CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

segunda-feira, outubro 30, 2006

O ano "zero" para os institutos de pesquisa

Definitivamente este é um ano para os institutos de pesquisas esquecerem. Todos, quase sem exceção, cumpriram papel menor e diferente dos propósitos a que deveriam se imiscuir.

Os números no segundo turno das eleições no RN não pouparam sequer o todo-poderoso Ibope, que no primeiro turno chegou a acertar na “mosca” o resultado à concorrência ao governo e Senado.

Agora, o desabamento foi amplo, geral e irrestrito em termos de pesquisas.

O Ibope indicou no sábado, 28, que Wilma de Faria venceria as eleições por 10%. A sondagem divulgada pela InterTV Cabugi revelava percentual de 52% para Wilma de Faria (PSB), contra 42% de Garibaldi Filho (PMDB).

Já o Instituto Consult, de Natal, no mesmo dia e através do Diário de Natal, atestava que Wilma despontaria com 52,1%, contra 41,2% de Garibaldi Filho. A maioria para Wilma era de 10,9%.

Mesmo usando a margem de erro de 3% para cima ou para baixo, não se consegue aliviar a “barra” dos empresas pesquisadoras.

Quando as urnas foram fechadas em definitivo, o resultado indicou maioria de Wilma sobre Garibaldi Filho em apenas 4,76%. Nem 10% nem 10,9% ou mesmo os 14% do Vox Populi.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial