua mesa, haja vista que o mano Gustavo (chefe de Gabinete) tem pontificado e agido com grande autonomia. Como de outras vezes em que ameaçou deixar a pasta, Noguchi também andou se irritando com a postura de Gustavo, admitindo se afastar do governo. O fato de ser irmão da prefeita não imunizará Noguchi, em caso de qualquer deslize administrativo. A Controladoria que não controla, não pode se defender com a máxima lulista do “não vi”.

ECUMÊNICO – O professor Anchieta Alves reuniu gente dos mais diversos matizes em sua casa ontem à noite, em Mossoró. Fez festa para comemorar a vitória de Wilma de Faria ao governo. Regado a um legítimo 12 anos, o encontro promovido por Anchieta aglomerou um grupo seleto e de tendências distintas quanto à política, em plena harmonia.

NATURAL – O deputado estadual e presidente da Assembléia Legislativa, Robinson Faria (PMN), é cotado para continuar no cargo na próxima legislatura. A intenção do ex-presidente Álvaro Dias (PDT) de retomar o posto não flui, principalmente com a derrota nas urnas do senador Garibaldi Filho. Robinson caminho para ser mantido na presidência, sem maior dificuldade.

GERAIS

- Vou repetir endereço na Internet onde todos os números relativos às eleições deste ano podem ser vistos e copiados. Anote aí: http://placar.eleicoes.uol.com.br/2006/rn/index.jhtm.
- Parabéns a Talita Sabino, que ascende a outro estágio do conhecimento. Em breve estará iniciando curso de Nutrição em Natal.
- Obrigado à leitura deste Blog a Ricardo Borges (executivo da Chesf), advogado Breno Vale e ao supermercadista Renato Pinto (RR Supermercado).

SÓ PRA CONTRARIAR

Quem não entender os recados das urnas, em 2006, pode ter dificuldades em 2008 e 2010.

Recado das urnas

Eleitor avisa através do voto que não quer poder absolutista

Passadas as eleições e ainda estando incandescentes os números, com eleitos e derrotados fazendo avaliações, é bom todos convergirem para uma constatação: a distância entre vitoriosos e quem não venceu, é muito pequena.

A disputa eleitoral atípica deste ano colocou forças tradicionais em choque, mas ninguém sobrou em votos para poder se nomear liderança inconteste.

Ao governo estadual, a diferença pró-Wilma de Faria (PSB) em relação ao adversário Garibaldi Filho (PMDB) foi de apenas 74.929 (4,76%) votos.

Quanto ao Senado, a distância entre a vencedora Rosalba Ciarlini (PFL) e o mais próximo contendor, Fernando Bezerra (PTB), foi ainda menor. A ex-prefeita mossoroense venceu por apenas 11.131 (0,76%) votos.

Nos principais colégios eleitorais - Natal e Mossoró - houve visível divisão de forças entre oposição e governismo. Ninguém é “dono” do pedaço.

A mensagem, clara, enviada pelo eleitor potiguar em dois turnos, é que não está mais disposto a ofertar poder absolutista para ninguém.

Leia ainda esta manhã, a Primeira Edição da Coluna do Herzog.

Wilma cumpre agenda de agradecimento

A governadora reeleita Wilma de Faria (PSB) mantém uma densa agenda de “campanha”, mesmo tendo terminado o período eleitoral.

A programação agora é de agradecimento à vitória, tendo novo contato popular direto. Ontem, segunda, 30, foi na região do Trairí.

Hoje a governadora e correligionários aportam em Caicó e outros municípios da região Seridó.

Na quarta, 1º, será a vez de chegar a Mossoró, para agradecer a votação obtida.

segunda-feira, outubro 30, 2006

João Maia evita falar de candidatura para 2010

O deputado federal eleito no primeiro turno, João Maia (PL), deu entrevista hoje a Rádio Cabugi do Seridó, quando foi abordado sobre vários aspectos quanto à política.

Veja alguns trechos do depoimento de João Maia e saiba mais no Blog de Marcos Dantas (www.marcosdantas.zip.net):

Ciclo Alves/Maias

“Essa dualidade que existiu entre o verde e o vermelho, entre os Alves e os Maias, entre Dinarte e Aluízio, esse tipo de política acabou no Rio Grande do Norte. Quem não quiser ver se finja de cego. Quando você for estudar a história do Rio Grande do Norte vai ver isso, terminou um ciclo e começou outro”.

Méritos de Wilma

“Ela tinha e tem o que mostrar e evidentemente tinha os desacertos politicos. Quando ela começou a acertar politicamente e mostrou o que fez e pretende fazer as pessoas ouviram. É um mérito dela. Ela fez estradas, adutoras, casas de cultura, central do cidadão, restaurante popular. Ela tem o que dizer. E ela dizia com muita correção que tinha apenas três anos de governo e não tinha vendido nenhum patrimônio”.

Pré-candidato a governador em 2010

“Eu tenho uma lição que aprendi na minha vida que diz: ‘nada pode ser bem feito se você não conta com a colaboração do tempo’. Eu preciso assumir meu mandato, preciso trabalhar. Fui eleito pra ser deputado federal e tenho que exercer isso na plenitude, sem decepcionar e sem envergonhar ninguém”.

Wilma aponta o fim de um ciclo de poder no RN

Para a governadora reeleita Wilma de Faria (PSB) “acabou Vontade Popular e Vitória do Povo”. Ela defende que a classe política do RN tenha a consciência da necessidade de se unir em favor do RN.

Entrevistada hoje à tarde pela TV Ponta Negra, a governadora fez um balanço da campanha, agradeceu o apoio de lideranças diversas e o próprio povo, em especial, mas não adiantou nada quanto à equipe de governo para o novo mandato a partir de janeiro. Garantiu que sua gestão seria mais voltada para o social.

Wilma de Faria asseverou que o Estado está chegando ao fim de um ciclo de poder, gerando oportunidade ao surgimento de novos nomes e opções à política. “Isso tudo começou em 2002, quando tive a coragem de deixar a Prefeitura de Natal para enfrentar PFL e PMDB. Mas dessa vez foi mas difícil, porque eles se uniram”, definiu.

Leia ainda hoje neste Blog mais matérias e postagens analíticas, além da Coluna do Herzog na Segunda Edição, já à noite.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Apenas uma amizade colorida

Não é preciso muito esforço argumentativo para se fazer uma afirmação, segura, quanto às eleições deste ano no RN: a aliança Alves/Maias-PMDB-PFL não passou de “amizade colorida”.

Os números elouquentes das urnas indicando que o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) da Vontade Popular só conseguiu vencer em pouco mais de 50 dos 167 municípios do RN, mostram como é difícil juntar “azeite e óleo”. Quem previu isso antes da união foi o seu vice, deputado federal Ney Lopes (PFL), mas que topou endossar com seu próprio nome a anomalia químico-política.

Desde o começo que essa “joint-venture” política ganhou ares de negócio espúrio, arrumado ocasional, onde os interesses populares eram tratados – na prática – como componente menor. As urnas mandam diversos recados (inclusive aos vencedores).

Muitos signatários desse acordão foram punidos com a exclusão de mandatos, outros escaparam por pouco e lideranças de Alves e Maias têm motivos para forte dor de cabeça. Na ânsia de sepultarem um problema comum, Wilma, esqueceram de chamar para a aliança, a outra parte do eixo: o povo. Eis a questão.

PRIMEIRA PÁGINA

PÊNDULO – A mão do coronelismo continua fortíssima nas eleições deste país. Um exemplo patente, entre vários outros, a gente conta sobre Água Nova no Oeste: a prefeita Iliene Freitas apoiou Garibaldi Filho no primeiro turno e voltou para Wilma de Faria no segundo. Seu movimento pendular puxou para um lado e para outro vitória retumbante para Garibaldi no primeiro turno e Wilma no segundo. Agora no segundo turno, Wilma obteve 1.412 (89,03%) votos contra irrisórios 174 votos (10,97%) do adversário. No primeiro turno foi ao contrário: Garibaldi conseguiu 1.095 (68,95%) votos e Wilma apenas 486 (30,60%).

BLOGS – Se algo efetivamente funcionou na campanha e eleições deste ano no RN foi a onda “blog”. Da capital ao interior, nomes do jornalismo como Thaísa Galvão, Oliveira Wanderley, Josenildo Carlos, Marcos Dantas, Aclecivam Soares, Diógenes Dantas e outros tantos focalizaram, cada um com seu estilo, bastidores e fatos de superfície da disputa pelo voto. Cá para mim: nada mais será como antes no jornalismo político. Anote. Praticamente tudo nasceu, em termos de notícia e comentário, nesta infovia, contribuindo ao debate, à crítica e à autocrítica. Parabéns!

PESO – No mercado persa que se formou na campanha do segundo turno no Rio Grande do Norte, com deputados, suplentes, prefeitos e outras figuras dessa fauna mudando de um lado para o outro, indo e voltando, deu para constatar algo: as lideranças localistas, nos rincões, nas bases municipais, têm muito mais controle e poder de transferência de votos do que gente graúda. Compreensível. Já tínhamos escrito sobre o assunto no curso da campanha. Esses líderes conhecem as pessoas pelo nome, familiares e estão diariamente em seu chão. O deputado é eleito com votos em dezenas de municípios e muitas vezes apenas tem a intermediação desses apoios.

LONGE – Muitos tentam decifrar o aumento nas abstenções no segundo turno. Claro que isso exige um estudo mais aprofundado e científico, mas é óbvio que há sinalizadores claros. A onda de pesquisas dando ampla vantagem (que não se confirmou) para Wilma de Faria, arrefeceu o ânimo da militância e líderes. Houve Considerável desinteresse das lideranças na mobilização e transporte de eleitores. No primeiro turno, disputa acirrada pelo voto, aconteceu registro de 311.232 (14,81%) de abstenções. Agora foram 351.506 (16,73%).

GERAIS

- Quem quiser os números integrais das eleições, é só acessar este endereço: http://placar.eleicoes.uol.com.br/2006/rn/index.jhtm.
- No curso deste dias e dos próximos, continuaremos postando na coluna e em matérias avulsas, enfoques sobre as eleições 2006. O tema é inesgotável.
- Obrigado à leitura deste Blog a Joãozinho Marques (Nassau), além dos ex-juízes de Direito Francisco Pinto e Assis Amorim.

SÓ PRA CONTRARIAR

Ninguém se desespere pela derrota. Daqui a quatro anos tem mais. E quem venceu se cuide: tudo passa.

Wilma tem empate na Assembléia Legislativa

Reeleita para um novo mandato, a governadora Wilma de Faria (PSB) terá como um de seus desafios conquistar maioria na Assembléia Legislativa.

Atualmente, o placar aponta um empate entre governistas e oposição na AL. O sistema governista eleger 14 deputados, mas perdeu dois no segundo turno. Deixaram a campanha de Wilma os deputados eleitos Antonio Jácome e Gilson Moura.

Integram a base de apoio ao futuro Governo de Wilma os deputados Robinson Faria (PMN), Lavoisier Maia (PSB), Micarla de Souza (PV), Márcia Maia (PSB), Luiz Almir (PSDB), Wober Júnior (PPS), Arlindo Dantas (PHS), Raimundo Fernandes (PSB), Gustavo Carvalho (PSB), Fernando Mineiro (PT), Larissa Rosado (PSB) e Ezequiel Ferreira (PMN).

A bancada oposicionista é composta pelos deputados Álvaro Dias (PDT) Poti Júnior (PMDB), José Dias (PMDB), Nelter Queiroz (PMDB), Getúlio Rego (PFL), José Adécio (PFL), Antonio Jácome (sem partido), Gilson Moura (PV), Gesane Marinho (PDT), Leonardo Nogueira (PFL), Ricardo Motta (PMN) e Walter Alves (PMDB).

Na eleição de 2002, a governadora Wilma de Faria chegou inferiorizada à Assembléia Legislativa, mas logo fez maioria sólida.

Do Blog de Oliveira Wanderley (www.oliveirawanderley.zip.net) e este Blog.

Mossoró ignora "casamento político"

Esforço da “Rosa” só deu mais 1.800 votos a Garibaldi Filho

O “voto casado” que a senadora eleita no primeiro turno, Rosalba Ciarlini (PFL), pregou no segundo turno para fazer de Garibaldi Filho (PMDB) governador do RN, não se materializou em Mossoró. A avalanche de votos minguou. Como se define num chavão, "a montanha pariu um rato".

Os números das eleições em Mossoró no primeiro turno e no segundo, se avaliando o desempenho de Garibaldi Filho revelam que o eleitorado separou paixão de voto. Garibaldi aumentou sua votação em míseros 1.800 votos do primeiro para o segundo turno no município.

Toda a grandiosa estrutura usada e empenho pessoal visível, que Rosalba desprendeu, não tocaram a sensibilidade da massa eleitora mossoroense. Percentualmente, Garibaldi caiu 0,64% na votação. Obteve 59,69% (65.038 votos) no primeiro turno e desceu para 59,04% no segundo (66.838 votos). Aí é onde aparecem os 1.800 votos fechados.

Quem riu à vontade foi Wilma de Faria (PSB).

No primeiro turno, a governadora que se reelegeu conseguiu 42.011 votos (38,56%) em Mossoró. A maioria pró-Garibaldi foi de 23.027 (21,13%) votos.

ENCOLHENDO

Já agora, Wilma subiu para 46.368 (40,96%), o que significou um total de 4.357 (2,40%) votos a mais do que no primeiro turno. Além disso, encolheu percentualmente a dianteira do adversário para 20.470 (18.08%).

Portanto, Garibaldi Filho fechou o ciclo de votos em Mossoró, no segundo turno, com 3,05% de queda percentual de votos, em se comparando com o primeiro turno.

Resumidamente, é fácil tirar a seguinte conclusão quanto ao destino do voto majoritário em Mossoró: o eleitor “amarrou”, “casou” e “colou” o seu onde bem quis. No primeiro turno já tinha sido assim, empilhando votos para Rosalba e a pulverização ao governo entre Wilma e Garibaldi Filho. O segundo turno ratificou o primeiro. Elementar, óbvio, translúcido...etc.

Quem observar com atenção, essa análise exclusiva, do Blog, não terá dificuldade de compreender o recado das urnas.

Aguarde mais postagens de matérias, analíticas, quanto aos números das eleições no RN e na Coluna do Herzog (Primeira e Segunda Edições) ainda hoje.

Nélio Dias está à vontade

Sempre cabe mais um ao lado do governismo e deputado deve mudar

Ninguém tome como premonição. Não tenho poder paranormal. Sou apenas um observador, que procura juntar fatos e sinais, para tentar no papel de repórter político, produzir informações e antecipar eventuais acontecimentos.

Anote aí, por favor: o deputado federal reeleito Nélio Dias (PP) deverá integrar o leque de componentes da bancada federal do Rio Grande do Norte, na condição de aliado da governadora reeleita Wilma de Faria (PSB) e do presidente reeleito Lula da Silva (PT).

- Temos uma boa maioria com cinco deputados (federais) e outro que deverá se somar – comentou a governadora em entrevista à TV Cabo Mossoró (TCM) à noite desse domingo, 29.

Nélio só não migrou da Vontade Popular para a Vitória do Povo, coligação da Wilma de Faria, porque os prefeitos Ronaldo Soares (PP-Assu) e Flávio Veras (PP-Macau) o seguraram no segundo turno. No primeiro turno, andou estrebuchando para romper.

Fechado o ciclo de caça ao voto, Nélio tem motivos de sobra para convencer os prefeitos que o apoiaram que o caminho é a Governadoria.

O ano "zero" para os institutos de pesquisa

Definitivamente este é um ano para os institutos de pesquisas esquecerem. Todos, quase sem exceção, cumpriram papel menor e diferente dos propósitos a que deveriam se imiscuir.

Os números no segundo turno das eleições no RN não pouparam sequer o todo-poderoso Ibope, que no primeiro turno chegou a acertar na “mosca” o resultado à concorrência ao governo e Senado.

Agora, o desabamento foi amplo, geral e irrestrito em termos de pesquisas.

O Ibope indicou no sábado, 28, que Wilma de Faria venceria as eleições por 10%. A sondagem divulgada pela InterTV Cabugi revelava percentual de 52% para Wilma de Faria (PSB), contra 42% de Garibaldi Filho (PMDB).

Já o Instituto Consult, de Natal, no mesmo dia e através do Diário de Natal, atestava que Wilma despontaria com 52,1%, contra 41,2% de Garibaldi Filho. A maioria para Wilma era de 10,9%.

Mesmo usando a margem de erro de 3% para cima ou para baixo, não se consegue aliviar a “barra” dos empresas pesquisadoras.

Quando as urnas foram fechadas em definitivo, o resultado indicou maioria de Wilma sobre Garibaldi Filho em apenas 4,76%. Nem 10% nem 10,9% ou mesmo os 14% do Vox Populi.

Garibaldi acha que o desastre foi dos menores

Em entrevista a Rádio Globo de Natal, o senador e candidato derrotado ao governo do RN, Garibaldi Filho (PMDB), falou com equilíbrio sobre o resultado eleitoral do segundo turno no Estado.

Segundo o senador garantiu, “estou pronto para outra”.

Ele censurou indiretamente as pesquisas. Não lhe falta razão para atenuar a dor. As últimas sondagens apontaram variação entre 10 e até 14% contra ele. O totalizador de votos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou diferença pró-Wilma de apenas 4,76%.

- Se os institutos de pesquisas tivessem acertado eu me sentiria decepcionado. Como todos eles erraram, me sinto reconfortado e pronto para outra – ironizou.

Deputada elogia união de forças em Mossoró

Na ótica da deputada estadual reeleita no primeiro turno, Larissa Rosado (PSB), o resultado eleitoral no segundo turno, em Mossoró, foi uma vitória maiúscula das forças que se uniram em torno de Wilma de Faria (PSB) e Lula (PT).

“Fomos nós, o PT, o PL, PC do B e outros aliados contra a estrutura da Prefeitura de Mossoró e outras forças, conseguindo reduzir a maioria contra a governadora”, disse Larissa, sobre a carroceria de uma picape, à noite desse domingo, 29, comemorando o final das eleições.

Ela estava ao lado de outros correligionários e da mãe, a deputada federal Sandra Rosado (PSB).

Governadora reeleita fala ao povo do Seridó

Em contato com a Rádio Rural AM, à noite desse domingo, 29, a governadora Wilma de Faria (PSB) agradeceu à região pela reeleição:

“Eu agradeço ao povo do Seridó, ao povo de Caicó. Povo que me deu uma vitória fantástica. O Seridó tem um povo fantástico, inteligente”.

E complementou, segundo relato do blogueiro Josenildo Carlos (www.josenildocarlos.zip.net): “E este povo aprovou nossas obras na região. Daí mando um abraço bem carinhoso ao povo, aos prefeitos, vereadores e a todos”.

Presidente Dutra veste-se de vermelho

Tradicional corredor de comemorações políticas, cívicas, esportivas e de outras esferas da atividade humana, a Avenida Presidente Dutra vestiu-se de vermelho até o início de hoje, segunda, 30.

Desde o começo da noite de domingo, 29, quando já era anunciada a vitória à reeleição do presidente Lula (PT) e da governadora Wilma de Faria (PSB), a avenida que avança sobre a área urbana de Mossoró, como seqüência da BR-304, era um coro só e uma cor única: vermelho.

Centenas de pessoas às margens da pista de rolamento, carros, motos, bicicletas e até carroças transitavam com intenso barulho, comemorando a dupla vitória. Isso tudo, mesmo se levando em conta que em Mossoró, a governadora numericamente tenha perdido.

Logo cedo, o policiamento de trânsito e a Polícia Militar tinham tomado providências preventivas, para garantia à diversão e ao fluxo de trânsito por vias alternativas.

Um pleito atípico

Areia Branca tem urna com votação igual a números de candidatos

Se há curiosidade, entre muitas que podem ser extraídas das eleições deste ano, existe uma que merece atenção especial.

No município de Areia Branca, região salineira do Estado, a 48km de Mossoró, na seção 28, o total de votos para cada um dos candidatos à Presidência da República e ao governo do Estado, bateu com o número de registro partidário deles.

Lula da Silva (PT) obteve 13 votos.

Geraldo Alckmin (PSDB), o outro candidato a presidente, conseguiu 45 votos.

Já Garibaldi Filho (PMDB), um dos concorrentes ao governo estadual, empalmou 15, contra 40 de Wilma de Faria (PSB).

Com tantas coincidências, definitivamente pode ser dito que tivemos uma disputa eleitoral li-te-ral-men-te atípica.

domingo, outubro 29, 2006

Wilma se pronuncia

Governadora espera uma oposição equilibrada

“Foi a vitória do povo”. Essa a primeira frase pronunciada pela governadora reeleita, Wilma de Faria (PSB), a um órgão de imprensa de Mossoró, logo após o anúncio oficial de sua reeleição.

Falando à TV Cabo Mossoró (TCM), Wilma definiu o sucesso de sua campanha a uma comunhão de fatores, como “o povo entendendo nossa proposta”.

Garantiu que Mossoró continua sendo uma prioridade. A governadora disse que entre outros projetos, está em pauta a construção de uma ferrovia que liga o município à Grande Natal, “o Parque da Cidade” e mais investimentos no setor social.

Quanto ao relacionamento com a oposição, disse que espera ser sadio. “A oposição é necessária, mas deve ser feita com ética e respeito”, definiu.

Adiantou, que acredita na ampliação de sua base parlamentar estadual e também no plano federal. “Virão outras pessoas”, previu.

Depois de muito assediada em sua residência oficial, Wilma de Faria saiu para comemoração em Natal, com término previsto para o Largo do Machadão.

Dois ganhadores

Lula e Wilma vencem eleições no segundo turno

Ufa! Terminou. Em face de vários problemas técnicos de postagens, este Blog não conseguiu atualizar regularmente matérias durante as últimos dois dias. Lula (PT) está reeleito à presidência da República e Wilma de Faria (PSB) ao governo do RN.

De qualquer modo, chega ao final um denso período de cobertura jornalística e mais uma importante página política do país e do RN.

Veja abaixo os resultados finais das eleições, voto a voto, município a município no RN. É só clicar em cima deste endereço:

http://placar.eleicoes.uol.com.br/2006/rn/index.jhtm

Garibaldi se projeta acima de 30 mil em Mossoró

Nas primeiras 17 urnas apuradas em Mossoró, botando uma maioria de 1.407 votos sobre Wilma de Faria (PSB) – veja matéria abaixo -, o candidato Garibaldi Filho (PMDB) tem projeção de boa maioria no município.

Segundo os números das 17 urnas, Garibaldi vem colocando maioria de 82 votos por urna.

Se for mantida essa média, a maioria de Garibaldi Filho sobre Wilma poderá ultrapassar os 33.602 votos.

No primeiro turno, Garibaldi superou Wilma com 23 mil votos.

Em poucos minutos veja projeção de maioria em Mossoró neste Blog.

Garibaldi põe maioria de 1.407 votos em Mossoró

As apurações em Mossoró, nas 406 seções, começaram a ter boletins apresentados à imprensa.

Em 17 urnas apuradas, a maioria de Garibaldi Filho (PMDB) sobre Wilma de Faria (PSB) é de 1.407 votos.

Veja os números:

Garibaldi Filho – 3.505
Wilma de Faria – 2.097

Em poucos minutos veja projeção de maioria em Mossoró neste Blog.

Servidor público é preso por compra de votos

Um funcionário da Secretaria de Educação da Prefeitura de Mossoró foi detido há pouco mais de uma hora, nas proximidades de um colégio da periferia da cidade.

A denúncia que recai sobre Genildo Duarte, que neste momento está sendo ouvido na delegacia local da Polícia Federal, é de propaganda irregular e compra de votos.

Genildo estava com farto material de propaganda do candidato ao governo Garibaldi Filho (PMDB) da Vontade Popular.

Aguarde mais notícias sobre as eleições 2006 acessando este Blog.

Areia Branca pode ser campeã em abstenções

A Justiça Eleitoral em Areia Branca, conduzida pelo juiz Armando Júnior, pode sofrer um dos maiores índices de abstenções do Rio Grande do Norte.

No primeiro turno, esse percentual chegou a 16,46% (3.261 votantes). No segundo turno, o baixo comparecimento às seções eleitorais até aqui, está inclinando o juiz Armando Júnior a acreditar que o fenômeno se repita e até seja ampliado.

Areia Branca possui 19.808 eleitores aptos.

O pensamento que se generaliza entre membros da Justiça Eleitoral e lideranças políticas, revela ser a falta de transporte para eleitores, o principal motivo do desinteresse. Além disso, há falta de um quadro de disputa acirrada, como ocorreu no primeiro turno.

Caicó tem eleições com plena serenidade

Dei uma volta agora há pouco em alguns locais de votação em Caicó. O clima é bastante tranqüilo e um viajante que acabara de chegar de Marte duvidaria que é dia de eleição. Não existe aglomeração e cabo eleitoral parece ser uma espécie extinta nesse segundo turno.

Os números das pesquisas provocaram relaxamento nos dois lados. Um está envolto no clima de já ganhou e se preocupa agora somente com a festa da vitória. No outro lado o desânimo é arrasador.
Do Blog do Josenildo Carlos

"Campanha" continua no campo judiciário

A campanha não terminou, apesar de estar em curso o processo de eleição no segundo turno.

No campo da Justiça Eleitoral, a Vontade Popular entrou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral, que acusa a Wilma de Faria (PSB) de abuso de poder econômico e de autoridade.

Já a Vitória do Povo fez o mesmo hoje pela manhã contra o adversário Garibaldi Filho. Ele é acusado de propaganda irregular.

Saiba mais informações sobre as eleições 2006 em poucos minutos.

Disque-denúncia está à disposição do eleitor

A Justiça Eleitoral está com telefone de plantão para receber denúncias relativas a boca de urna e outros excessos.

O telefone do disque-denúncia é o 4006-5877.
Mais informações podem ser colhidas pela Internet, através do saite do TER-RN (www.tre-rn.gov.br).

TRE registra problemas em 27 urnas eletrônicas

Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), apenas 27 urnas em todo o Estado apresentaram problemas técnicos. Em duas seções, a votação é manual. Essas exceções foram registradas em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, e no Oeste do Estado, em Luís Gomes, na Tromba do Elefante.

Nota deste Blog: Constantes problemas técnicos estão comprometendo a postagem de matérias em tempo mais ágil.

Nota deste Blog II: Este blogueiro está participando da programação da FM 98 em Natal, e ainda Rádio Difusora (neste momento). A partir das 16h, estarei na TCM (TV Cabo Mossoró, Canal 10).

Mossoró tem pouco fluxo de eleitores às urnas

O eleitor mossoroense está deixando para o período final de horário, agora à tarde, para votar no segundo turno das eleições.

A afluência às seções eleitorais tem sido bastante reduzida. Ao mesmo tempo, há um clima de tranquilidade na cidade, com poucos sinais de manifestações em favor das candidaturas em disputa neste segundo turno.

Apenas uma senhora foi detida pela manhã, por estar fazendo boca de urna.

Houve registro de um assassinato no bairro Barrocas, pela manhã, mas de conotação passional, sem qualquer relacionamento com as eleições. Luciana Alves de Souza, 24, foi assassinada com três tiros, supostamente pelo marido, de quem estava separada há dois meses.

Aguarde. Em breve postarei mais matérias sobre as eleições 2006.

Rosalba vota às 10 horas em Mossoró

A ex-prefeita e senadora Eleita Rosalba Ciarlini (PFL) vota no segundo turno em Mossoró dentro de poucos minutos.

Segundo sua assessoria, ela estará no Colégio Geozinho, no centro da cidade, por volta das 10h.

Saiba mais sobre as eleições 2006 no segundo turno, acessando este Blog, durante todo o dia.

Artigo

Discutamos o pensamento Político de Câmara Cascudo

Há necessidade de se estudar o pensamento político de Luís da Câmara Cascudo, o maior intelectual do Rio Grande do Norte? Há. E como há. Os nossos estudiosos, intelectuais acadêmicos ou não, têm escrito muitos textos sobre o folclorista, historiador Cascudo, mas omitem, deliberadamente ou não, o lado político do mestre da rua Junqueira Ayres.

Não precisa de muito esforço, não, para se realizar um evento, um seminário, uma jornada escolar, uma gincana com colegiais ou uma simples reunião de bate-papos com o tema básico: as idéias políticas de Luís da Câmara Cascudo e a sua influência na juventude potiguar nos anos trinta. Ou sobre as suas idéias políticas na comunidade católica. A sua atuação na Ação Integralista Brasileira, sob o beneplácito da Igreja Católica, do bispo Dom Marcolino Esmeraldo Dantas, do professor e comendador Ulisses Celestino de Góis e uma plêiade de sacerdotes, estudantes e líderes religiosos. È por aí que se iniciaria o debate que poderia ser promovido pela Fundação José Augusto e a Academia Norte-rio-grandense de Letras, instituições maiores da nossa cultura que, aliadas ao Instituto Histórico e Geográfico do RN, prestariam um enorme serviço em prol do desenvolvimento cultural e político.

Há algum empecilho? Qual? De quem? É, vão dizer que Câmara Cascudo foi um grande pesquisador, que Deus seja louvado por ele ter nascido em Natal, que ele é um nome universal, mas “vamos deixar isso de lado porque o integralismo foi influenciado pelo fascismo italiano”. Besteira. E se Cascudo tivesse sido influenciado pelo comunismo stalinista? E se Cascudo tivesse “endeusado” os americanos do norte em seus livros e publicações? Muitos intelectuais brasileiros foram integralistas antes de novembro de 1937 e depois se tornaram socialistas ou comunistas, ou simplesmente de esquerda, como foi o caso do padre Helder Câmara. E esqueceram de dom Helder Câmara?

Esqueceram do compositor Vinício de Morais? Esqueceram de Menotti Del Pichia? Esqueceram do grande filósofo Miguel Reale? Esqueceram de Otto Guerra, Hélio Galvão, Manoel Rodrigues de Melo? Anotem: Vingt-Un Rosado foi seguidor de Plínio Salgado, mas, nos anos sessenta, mudou e passou a simpatizar Luiz Carlos Prestes.

Esqueceram do grande filosofo e jornalista Roland Corbisier, ex-integralista, que faleceu em fevereiro de 2005, membro do Partido Comunista do Brasil? Em Natal, temos um jornalista que foi tesoureiro do Partido de Representação Popular-PRP, sucedâneo da AIB, nos anos 50 e hoje é de esquerda. Que pecado eles cometeram? Por esses e muitos outros exemplos, é que não podemos estigmatizar os brasileiros que foram integralistas, de direita, conservadores, católicos apostólicos romanos ou protestantes, obedientes aos dogmas da Santa Madre Igreja, com sede em Roma, que apoiou em número, gênero e grau o fascismo de Benito Mussolini.

O fascismo, que de feixe, que significa união, tomou o poder na Itália com forte apoio da classe operária italiana, da burguesia, da monarquia e da Igreja, em 1926, numa época em que o comunismo avançava, cujo totalitarismo de esquerda motivou o totalitarismo de direita, o fascismo, o nazismo, o franquismo, o integralismo português (salazarismo), o integralismo de Plínio Salgado, etc. Isto é, para enfrentar o comunismo e a sua “ditadura do proletariado”, a burguesia capitalista financiou o fascismo, na Itália, e o nazismo, na Alemanha.Mas isso é outra história.

Na minha modesta opinião, está na hora de ultrapassarmos essa fase de escrevermos sobre as viagens de Câmara Cascudo em Angola, África, no inicio da década de 1960, às custas do governo de Oliveira Salazar e dos Diários Associados, via Assis Chateaubriand. Cascudo sempre foi um homem de direita, isso é inegável. Por isso, o regime de Salazar, que mantinha aa ferro e a fogo a colônia de Angola, financiou a viagem de estudos de Câmara Cascudo. E daí? O leitor acha que Cascudo iria estudar o folclore de Cuba e os seus hábitos gastronômicos? Não, ele foi a Portugal e a suas colônias africanas. Made in África é resultado da viagem ao continente africano, cuja 1ª edição foi lançada no salão dos grandes atos da Fundação José Augusto. Eu vi o lançamento.

Na época, um embaixador brasileiro, Raimundo de Souza Dantas, se não me falha a memória, também lançou um livro de sua autoria. Fiquemos por aqui. E que a FJA/ANL e IHGRN se irmanem e discute mos o lado político de Luís da Câmara Cascudo.

Luiz Gonzaga Cortez Gomes é jornalista e pesquisador.
E-mail: cortez.melo@uol.com.br

sábado, outubro 28, 2006

Wilma usa direito de resposta na televisão

A candidata a governador pela Vitória do Povo, governadora Wilma de Faria (PSB), ganhou hoje à tarde no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) direito de resposta à programa do adversário Garibaldi Filho (PMDB) da Vontade Popular.

A inserção desse espaço já ocorreu agora à noite, com um texto contestando denúncia feita por Garibaldi em seu último programa eleitoral, sexta, 27, quando afirmou estar existindo coação de pessoas ao voto na adversária.

Na resposta na televisão, um locutor em off (por fora), rebate a denúncia e cobra equilíbrio ao adversário, na fase final do processo eleitoral.

Ex-candidato a deputado é detido no Seridó

O ex-candidato a deputado estadual e ex-prefeito de Carnaúba dos Dantas, Zeca Pantaleão (PMDB), foi detido agora à noite nesse município.

Segundo informações colhidas por este Blog, Pantaleão estaria promovendo comício, abertamente, ao arrepio da legislação eleitoral, em favor do candidato a governador Garibaldi Filho (PMDB).

O delegado-sargento Jean Carlos efetuou a abordagem. Em seguida, o ex-candidato a prefeito foi levado para o vizinho município de Acari, para ser ouvido pela promotora Daniele Andrade.

Mas o delegado Jean Carlos, de Carnaúba dos Dantas, pediu exame de corpo de delito no ex-prefeito para isentar a polícia, depois, de qualquer denúncia de suposta violência contra o ex-prefeito.

Zeca estaria se negando a fazer à checagem técnica, no município de Caicó (região Seridó), a 50 quilômetros de Acari. Prevaleceu sua vontade e depois foi liberado.

Pantaleão foi prefeito de Carnaúba dos Dantas em 2000. Em 2004, terminou sendo denunciado por compra de votos quando se preparava para campanha à reeleição, culminando com sua cassação.

Em seu lugar, Zeca Pantaleão apoiou o primo Alexandre Dantas, conhecido por Bodoca, que venceu a disputa (e é o atual prefeito).

Comerciante, Zeca foi candidato a deputado estadual este ano, obtendo 12.359 votos.

Postagem com informações adicionais do jornalista Val Araújo.

Vitória de governadora é anunciada

Wilma de Faria deve ser eleita, afirma portal Uol

Segundo o maior portal da Internet na América Latina, o Uol, “a governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria (PSB), será eleita amanhã para mais um mandato, aponta pesquisa Ibope divulgada hoje”.

A matéria postada pelo portal dá detalhes dos números (veja matéria neste Blog, mais abaixo), revelando ainda margem de erro (3%) e registro na Justiça Eleitoral.

Acrescenta, ainda dados relativos à pesquisa anterior: “Os candidatos oscilaram dentro da margem de erro em relação à pesquisa anterior do Ibope, realizada do dia 17 ao 19 deste mês. Na ocasião, Wilma atingiu 50% das intenções de voto, contra 43% de Garibaldi (54% a 46% em votos válidos)”.

O Ibope ouviu 812 eleitores em 37 cidades, na sexta-feira e no sábado. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral do Estado (17.692/2006).

Candidatos votam pela manhã

Os dois candidatos ao Governo do Estado, Wilma de Faria (PSB) e Garibaldi Filho (PMDB), têm definidos horários e locais onde votam nesse domingo, dia 29.

Garibaldi Filho vota às 11h, na Escola Edgar Barbosa no bairro de Lagoa Nova.

Já Wilma de Faria irá votar às 10h, na Fundação José Augusto.

Eleições têm mais de 1,5 milhão de mesários

Mais de um milhão e meio de mesários, distribuídos entre as mesas receptoras de todas as seções eleitorais, atuarão no segundo turno. Cada seção eleitoral tem uma mesa receptora que é composta por 4 a 6 mesários. Incluindo servidores da Justiça Eleitoral, mesários e voluntários, devem trabalhar nessas eleições cerca de 3 milhões de pessoas.

O cidadão que atuou como mesário no primeiro turno está automaticamente convocado pela Justiça Eleitoral para trabalhar no segundo turno. E todos os convocados, inclusive estagiários, têm direito a dois dias de folga no trabalho, conforme prevê o artigo 98 da Lei 9.504/97 (Lei das Eleições).

Uma disputa especial

Mossoró vive duelo à parte sobre “voto casado”

A noite mossoroense neste sábado, 28, parece não denunciar que a campanha eleitoral chegou ao final e em poucas horas haverá início do processo de votação.

Carreatas de partidários da governadora Wilma de Faria (PSB) e do adversário Garibaldi Filho (PMDB) estão nas ruas, sempre reforçadas por carros com poderosos equipamentos de som.

Há um duelo à parte na campanha ao governo, no âmbito de Mossoró. O “voto casado” entre a ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PFL) e o candidato Garibaldi Filho, que eles tanto pregaram, não funcionou bilateralmente no primeiro turno. Rosalba foi eleita. Garibaldi não. Apenas Rosalba teve uma enxurrada de votos em Mossoró.

Garibaldi venceu o duelo direto contra Wilma de Faria no município, no primeiro turno, mas com maioria bem aquém do esperado.

Agora, Rosalba (eleita ao Senado) puxa intensa mobilização no segundo turno, apostando na hipótese de oferecer maioria que chegue a números como 30 a 40 mil votos para Garibaldi.

No primeiro turno, Garibaldi alcançou 65.038 (59,69%) dos votos válidos, contra 42.011 (38,56%) de Wilma de Faria. A maioria de Garibaldi foi de 23.027

Já Rosalba, acabou empalmando 90.660 (83,33%) contra 14.049 (12,91%) do mais próximo adversário, Fernando Bezerra (PTB).

Pesquisa Ibope

Números apontam para maioria superior a 150 mil para Wilma

Se o Ibope acertar a previsão de resultado no segundo turno das eleições no RN, como ocorreu quase que em precisão cirúrgica no primeiro, a maioria da governadora Wilma de Faria (PSB) em conquista à reeleição, poderá superar a casa dos 150 mil votos.

Os números apontam nessa direção, com base na maioria divulgada hoje pela segunda pesquisa Ibope (via InterTv Cabugi), que chegou a 10%. O adversário Garibaldi Filho (PMDB), conforme os números, estaria literalmente batido.

O resultado foi este:

Wilma de Faria – 52%
Garibaldi Filho – 42%
Brancos, nulos e indecisos – 6%

Só votos válidos:

Wilma de Faria – 55%
Garibaldi Filho – 45%

No primeiro turno, houve apuração de 1.541.015 milhão de votos válidos. Havendo repetição desse volume – com 311.232 mil votos de abstenções – a vantagem de Wilma chegará a algo em torno de 154 mil votos de maioria.

Mas em face do acirramento da disputa e ainda de existência de apenas uma votação, ao contrário das cinco do primeiro turno, pode ocorrer menor incidência de votos nulos e brancos. Partindo dessa premissa, não será surpreendente se os votos válidos consigam alcançar número maior, talvez até 1,6 milhão ou mais.

Blog regressa às atividades em poucos minutos

Por problemas técnicos, este Blog ficou quase 12 horas fora do ar, absolutamente impossibilitado de produzir postagens regulares.

Vamos tentar recuperar um pouco do tempo perdido, postando matérias dentro de poucos minutos, sobre a política do RN e outros temas.

Aguarde.

Consult confirma Wilma à frente com 10,09%

A última pesquisa do segundo turno está no ar. Ou impressa, como queira.

O Instituto Consult de Natal aponta uma maioria pró-Wilma de Faria (PSB) de 10,09%, conforme é publicado hoje no Diário de Natal. A anterior há menos de uma semana foi de 10,76%.

Os números são estes abaixo:

Wilma de Faria - 52,1%
Garibaldi Garibaldi Filho - 41,2%
Branco ou nulo - 2,59%
Indeciso - 4,06%

Só os votos válidos:

Wilma - 55,8%
Garibaldi - 44,2%

A Consult ouviu 1.700 pessoas em 58 municípios, entre os dias 25 e 26.

Debate pouco acrescenta à campanha presidencial

Terminou há poucos minutos o debate entre os candidatos à presidência da República, Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), promovido pela Rede Globo de Televisão.

O programa mediado pelo jornalista William Bonner seguiu modelo que ganhou expansão mundial a partir dos Estados Unidos. Num amplo cenário-arena, com público ao vivo, os candidatos podiam se movimentar livremente.

Apesar de todo aparato tecnológico e cênico, o debate pouco acrescentou num comparativo com os anteriores, promovidos por outras emissoras.

Em nível de RN, após o debate a retransmissora do sinal da Rede Globo de Televisão, a InterTv Cabugi, foi retirada do ar. Só retornará amanhã por volta das 17h, atendendo à determinação da Justiça Eleitoral, por desobediência a uma ordem judicial (veja matéria postada abaixo, no dia de ontem).

sexta-feira, outubro 27, 2006

TSE vê Caixa 2 em campanha presidencial

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, admitiu nesta sexta-feira a existência da prática de Caixa 2 na campanha presidencial de 2002. "O que concluímos e não podemos ser ingênuos é que em 2002 houve recursos não contabilizados", disse.

Ele afirmou ainda que, se ficar comprovado qualquer participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do dossiê contra tucanos, ele poderá ser punido.

Leia matéria completa acessando este endereço abaixo:

http://noticias.terra.com.br/eleicoes2006/interna/0,,OI1216333-EI6652,00.html

Justiça reforma, em parte, decisão contra InterTV

Segundo o Blog de Oliveira Wanderley, o Juiz Cícero Macedo reformou parcialmente a sentença do seu colega Raimundo Carlyle e autorizou a InterTV Cabugi a transmitir o último programa eleitoral gratuito e o debate entre Lula e Alckmin, hoje à noite.

Cícero Macedo atendeu a um mandado de segurança impetrado pela InterTV Cabugi.

Após a transmissão do debate, a emissora volta a ter sua programação suspensa até amanhã às 17 horas.

A Rede Globo de Televisão entrou com um mandado de segurança junto ao TSE. Aguarda a decisão do Tribunal.

InterTV Cabugi é punida por justiça eleitoral

Por ordem judicial a afiliada Globo no RN ficará 24 horas fora do ar a partir dessa sexta-feira. O motivo teria sido a exibição de imagens do deputado Antonio Jácome pedindo votos para o candidato Garibaldi Alves (PMDB).

Com a decisão, o eleitor potiguar deixará de assistir ao debate entre Lula e Alckmin, logo mais à noite. Por motivos semelhantes, também envolvendo o pastor Jácome, a TV Ponta Negra, afiliada do SBT, ficou fora do ar por 24 horas.

As pressões e pedidos são enormes para que a Justiça não cancele o sinal da emissora, mas a determinação do juiz Carlyle deverá ser cumprida.

Do saite Sanatório da Imprensa, Alex Medeiros.

Nota deste Blog: depois que perdeu o comando acionário da emissora, a família Alves passou a ter muito mais influência na editoria política do que antes. E, se não me falha a memória, é a primeira vez, em tantas campanhas eleitorais, que a outrora TV Cabugi é punida tão severamente.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

O fator Mossoró

A Vontade Popular deposita especial esperança em Mossoró no segundo turno. Nas eleições de domingo, há fio de expectativa de que o município com seus mais de 149 mil eleitores consiga inflar Garibaldi Filho (PMDB) com uma bolha de maioria superior aos 40 mil votos.

Particularmente não creio que isso aconteça. Impossível? Não. Muito pouco provável que ocorra, só isso.

O cenário da disputa no segundo turno é outro completamente diferente do primeiro, além de existir uma polarização que praticamente divide a cidade. Não tenho dúvidas que Garibaldi Filho vai sobrar nas urnas.

Muitos confundem e associam o duelo Garibaldi X Wilma ao Rosalba x Fernando Bezerra. São exemplos completamente diferentes. No primeiro caso existe um embate de verdade. No outro, entre a senadora eleita e o adversário, ocorreu um massacre até pela ausência de Fernando. Ele não lutou pelo voto local. Desdenhou-o.

A governadora e candidata à reeleição começou a campanha no primeiro turno com possibilidade de ser soterrada com maioria acima dos 40 mil votos. Perdeu por 23.027 justamente por não aceitar perder, passivamente, como Fernando. A diferença de mentalidade e atitude é que torna o comparativo estapafúrdio. Wilma não é Fernando.

Os personagens em campo estão, efetivamente, lutando pelo voto. Se a oposição repetir ou aumentar um pouco mais a maioria do primeiro turno, será um feito.

PRIMEIRA PÁGINA

BOATARIA – No Alto Oeste, principalmente em Pau dos Ferros, a onda da oposição é disparar que a governadora Wilma de Faria (PSB) sendo reeleita irá acabar com o Programa do Leite. Na quente política oestana, o vale-tudo nunca foi tão proeminente.

CONSTATAÇÃO – Quem melhor espelhou o desespero do senador Garibaldi Filho na reta final de campanha foi o chargista Odilan, na página 2 de hoje do Jornal de Fato. Num cenário de debate, ao lado da concorrente Wilma, Garibaldi choraminga: “Meu querido eleitor, meu querido servidor, minha querida dona-de-casa, meu querido mediador do debate, meu querido câmera, minha querida Wilma, pelo amor de Deus votem em mim!” Genial!

GRANDE – A senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) deu outra demonstração de poder de mobilização ontem em Mossoró. Promoveu uma carreata de grandes proporções pelas ruas da cidade, propagando o nome de Garibaldi Filho ao Senado. Da mesma forma que Garibaldi foi de enorme lisura no tratamento à Rosalba, puxando-a à vitória no primeiro turno, o sistema Alves não pode se queixar da contrapartida agora onde a ex-prefeita tem força comprovada. É esperar o resultado das urnas.

HOJE – Ontem, a senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) aniversariou em grande estilo com missa na Catedral de Mossoró e carreata pela cidade. Hoje, a festa continua no Templo Central da Assembléia de Deus, às 20h, em culto preparado em sua homenagem pela comunidade evangélica.

DEBATE – Aluns leitores mandam e-mail comentando o debate de ontem, mas a maioria prefere que não haja publicação do conteúdo das opiniões. Respeitada a vontade. Quanto àqueles que interpretaram – erroneamente – que sou contra o debate e o diminui, seja feita a devida observação: não sou contra. Muito pelo contrário. Aqui mesmo já escrevi que vejo como necessário e deveria ser obrigatório nas campanhas majoritárias. Entretanto, quando ao conteúdo, como escrevi em matéria abaixo, o promovido pela InterTv Cabugi não acrescentou muito. As próprias regras rígidas favorecem ao escapismo, a desencontros de informações e à falta de checagem quanto ao que é anunciado, afirmado ou questionado. Mas o debate é sempre válido. Sempre.

PARA ANOTAR – Duas passagens, em especial, me chamaram a atenção no debate da InterTv Cabugi: em suas considerações finais, Garibaldi afirmou: “Pesquisas contratadas pela governadora” a colocavam à frente na preferência popular. Não entendi. O Ibope não foi pago pela InterTv Cabugi? E a InterTv Cabugi não tem como um dos sócios a família de Garibaldi? Quanto a Wilma, bradar que “não tenho ambição pelo poder” quase me leva às lágrimas. É como afirmar que time grande só participa de campeonato com espírito olímpico, não aspirando ao título. My God!

GERAIS

- Os clubes de futebol de Mossoró, por mais avanços que tenham obtido – e foram muitos – nos últimos anos, continuam às voltas com velhas mazelas. Veja-se o caso do Baraúnas: uma cadeira avaliada em R$ 300,00 está indo à penhora, para cobrir débito tricolor. A cadeira é da sala da presidência do clube.
- O advogado Severino Moura é candidato a presidente da OAB/Mossoró nas eleições que vão se processar em novembro próximo. Um profissional-cidadão que sem dúvidas honra essa entidade emblemática.
- A convite da TV Cabo Mossoró (TCM), este blogueiro estará participando de trabalho de cobertura das eleições 2006 no domingo, 26. Vou conciliar com tarefas com este Blog e outros meios de imprensa.
- Obrigado à leitura deste Blog a Cid Escóssia, radialista Evaristo Nogueira (FM O Povo de Fortaleza) e deputado Cláudio Porpino

SÓ PRA CONTRARIAR

Domingo é o dia. Não vote em branco, não anule seu voto. Escolha, mesmo que sejam os menos ruins em sua ótica.

Candidatos têm última agenda em Mossoró

Carreatas marcam final de campanha em disputa pelo voto

Os candidatos a governador Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB) voltam a dividir espaços em Mossoró nessa sexta, 27.

A governadora e candidata à reeleição deve aportar em Mossoró por volta das 15 horas, procedente de Areia Branca.

Já Garibaldi, extra-oficialmente fui informado que estará em Mossoró às 16h, também para uma carreata.

Saiba mais sobre este e outros assunto na Coluna do Herzog, Primeira Edição, ainda hoje.

Wilma X Garibaldi

Debate entre candidatos não acrescenta nada à campanha

Terminou pouco além da meia-noite o debate de pouco mais de duas horas de duração envolvendo os candidatos a governador do RN, Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB).

Tendo o jornalista César Tralli como moderador, o debate da InterTV Cabugi foi marcado por conflito de números desencontrados entre acusações e defesas quanto ao atual governo e à era Garibaldi Filho (duas gestões consecutivas).

Os ânimos pareceram em vias de alteração, quando Garibaldi no terceiro bloco – houve cinco -, resolveu trazer à tona o caso do “Folioduto”.

Cobrou uma explicação da governadora à denúncia do Ministério Público. Ela reagiu, dizendo: “O RN me conhece”. E emendou citando vários escândalos do período de Garibaldi, como “Merenda escolar”, “Caso do leite”, “Caso Gusson” e a batida “venda da Cosern”.

“Tudo que precisar discutir eu discuto, mas no seu governo o senhor ficava de lado, de santinho”, tripudiou a governadora.

Garibaldi afirmou que tinha passado toda uma campanha sendo vítima de calúnias e achacado, com o debate em torno da venda da Cosern em sua gestão. Outra vez jogou-se um rol de números de lado a lado.

Em linhas gerais, pouco se acrescentou à percepção dos eleitores, para escolha ao voto no domingo, dia 29. As próprias regras rígidas do debate não oferecem margem à avaliação de idéias, checagem de informações etc. Fica um jogo de meias-verdades ou claras mentiras, que ninguém pode dimensionar.

Saiba mais sobre este assunto na Coluna do Herzog, Primeira Edição, ainda hoje.

quinta-feira, outubro 26, 2006

Oposição quer tropa federal dia 29 em Natal

A coligação Vontade Popular protocolou junto ao TRE pedido de tropas federais para a cidade de Natal no dia 29 de outubro, data da realização da eleição do segundo turno.

Os advogados da coligação alegam que o clima de acirramento político na capital é preocupante e a presença de tropas federais irá garantir a normalidade do pleito no próximo domingo em Natal.

Cópias do pedido de tropas federais para Natal foram encaminhadas à presidência do TRE e à Procuradoria Geral do Ministério Eleitoral do Estado.

Do Blog de Oliveira Wanderley (www.oliveirawanderley.zip.net)

Apuração geral deve terminar até as 22 horas

Neste segundo turno das eleições de 2006, marcado para 29 de outubro, em que haverá votos apenas para dois candidatos a presidente da República e aos candidatos a governador em 10 unidades da federação, o eleitor votará mais rápido: o tempo estimado de votação de cada eleitor é de 20 segundos.

No primeiro turno, essa estimativa era de 50 segundos. O dado é da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A expectativa do Tribunal quanto à votação é de que até as 22 horas, 90% dos votos tenham sido totalizados.

Em 2006, chegou-se a mais de 90% dos votos computados às 21h45, muito mais cedo do que o horário inicialmente previsto, à meia-noite. Em 2006, estima-se que tenham sido totalizados 4.900 votos por segundo.

Ainda em 2006, a totalização do primeiro turno foi considerada a mais rápida dos três últimos pleitos.

No primeiro turno, às 14h55 da segunda-feira (2), 100% dos votos já estavam totalizados.

Em 2002, a totalização alcançou os 100% dos votos de todo o país apenas na terça-feira, às 8h12. Em 2004, nas eleições municipais, os 100% foram alcançados apenas na noite da segunda-feira, às 20h16.

Novo escândalo fustiga novamente o governo

Depois do escândalo do “Folioduto”, que pipocou há alguns meses na Fundação José Augusto, órgão ligado à política cultural do RN, agora é “Foliotur” que fustiga o governo Wilma de Faria (PSB).

Prestes a enfrentar as eleições no segundo turno, a governadora já sabe que a Secretaria de Turismo do RN passará por investigação do Ministério Público. E a própria governadora deverá ser ouvida sobre a denúncia.

Acusado como um dos principais envolvidos no Folioduto, o empresário Fabiano Motta há dias que faz um périplo pela imprensa. Atira para todos os lados, afirmando que não pode assumir débitos e responsabilidades no escândalo.

Fabiano Motta avisa que a sujeira do Folioduto é fichinha, diante do que teria ocorrido na Secretaria de Turismo. Teriam sumido pelo ‘ralo’ mais de R$ 2,1 milhões.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Um debate comum

Não chego a acreditar que o debate de hoje à noite na InterTv Cabugi possa ser um atrativo à forte audiência, nem capaz de causar repercussão eleitoral de peso que chegue às urnas.

Os candidatos Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB) não esgotaram os temas, é verdade. Alem disso, estão muito longe de representar avanços em termos administrativos. Com algumas nuances quanto ao perfil, os dois se parecem muito. Frente e verso da mesma moeda.

O que pode esquentar o debate é a colocação, à mesa, dos escândalos que marcam os dois gestores. Mas pelo visto, nenhum está interessado em espetar o outro com vara curta.

De qualquer modo, não custa nada acompanhar o duelo entre os candidatos hoje à noite, com pipoca e guaraná. E o controle remoto à mão, algo indispensável.

PRIMEIRA PÁGINA

USINA – A “Usina de Boatos” está trabalhando em três turnos na campanha do Rio Grande do Norte. Nas últimas horas apareceu versão de que o prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PSB) teria mudado de lado, passando a apoiar o primo Garibaldi Alves Filho (PMDB) ao governo. Outra: o Instituto Databrian teria apontado vantagem de Wilma de Faria de “apenas” 3% sobre Garibaldi. Ô povo de imaginação fértil!

FIM – Os candidatos a governo encerraram campanha nessa noite de quarta em Natal. As informações que recebo indicam boas concentrações de lado a lado, como foi toda a disputa nos dois turnos. Nessa quinta, 26, os candidatos passam o dia descansando e se preparando nas respectivas produtoras para o debate na InterTv Cabugi, ao vivo, a partir das 22h.

FESTANÇA – Desde cedinho que em todos os quadrantes de Mossoró estão pipocando foguetões. Não é chegada de droga, como é costume se sinalizar por aqui. Trata-se do aniversário da senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL). Às 17h tem missa na Catedral de Santa Luzia. Amanhã às 20h haverá culto evangélico no Templo Central da Assembléia de Deus. E nesse espaço de tempo, carreatas, visitas aos bairros e corpo a corpo em prol da candidatura de Garibaldi Filho (PMDB) ao governo.

ERGOFOBIA – No alto do portão de entrada do campo de concentração de Auschwitz, uma inscrição não poderia ser mais falsa: “Arbeit macht frei" (o trabalho liberta). Lá morreram mais de 1 milhão de judeus, ciganos e prisioneiros de guerra. Pensando como a labuta é dolorosa, tenho me cuidado para não exagerar. Mas não tem jeito. Na cobertura das eleições no segundo turno, o blogueiro vai se desdobrar entre este Blog, Jornal Página Certa (Mossoró), TV União (Natal), FM 98 (Natal), Rádio Rural (Mossoró), Rádio Difusora (Mossoró) e flashs para emissoras de rádio em outros municípios. Ufa. Espero que meu fim não seja judio.

NA NET – A campanha não pára e ocorre em todas as frentes. Pela Internet está sendo distribuído um cartaz satanizando o candidato ao governo pela oposição, Garibaldi Filho. Em destaque, a frase-sentença: “Não voto nele!” Na edição do material, mesclam-se fotos do candidato contra a governadora Wilma de Faria (PSB), com uma relação de empresas estatais que foram privatizadas e extintas no período de gestão de Garibaldi (1995 a 2002).

GERAIS

- Além dos muitos afazeres com mestrado em Fortaleza e participando de palestras, além de um programa semanal na TV Mossoró, o juiz de Direito Herval Júnior ainda encontra tempo para comentários no dia 29, data das eleições em Mossoró. Abordará o Direito Eleitoral na TV Mossoró.
- Dirigente máximo da FM 98, Felinto Rodrigues viaja este final de semana para a paulicéia. Faz checape de rotina, mantendo a saúde em dia. Sucesso.
- O instituto Anatália de Melo Alves (AMA) realiza nos dias 26 e 27 de outubro, inscrições para preenchimento de 120 vagas do curso de introdução à informática básica em Software Livre. O curso é gratuito e tem uma duração de 40 horas. Os interessados podem comparecer na sede da entidade, na rua Tibério Burlamaqui, 500, Paredões, de 09 às 17h, com documento de identidade, ou fazer contato pelo fone 3316-2445.
- Obrigado pela leitura deste Blog a Graça Motta, engenheiro Hugo Manso (PT) e ao bioquímico Genivan Vale.

SÓ PRA CONTRARIAR

O “Super-Moura”, que foi candidato a deputado no primeiro turno, ainda está voando por aí. Ninguém vai pedir seu apoio?

Problemas de ordem técnica prejudicam Blog

Passamos várias horas fora do ar em função de seriíssimos problemas com conexão à Internet.

As dificuldades com o sinal desse serviço, essencial, vêm se tornando constantes.

Em poucos minutos retomo a rotina com postagem de matérias e a Coluna do Herzog, Primeira Edição.

quarta-feira, outubro 25, 2006

Tucano tem 82 processos por improbidade

O PSDB, que vem levantando a bandeira da moralidade, em contraponto ao governo Lula e ao próprio PT, precisa limpar a própria casa.

No berço moral do PSDB e dos ideais de seu maior líder, a Fundação Mário Covas, que mantém em seus quadros tucanos de alta plumagem, encontra abrigo Goro Hama, tesoureiro de várias campanhas do PSDB, ex-secretário do partido em São Paulo e ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

No site da fundação, Goro Hama é apresentado como o presidente do Conselho Consultivo da entidade, criada em abril de 2001 com doações de R$ 3,5 milhões.

Goro responde na Justiça a 82 ações por improbidade administrativa pela sua gestão na CDHU, impetradas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a outros nove inquéritos policiais em andamento, segundo a assessoria de comunicação do MPE paulista.

Ele é acusado pela Promotoria de Justiça da Cidadania do MPE de causar prejuízos de R$ 685,7 milhões aos cofres do governo paulista.

Saiba mais clique no endereço abaixo:

http://www.congressoemfoco.com.br/Noticia.aspx?id=11061

Professora morre após incidente político

A professora Maria Gracilda Bezerra, que residia em Afonso Bezerra, região Central do Rio Grande do Norte, pode ser a primeira vítima da selvageria política que se espraia pelo Estado, na campanha eleitoral deste ano.

Gracilda faleceu no hospital em Afonso Bezerra, vítima de infarto. Segundo informações preliminares, ela teria chegado ao atendimento médico já sem vida, depois de incidente envolvendo partidários de Wilma de Faria (PSB) e Garibaldi Filho (PMDB) no domingo, 22, na cidade.

Não há detalhes maiores sobre o caso.

A informação é do Blog de Aclecivam Soares.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Elas de novo: as pesquisas

Como ocorreu no primeiro turno, as pesquisas são outra vez vedetes da campanha eleitoral.

Em poucos dias, apareceram números aos borbotões e sempre colocando a governadora Wilma de Faria (PSB) em evidência, em posição proeminente. Como também é comum nesses casos, quem está em inferioridade questiona tudo.

O que há de mais diferente no que ocorre agora, em relação ao primeiro turno, é resultado das distorções quanto às pesquisas àquela ocasião. Essa ferramenta deixou de ser instrumento de informação para se constituir em objeto de indução ao voto, à busca de apoios etc.

Entretanto, as pesquisas no segundo turno revelam outro tipo de faceta. As três que mais ganharam notoriedade (Ibope, Vox Populi e Consult) indicam uma tendência. Todas podem estar erradas? Podem. Mas é pouco provável que isso esteja ocorrendo.

O que se verifica é conflito numérico referente à vantagem, não quanto à direção que parece tomar a maioria do eleitorado. O Ibope deu 7% de maioria para Wilma, o Vox Populi deu ‘engorda’ em 14% e o Consult apontou 10,76% de vantagem à governadora na divulgação de hoje, via Diário de Natal.

Em nenhum momento os líderes da oposição contestaram a dianteira e, sim, o seu volume. Portanto, é fácil tirar no mínimo uma conclusão: Wilma está efetivamente à frente. Os dois lados concordam. A discordância é quanto aos índices.

Dia 29 a gente tira a limpo. Vencerá, obviamente, quem tiver mais votos.

PRIMEIRA PÁGINA

NA ÁREA – O grupo da deputada federal Sandra Rosado (PFL) aguarda o término do período eleitoral vigente, para fazer um grande balanço quanto à campanha e estudar o futuro. Mas há um fio de ligação – mais do que sintonizado – com o grupo do primo e ‘adversário’ Carlos Augusto (PFL), marido da senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL). À mesa, já se conversa sobre as eleições municipais de 2008. O nome do deputado federal não-reeleito Betinho Rosado (PFL), irmão de Carlos, é agradável aos olhos das duas partes. Depois retorno ao tema, com mais detalhes. Não se trata de especulação. Aguarde.

EM JANEIRO – Com cuidados no trato das palavras, algo em que normalmente tropeça, a prefeita mossoroense Fafá Rosado (PFL) tem agido com equilíbrio na condição de ‘opositora’ da governadora Wilma de Faria (PSB). Como em política nada é por acaso, é bom o webleitor observar os sinais que são emitidos. A partir de janeiro, caso Wilma efetivamente se reeleja, as duas terão no mínimo mais dois anos de gestão em período comum pela frente: Fafá nos dois restantes deste mandato e Wilma nos primeiros dois anos do segundo governo. Portanto...

JÁ GANHOU – Por mais que as lideranças da Vitória do Povo procurem propagar, pela imprensa, que a disputa ao governo é tratada com visão espartana e longe do “já ganhou”, não é isso o que se verifica nos bastidores. Conversas e manifestações variadas apontam para uma etapa seguinte: a festa da reeleição da governadora Wilma de Faria (PSB). Surpresa nas urnas está fora de cogitação, é o que se afirma.

DEBATE – Para o debate de amanhã na InterTV Cabui, sob a moderação do jornalista César Tralli (Rede Globo São Paulo), a expectativa está em torno da temática. No âmbito da campanha de Garibaldi Filho, duelam pensamentos divergentes quanto a “Folioduto” e outros aspectos nebulosos da gestão de Wilma de Faria. Uma ala quer Garibaldi Filho no ataque; outra acredita que o modelo de ferocidade à la Geraldo Alckmin (PSDB) não combina com a face hindu do senador. Aguardemos o debate.

GERAIS

- O premiado poeta-contista mossoroense Marcos Ferreira está com dificuldade para ir a Manaus (AM) receber prêmio por ter sido escolhido como o melhor autor do país, entre cerca de 300 participantes em concurso literário promovido pela Prefeitura manauara. Como não faz parte da lista de ‘queridinhos’ do Palácio da Ineficiência, tem que apelar para outros apoios à viagem. Interessante, é que em Mossoró, o poder público patrocina até palestra de janota que ensina etiqueta e o verdadeiro artista local sofre, pena e é obrigado a se humilhar.
- A programação dos festejos sócio-religiosos da padroeira de Mossoró, Santa Luzia, será divulgada em café da manhã na sexta, 27, no Lizete Buffet, a partir das 7h, num café da manhã.
- Obrigado pela leitura deste Blog ao advogado Paulo Almeida, empresário Cristovam Frota e construtor Guto Rodrigues

SÓ PRA CONTRARIAR

Os manifestantes de Wilma e Garibaldi brigam verbalmente e até fisicamente em nome do quê?

Bandidos na vida pública

Palestrante advoga princípio de vida pregressa contra maus políticos

A enxurrada de políticos eleitos este ano, mesmo respondendo a processos judiciais variados, precisa sofrer um basta. Essa a opinião do advogado e palestrante Djalma Pinto, durante o Seminário Jurídico da Universidade Potiguar, à noite dessa terça, 24, no Hotel Thermas em Mossoró.

Na visão de Djalma, é fundamental que legisladores, operadores do direito e a sociedade civil reajam “a essa distorção”. Segundo ele, “o princípio da presunção da inocência até que a culpabilidade seja comprovada, transitado em julgado”, está beneficiando a delinqüência, em vez de proteger a sociedade.

Ele defendeu que seja aplicado o princípio “da vida pregressa compatível com a magnitude da representação popular”. Argumentou, que o cidadão comum na vida particular, rejeita negócios com quem está sob investigação e sob denúncia, protegendo-se e a eventuais patrimônios. Isso precisa ser levado à atividade política.

Para Djalma Pinto, no campo público, os constituintes de 1988 produziram uma anomalia, que em vez de salvaguardar os bons, termina por proteger uma súcia, incapaz de enxergar a política com o devido espírito público.

- Não há um modelo similar em qualquer parte do mundo, no Direito Comparado – comentou o palestrante, diante de uma platéia numerosa de estudantes, docentes e advogados. “A vida no poder exige vida limpa, passado de zelo”, afirmou.

Ele abordou em sua palestra o tema “Direito eleitoral – a vida pregressa dos candidatos como causa de elegibilidade”.

terça-feira, outubro 24, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

NA ÁREA – Os candidatos Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB) ocuparam espaço em Mossoró entre final de tarde e noite dessa terça, 24. A carreata de Garibaldi foi concluída no bairro Barrocas e a de Wilma de Faria no Belo Horizonte, dois dos mais populosos bairros da cidade. Em termos numéricos, o candidato oposicionista levou boa vantagem.

“PATETAS” – Depois das adesões de Xeque Humberto (PTC) e Geraldo Forte (PSL), candidatos a governador no primeiro turno, Garibaldi Filho teve que agüentar em seu palanque nessa terça em Mossoró, o último dos três patetas: Miguel Mossoró (PTC), que foi candidato a deputado estadual e não conseguiu votos para encher uma caixa de sapatos. Garibaldi já foi mais atraente.

FIM - Comícios e reuniões públicas, por exemplo, só podem ser promovidos até quinta-feira (26). Sexta-feira (27) é o último dia para a veiculação de propaganda eleitoral gratuita em cadeia nacional de rádio e televisão e para a realização de debates. E no domingo, 29, finalmente, as eleições no segundo turno. É o que vai restando do calendário eleitoral deste ano.

CORPO MOLE – Não é difícil identificar que alguns apoios têm se transformado em meras quinquilharias. A prática do corpo mole, já acenando para o outro lado, vai pontificando na reta final de campanha no RN. A expectativa do poder beneficia sobretudo a governadora Wilma de Faria. Quem não pode anunciar apoio, cruza os braços. Depois, é possível que estire a mão.

NA FRENTE – Depois do Ibope com 7%, o Vox-populi apontando 14% de vantagem, ambos para Wilma de Faria (PSB), o Diário de Natal publica pesquisa do Instituto Consult nessa quarta, 25, com dianteira para a governadora em cima dos 10,76%. Ou seja, para o candidato Garibaldi Filho, é menos ruim o Ibope mesmo. Tá melhor!

DA REDAÇÃO

- A MultTV que reproduz programação da Rede TV! está em vias de arrendamento a grupo de Pernambuco. Fala-se que o negócio é da ordem de R$ 50 mil/mês. Aluizinho Alves e Marcos Santos são os principais acionistas e brigam há tempos, numa sociedade conturbada.
- A saúde em Natal pode parar. Indicativo de greve será votado nesta quarta, 25.

PENSANDO BEM...

"Nunca deixo de ter em mente que o simples fato de existir já é divertido". (Katherine Hepburn)

Polícia Federal tentará conter violência

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TER), desembargador Cláudio Santos, determinou que a Polícia Federal acompanhe toda a movimentação política no Estado. O setor de inteligência da PF acompanhará carreatas, caminhadas, comícios e todas as atividades que possam representar a incitação à violência no Rio Grande do Norte, incluindo o dia da eleição, e sobretudo em Mossoró.

“Tomaremos medidas rigorosas contra aqueles que apostam no clima de desordem”, adiantou o presidente do TRE-RN.

Ele assegurou durante a sessão ordinária desta terça, 24, que a Justiça Eleitoral usará de todos os meios para coibir a desordem e os tumultos. O desembargador citou ações de desordem em Natal, Mossoró, Santo Antônio, Pau dos Ferros e Touros como exemplos de confrontos que devem ser evitados por todos,.

Saiba mais sobre a política do RN ainda hoje em outras matérias e na Coluna do Herzog, Segunda Edição.

Mais cinco municípios terão tropas no dia 29

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram o envio de tropas federais para garantir a segurança das eleições em mais 21 municípios de dois estados brasileiros: Amazonas (16) e Rio Grande do Norte (5).

Para o Rio Grande do Norte, foi autorizado o envio de força federal para os municípios de Caicó (PA 19736) e Nova Cruz, Passa e Fica, Lagoa D’Anta e Montanhas (PA 19749).

Conforme o Código Eleitoral, em seu artigo 23, inciso XIV, compete ao TSE autorizar o envio de força federal solicitado pelos Tribunais Regionais Eleitorais dos estados e do Distrito Federal para garantir a ordem e a segurança da votação e da apuração em algumas regiões do país.

Fonte: TSE

Juiz pede reforço para eleições em Mossoró

O juiz eleitoral Manoel Padre não quer se arriscar. Titular da 34ª Zona Eleitoral em Mossoró, ele quer tropas federais cobrindo as eleições no segundo turno no município, que tem mais de 149 mil eleitores aptos ao voto.

“Em Mossoró, também ocorreu um encontro e confronto de duas coligações rivais, no centro da cidade, no último sábado (21), mas sem que chegassem a agressões físicas. Ou seja, houve apenas provocações recíprocas. Isto, no entanto, revela que os ânimos estão se acirrando”, comentou o juiz.

Segundo Manoel Padre, em função desse ambiente alterado, “por medida de precaução, solicitei o auxílio das tropas federais para o dia do pleito”.

Rosalba aniversaria com movimento intenso

A senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) tem mais uma razão para bombar trabalho em prol da candidatura ao governo do senador Garibaldi Filho (PFL), na reta final de campanha.

Nessa quinta, 26, a ex-prefeita mossoroense aniversaria. Em plena campanha no segundo turno, ela terá missa às 17h na Catedral de Santa Luzia em Mossoró. O condutor será o padre Américo Simonetti.

Em seguida, deverá ocorrer caminhada e comícios em alguns pontos da cidade.

Na sexta, 27, será a vez da senadora receber homenagem dos evangélicos. Haverá um culto no Templo Central a partir das 20h. A celebração será do pastor Martin Alves.

PT faz sua parte em campanha pró-Willma/Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) e legendas agregadas estão fazendo sua parte na campanha em favor da governadora Wilma de Faria (PSB) e do presidente Lula.

À noite desta segunda, 23, militantes se mobilizaram em frente ao campus central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), para fazer campanha pró-Lula e Wilma.

Além de um telão e carros de som, houve distribuição de panfletos contendo comparativos entre governos passados e o atual.

Com informações do saite www.empauta.net, colunista Kalianne Pereira.

Ex-prefeito é atacado a golpes de facão

A violência na campanha do RN está se agudizando.

Recebo a informação-relato de que o ex-prefeito de Touros, Josemá França (PFL), quase perde um braço devido golpe de facão.

O agressor teria sido de Cláudio Farias, cunhado do prefeito Eriberto Oliveira (PL), partidário da governadora Wilma de Faria (PFL).

Josemá França teria sido agredido verbalmente na segunda, 23, pelo cunhado do prefeito. Ambos entraram em luta corporal, quando ocorreu o ataque a golpes de facão.

Em editorial, na Coluna do Herzog, Primeira Edição, hoje, já tinha focalizado a que nível tinha chegado o radicalismo político.

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Dêem uma chance à paz

Retomo o tema. O nível de radicalismo na campanha estadual assombra. Está se alastrando geometricamente, da capital ao anterior, colocando em confronto gente tida como civilizada e teoricamente politizada. O que ocorre depõe contra as duas impressões.

Mas sem dúvidas que os grandes responsáveis por esse ambiente de beligerância são as lideranças políticas de lado a lado.

Em palanque, o que está prosperando é o incitamento à violência, com ataques pessoais, insinuações capciosas e provocações textuais.

O final de semana e já o início desta, reta final de campanha, estão sendo marcados pelo agravamento do quadro. Passamos do insulto, do bate-boca, para a luta física, agressões primitivas e ameaças à vida.

Seria fundamental, que os candidatos fizessem pronunciamento em comum, pela imprensa, resgatando o respeito e convocando militantes e idiotas, para retomada do bom senso.

Dêem uma chance à paz!

PRIMEIRA PÁGINA

É NÃO É – Discursando hoje pela manhã na periferia de Mossoró, na série de comícios em favor de Garibaldi Filho (PMDB), a prefeita Fafá Rosado (PFL) criticou-não-criticou a governadora Wilma de Faria (PSB). “Não quero falar da governadora (...) Aqui, precisa de saneamento e não vou dizer que ela não vá fazer, mas até agora não fez (sic)”. No final deu para descobrir em quem ela vota e a quem apóia. “Eu preciso do governador e o governador é Garibaldi Alves Filho...” Ufa!

FOLIODUTO – Acompanhei entrevista da governadora Wilma de Faria hoje, na FM 96 de Natal. Deu para perceber que ela não absorve o caso ‘Folioduto”. Embaraça-se com o tema. “Estou muito tranqüila e não vou ficar discutindo, deve ter muita gente da oposição por trás disso. E não falarei sobre esse assunto”, disse secamente. A verdade é que ainda falta muita coisa a ser explicada e esclarecida sobre o assunto. Há muita nebulosidade nas apurações.

"LULA POTIGUAR" – No subúrbio de Mossoró, Lula está realmente em alta. A senadora eleita Rosalba Ciarlini está discursando em defesa do aumento do Bolsa-família, programa do governo federal. Hoje, no pobre “Parque das Rosas”, Rosalba afirmou e repetiu que Garibaldi “vai aumentar em 50% o Bolsa-família”. Segundo ela, o Estado vai entrar com dinheiro próprio para essa melhoria. Não deve ser fácil. Atualmente, o RN tem o atendimento de 253 mil famílias com esse benefício pela União. Mas, como em campanha cabe tudo, quem sabe.

COMUM – Numa avaliação fria do debate de ontem da Rede Record, o que vi foi um Alckmin (PSDB) manietado e incapaz de se sobressair em relação ao presidente Lula. Candidato à reeleição, Lula se mostrou mais solto, menos tenso do que nas vezes anteriores. Se houve um ganhador, sem dúvidas que foi o presidente.

PESQUISA – Consult e Ibope devem aparecer com pesquisas na reta final da campanha no sábado, 28. Um tira-teima muito interessante, para matar alguns do coração e provocar euforia noutros. Numa campanha em que as pesquisas foram as grandes vedetes, negativas, não poderiam faltar na reta final do embate político-eleitoral.

GERAIS

– O Hotel Villa Oeste em Mossoró sedia até o sábado, com entrada franca, mais uma semana espírita. Serão vários e importantes palestrantes sempre a partir das 19h30.
- E a Universidade Potiguar promove seminário no Hotel Thermas, aberto a profissionais e estudantes do Direito.
- O pésssimo serviço de Internet está comprometendo a postagem de material em tempo ágil. Minhas desculpas, webleitor.
- Obrigado à leitura deste Blog a Val Araújo, na Serra de Santana; jornalista-escritor Luiz Gonzaga Cortez e enfermeiro Galba Silveira.

SÓ PRA CONTRARIAR

Literalmente esta campanha é pau, é pedra e as pesquisas no caminho...

Campanha com pau, pedras, ovos e bofetes

Ontem à noite em Afonso Bezerra o “pau” cantou entre as duas coligações que apóiam os candidatos ao Governo do Estado.

De um lado estava os partidários do prefeito José Robson (PMDB), que apóia a candidatura do senador Garibaldi Filho (15), ao Governo do Estado. Do outro se encontravam os aliados políticos do agrônomo Jackson Bezerra (PFL), que apóia a candidatura à reeleição da governadora Wilma de Faria (40).

Por volta das 23h, as duas passeatas se encontram na praça principal, em frente à prefeitura e os ânimos se acirraram ao ponto das militâncias saírem no tapa, sobrando até mesmo para quem dormia dentro dos veículos. O hospital local registrou vários atendimentos.

Já em Natal, numa caminhada que fazia ontem no Conjunto José Sarney, na Zona Norte, a candidata Wilma de Faria e sua comitiva foram pulverizados com ovos e até pedras. O locutor Rô Medeiros e os deputados eleitos João Maia (PL) e Fábio Faria (PMN) chegaram a ser atingidos, mas sem maior gravidade.

* Enfoque com colaboração dos blogs de Aclecivam Soares e Diógenes Dantas.

Fafá critica favorecimento à fundação e hospital

Discursando agora há pouco no “Parque das Rosas”, conjunto habitacional na periferia de Mossoró, a prefeita Fafá Rosado (PFL) mandou recado mais do que direto para seus primos e adversários.

Enaltecendo a vitória do seu marido e médico, Leonardo da Vinci (PFL) a deputado estadual, ele afirmou que ele tem responsabilidades redobradas. “Mas continuará atendendo às pessoas pobres; não é como alguns que se elegem para beneficiar casa de saúde e suas fundações”.

A citação de Fafá é na direção do casal deputada federal Sandra Rosado (PSB)-ex-deputado Laíre Rosado (PSB), dirigentes da Casa de Saúde Dix-sept Rosado e da Fundação Vingt Rosado.

Fafá participa de comício, dos vários que estão programados para hoje, em favor da candidatura de Garibaldi Filho (PMDB) ao governo.

Aguarde ainda esta manhã a primeira edição da Coluna do Herzog, Primeira Edição.

Pesquisa mexe com candidatos

Números do Vox Populi provocam reações distintas

A pesquisa divulgada hoje pelo Diário de Natal, mas antecipada desde ontem pelos Blogs jornalísticos do RN, provocou reação distinta dos candidatos a governador.

Wilma de Faria (PSB) que despontou com 54% contra 40% de Garibaldi Filho (PSB) tratou o resultado com moderação. Em entrevista à FM 96 hoje pela manhã em Natal, disse que “não existe clima do já ganhou na campanha”.

Em Currais Novos onde estava ontem à noite, fazendo comício, Garibaldi Filho teve um susto. Discursando, comentou que o Ibope com 7% dava para aceitar, mas 14% de maioria para a adversária “é uma fraude”.

Aguarde ainda esta manhã a primeira edição da Coluna do Herzog, Primeira Edição.

segunda-feira, outubro 23, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

VOX POPULI – O jornalista Oliveira Wanderley divulgou em primeira mão a pesquisa que o Diário de Natal publica nessa terça, 24, para o governo do Estado no segundo turno. O levantamento do Vox Populi de Minas Gerais – adiantou Oliveira – aponta Wilma de Faria (PSB) à frente com 14%. Ela aparece com 54% contra 40% de Garibaldi Alves Filho (PMDB). Pelo visto, a pesquisa do Ibope que dava “apenas” 7% de maioria pró-Wilma era mais inofensiva para os oposicionistas. Repetindo um bordão humorístico do programa “Zorra Total” da Globo: “Mexe com quem tá quieto!”

MAL – Na pressa de cobrir as perdas que estariam sendo mostradas pelas pesquisas, a Vontade Popular está correndo atordoadamente atrás do prejuízo. Poderia ter evitado o mico que pagou domingo em Assu. A senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) foi às ruas ao lado de outros correligionários, mas aglomerou pouquíssima gente. O pior é que carros de som ficavam anunciando a presença do candidato Garibaldi Filho, que não compareceu nem efetivamente estava agendado para tal fim na cidade. Propaganda enganosa.

CALOR – Mais barulho fez em Upanema na manhã dessa segunda, o prefeito Jorge Luiz (PMDB), o deputado eleito Leonardo da Vinci (PFL) e o suplente de deputado estadual Gilvan Carlos (PSB). Em prol da candidatura de Garibaldi Filho, conseguiram mexer com boa aglomeração humana sob um sol escaldante. Até passeata inventaram por volta de quase 11h30. Pra levantar poeira mesmo.

ADESÃO – A governadora Wilma de Faria deve emplacar nessa terça ou no máximo na quarta, mais algumas adesões. Pelo que sondei, mas não fui autorizado a falar, é gente de peso, de referência. Vamos aguardar para o fato se confirmar – ou não.

DA REDAÇÃO

- O escritor Marcos Ferreira foi vencedor de um concurso promovido pela Prefeitura de Manaus (AM). O primeiro lugar no gênero poesia, além de prêmio em dinheiro, dará ao mossoroense o direito de publicação do livro “A Hora Azul do Silêncio”, que, inédito, foi a obra que ensejou sua vitória na acirrada disputa que contou com mais de trezentos candidatos de todo Brasil. Marcos, como tantos outros nativos em vários segmentos produtivos, faz mais sucesso fora do que em sua terra Natal. Mossoró é assim mesmo. Adora valorizar o embuste e a iniqüidade festeira, em detrimento da cultura real.
- O prefeito Dix-huit Rosado (Mossoró) falecido no exercício do terceiro mandato como “burgomestre” de sua terra, em 22 de outubro de 1996, está sendo modestamente homenageado com exposição que o lembra. É na Biblioteca Ney Pontes. Foi efetivamente a última pessoa a enxergar o município além do seu tempo.
- A jornalista Kalianne Pereira estreou nessa segunda uma coluna, diária, em seu saite www.empauta.net. Confira. Ela está sempre muito bem-informada.

PENSANDO BEM...

“Os espelhos são usados para ver o rosto; a arte para ver a alma”. (George Bernard Shaw)

Lula e Alckmin vão para o terceiro debate hoje

Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), candidatos a presidente da República no segundo turno, se batem hoje no terceiro debate entre ambos.

A Rede Record de Televisão promove o debate a partir das 22h30, com moderação a cargo do jornalista Celso Freitas.

O último debate entre os dois candidatos acontecerá na sexta, 27.

Saiba mais sobre a política do RN e do país lendo a Coluna do Herzog, Segunda Edição, ainda hoje.

Pau dos Ferros esquenta com duelo político

A política tradicionalmente quente em Pau dos Ferros, como a própria temperatura atmosférica do lugar, não está diferente no segundo turno eleitoral.

No sábado, 21, Vontade Popular e Vitória do Povo dividiram a cidade em paixões e rancores, com discursos inflamados de parte a parte.

No palanque da Vontade Popular, o senador José Agripino (PFL) classificou a governadora e adversária Wilma de Faria (PSB) e o ex-prefeito Nilton Figueredo (PP) de “mentirosos”. Agripino criticou-os por papel que seria de hipocrisia na censura à venda da estatal de energia elétrica, a Cosern, em 1997, por Garibaldi Filho.

Já hoje, 23, tem sido possível se ouvir carros com som estridente reproduzindo discurso mais antigo de José Agripino, justamente em sentido contrário: elogia Wilma de Faria, por exemplo, pela atitude de não se envergar às tentações do dinheiro da venda da Cosern, criticada por ele à época.

Ainda hoje aguarde a segunda edição da Coluna do Herzog.

Disputantes ao governo se digladiam em Mossoró

Os candidatos a governador Garibaldi Filho (PMDB) e Wilma de Faria (PSB) vão se digladiar outra vez no mesmo cenário. Da mesma forma que ocorreu sábado em Pau dos Ferros, eles se batem em Mossoró nessa terça, 24.

Garibaldi Filho começará carreata por volta das 15h e Wilma tem previsão de dar início à igual programação às 17h, invadindo o período da noite.

Saiba mais sobre a política do RN lendo a Coluna do Herzog, Segunda Edição, ainda esta noite.

Garibaldi ocupa Currais Novos e o Seridó

Desde o período matutino que o candidato a governador, senador Garibaldi Filho (PMDB), da Vontade Popular, está em campanha no município de Currais Novos.

Participou de contatos corpo a corpo, almoço com lideranças e já à tarde, fez visita a bairros mais populosos do município.

Agora à noite, os compromissos do candidato continuam no Seridó.

Garibaldi Filho fará comício no bairro de Santa Maria Gorete em Currais Novos por volta das 19h. Em seguida, deverá seguir para Acari, onde acontecerá outra concentração.

Segundo me informou há poucos minutos um integrante da caravana oposicionista, o ânimo está em revitalização, após o resultado do Ibope, que saiu 7% favorável à governadora Wilma de Faria (PSB).

O encerramento da segunda, 23, de Garibaldi, será em Caicó. A expectativa é que ele chegue à cidade por volta de 22h.

Geraldo é vaiado em palanque de Wilma de Faria

O ex-senador Geraldo Melo (PSB) passou maus bocados em Pau dos Ferros à noite de sábado, 21, quando discursou pela terceira na atual campanha do segundo turno, em palanque da governadora Wilma de Faria (PSB).

Durante seu discurso, Geraldo deixou escapar sua preferência por “Geraldo Alckmin (PSDB) à presidência da República”.

A opção de Geraldo Melo foi o suficiente para provocar uma sonora vaia.

Sentindo a gafe, o ex-senador derrotado no primeiro turno, procurou remendar o deslize:

- Mas neste palanque estou com Wilma de Faria ao governo!

De chofre, a numerosa platéia tratou de inocentá-lo, aplaudindo-o efusivamente.

Geraldo Melo já tinha discursado antes à semana passada em Ceará-mirim, anunciando formalmente seu apoio a Wilma, além de Apodi à tarde do mesmo sábado.

Saiba mais sobre a política do RN em novas postagens ainda hoje e na Coluna do Herzog (Segunda Edição) à noite.

Adécio continua com Garibaldi Filho ao governo

O deputado José Adécio (PFL) continua apoiando o senador Garibaldi Filho (PMDB) ao governo.

Em entrevista hoje em Natal, ele admitiu estar magoado por não ter contado com Garibaldi e a cúpula da vontade popular apoiando seu filho, “Adecinho”, às eleições complementares à Prefeitura de Pedro Avelino, dia 15.

Apesar das queixas, garantiu que continua com a família unida, além do seu grupo, em favor da candidatura de Garibaldi.

- Como um político coerente, um homem de partido, não poderia deixar me levar pela emoção de um problema menor, mesmo me sentindo magoado e chateado com tudo que aconteceu, até porque envolvia um filho meu – disse. "Superei tudo (...) e continuamos apoiando pra valer Garibaldi Filho", afirmou.

Nota deste Blog: Mais do que coerência política, a decisão do deputado José Adécio é movida pela lógica. Seus adversários locais em Pedro Avelino foram mais rápidos, chegando primeiro no apoio à governadora Wilma de Faria (PSB). Seria estapafúrdio que o deputado se transformasse em apenas "mais um" ao lado de quem ele combate, como o prefeito eleito Sérgio Eduardo (PMDB) e o o prefeito cassado Edeclaiton Trindade (PMDB). Eis a justificativa maior para sua permanência - apesar das mágoas - com Garibaldi Filho.