CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

sexta-feira, novembro 10, 2006

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Está difícil

É muito pouco provável que o senador José Agripino (PFL) emplaque a presidência do Senado, como tem articulado há algum tempo. Não lhe faltam atributos pessoais, sejamos claros, mas faltam substâncias políticas na atual conjuntura, para poder viabilizar tal projeto.

O senador mossoroense não briga apenas contra o governismo e uma das bandas do heterogêneo PMDB. Pululam bolsões de adversidades no interior do próprio PFL, no qual se destaca com uma das lideranças nacionais.

Acrescente-se a isso tudo, a força com que o governo Lula (PT) chega para o segundo governo, amargando o dissabor de ter sentido as estocadas de Agripino durante anos neste primeiro mandato. Claro que o Palácio do Planalto não o quer na presidência do Senado.

José Agripino também sente na pele os últimos contratempos, na costura de projetos políticos pessoais, como indicação para vice de Geraldo Alclmin (PSDB). Foi atropelado com naturalidade por uma das alas pefelistas, que preferiu o apagado deputado José Jorge (PFL). Então, ninguém se surpreenda com novo desapontamento do senador.

PRIMEIRA PÁGINA

DA GENTE – Leio o seguinte no Blog de Erasmo Carlos (http://tiocoloral.zip.net/): “O prefeito de Governador Dix-sep Rosado, Adail Vale (PSB), deverá exonerar nos próximos dias os servidores que se enquadrem na regra anti-nepotismo, seguindo assim o acordo firmado com o Ministério Público”. Enquanto isso, no Mundo Mágico de Nós... Mossoró é realmente um país à parte. A empresa pública vira corporação familiar, empregando uma récua de preguiçosos e fracassados na iniciativa privada - com exceções, claro – usando o que é nosso para bancar seu glamour decadente. No passado, eram trabalhadores cultos e altruísta. Hoje, como dizem os sicilianos, “tutti bonna gente”.

FORA – Na boa terra assuense, a pré-candidata a prefeito em 2008, Fátima Moraes (PSB), começou processo de expurgo e ‘purificação’ oposicionista para a campanha que se avizinha. Dirigente partidária no município, onde foi candidata a prefeito em 2004, ela tratou de promover bota-fora do vereador Carlinhos de Ewerton (PSB). Na última campanha estadual, recentemente encerrada, ele preferiu apoiar o candidato derrotado ao governo, senador Garibaldi Filho (PMDB). Além de duas derrotas em Assu, Carlinhos amarga esse complemento.

LUGAR – Titular do Planejamento e homem da estrita confiança da governadora Wilma de Faria (PSB), o secretário Vágner Araújo é nome confirmadíssimo no próximo secretariado. Entretanto, não exatamente onde desejaria. Caminha para ficar no mesmo posto, mas sonha - como quase todo mundo com projetos políticos no wilmismo - com a Sethas.

DESTINO - Apesar de todos os pesares, o PMDB continua sendo uma grife. E em nível de Mossoró, a ocupação da sigla tem muitos interessados. Arraia-miúda, no máximo, ficará segurando cadeira ou sendo laranja de gente de maior porte. O partido corre o perigo de novamente ser "arrendado", depois dos tempos heróicos do seu nome antecessor, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

GERAIS

- A Chapa 1 que concorre à direção da OAB no RN, encabeçada pelo advogado Paulo Eduardo Teixeira, fará o seu lançamento oficial em nível de Mossoró nesse sábado, 11, a partir do meio-dia, no Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região, Abolição II. - Acerta em cheio o governo da prefeita Fafá Rosado (PFL) em desenvolver projeto para instalação de uma UTI neonatal em Mossoró. Hoje, mesmo se pagando serviço privado, a comunidade não dispõe de um atendimento seguro e confiável à criançada. - De hoje a domingo, a cidade de Apodi vive seu “Apodi folia”, carnaval fora de época. Entre as ‘novidades’ não vão se apresentar o “Tchan!” e “Xandy”. Ainda bem. Apodi não merece. - Obrigado à leitura deste Blog ao jornalista Émerson Linhares (diretor da Rádio Difusora), Advogado Daniel Victor e secretário estadual de Justiça, Leonardo Arruda.

SÓ PRA CONTRARIAR

Ruim não é pegar a secretaria de pouca expressão, ruim mesmo é não ser lembrado para nenhuma.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial