CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

sexta-feira, outubro 27, 2006

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

O fator Mossoró

A Vontade Popular deposita especial esperança em Mossoró no segundo turno. Nas eleições de domingo, há fio de expectativa de que o município com seus mais de 149 mil eleitores consiga inflar Garibaldi Filho (PMDB) com uma bolha de maioria superior aos 40 mil votos.

Particularmente não creio que isso aconteça. Impossível? Não. Muito pouco provável que ocorra, só isso.

O cenário da disputa no segundo turno é outro completamente diferente do primeiro, além de existir uma polarização que praticamente divide a cidade. Não tenho dúvidas que Garibaldi Filho vai sobrar nas urnas.

Muitos confundem e associam o duelo Garibaldi X Wilma ao Rosalba x Fernando Bezerra. São exemplos completamente diferentes. No primeiro caso existe um embate de verdade. No outro, entre a senadora eleita e o adversário, ocorreu um massacre até pela ausência de Fernando. Ele não lutou pelo voto local. Desdenhou-o.

A governadora e candidata à reeleição começou a campanha no primeiro turno com possibilidade de ser soterrada com maioria acima dos 40 mil votos. Perdeu por 23.027 justamente por não aceitar perder, passivamente, como Fernando. A diferença de mentalidade e atitude é que torna o comparativo estapafúrdio. Wilma não é Fernando.

Os personagens em campo estão, efetivamente, lutando pelo voto. Se a oposição repetir ou aumentar um pouco mais a maioria do primeiro turno, será um feito.

PRIMEIRA PÁGINA

BOATARIA – No Alto Oeste, principalmente em Pau dos Ferros, a onda da oposição é disparar que a governadora Wilma de Faria (PSB) sendo reeleita irá acabar com o Programa do Leite. Na quente política oestana, o vale-tudo nunca foi tão proeminente.

CONSTATAÇÃO – Quem melhor espelhou o desespero do senador Garibaldi Filho na reta final de campanha foi o chargista Odilan, na página 2 de hoje do Jornal de Fato. Num cenário de debate, ao lado da concorrente Wilma, Garibaldi choraminga: “Meu querido eleitor, meu querido servidor, minha querida dona-de-casa, meu querido mediador do debate, meu querido câmera, minha querida Wilma, pelo amor de Deus votem em mim!” Genial!

GRANDE – A senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) deu outra demonstração de poder de mobilização ontem em Mossoró. Promoveu uma carreata de grandes proporções pelas ruas da cidade, propagando o nome de Garibaldi Filho ao Senado. Da mesma forma que Garibaldi foi de enorme lisura no tratamento à Rosalba, puxando-a à vitória no primeiro turno, o sistema Alves não pode se queixar da contrapartida agora onde a ex-prefeita tem força comprovada. É esperar o resultado das urnas.

HOJE – Ontem, a senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL) aniversariou em grande estilo com missa na Catedral de Mossoró e carreata pela cidade. Hoje, a festa continua no Templo Central da Assembléia de Deus, às 20h, em culto preparado em sua homenagem pela comunidade evangélica.

DEBATE – Aluns leitores mandam e-mail comentando o debate de ontem, mas a maioria prefere que não haja publicação do conteúdo das opiniões. Respeitada a vontade. Quanto àqueles que interpretaram – erroneamente – que sou contra o debate e o diminui, seja feita a devida observação: não sou contra. Muito pelo contrário. Aqui mesmo já escrevi que vejo como necessário e deveria ser obrigatório nas campanhas majoritárias. Entretanto, quando ao conteúdo, como escrevi em matéria abaixo, o promovido pela InterTv Cabugi não acrescentou muito. As próprias regras rígidas favorecem ao escapismo, a desencontros de informações e à falta de checagem quanto ao que é anunciado, afirmado ou questionado. Mas o debate é sempre válido. Sempre.

PARA ANOTAR – Duas passagens, em especial, me chamaram a atenção no debate da InterTv Cabugi: em suas considerações finais, Garibaldi afirmou: “Pesquisas contratadas pela governadora” a colocavam à frente na preferência popular. Não entendi. O Ibope não foi pago pela InterTv Cabugi? E a InterTv Cabugi não tem como um dos sócios a família de Garibaldi? Quanto a Wilma, bradar que “não tenho ambição pelo poder” quase me leva às lágrimas. É como afirmar que time grande só participa de campeonato com espírito olímpico, não aspirando ao título. My God!

GERAIS

- Os clubes de futebol de Mossoró, por mais avanços que tenham obtido – e foram muitos – nos últimos anos, continuam às voltas com velhas mazelas. Veja-se o caso do Baraúnas: uma cadeira avaliada em R$ 300,00 está indo à penhora, para cobrir débito tricolor. A cadeira é da sala da presidência do clube.
- O advogado Severino Moura é candidato a presidente da OAB/Mossoró nas eleições que vão se processar em novembro próximo. Um profissional-cidadão que sem dúvidas honra essa entidade emblemática.
- A convite da TV Cabo Mossoró (TCM), este blogueiro estará participando de trabalho de cobertura das eleições 2006 no domingo, 26. Vou conciliar com tarefas com este Blog e outros meios de imprensa.
- Obrigado à leitura deste Blog a Cid Escóssia, radialista Evaristo Nogueira (FM O Povo de Fortaleza) e deputado Cláudio Porpino

SÓ PRA CONTRARIAR

Domingo é o dia. Não vote em branco, não anule seu voto. Escolha, mesmo que sejam os menos ruins em sua ótica.

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Muito bom saber onde anda nosso Evaldo Nogueira, grande radialista de velhas datas começando na Rural de Caicó. Evaldo, se não me falta a memória, é de Acari. (Bosco Araújo).

4:27 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial