CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

quarta-feira, novembro 08, 2006

COLUNA DO HERZOG (Segunda Edição)

BIG BLOG

CLAREZA – É preciso que o caso que cita a senadora eleita Rosalba Ciarlini (PFL), acusada de compra de apoio eleitoral com um carro usado, envolvendo o ex-candidato a prefeito de Felipe Guerra, Francisco Canindé, o “Chicão”, seja melhor esclarecido pela imprensa. Ou seja, os setores da imprensa que cobrem imbróglio. Ela não está sujeita à cassação de mandato e, sim, de registro e diplomação. Não se configurou o mandato, visto que Rosalba não chegou a assumir.

CLAREZA II – É provável, que mesmo conseguindo se desvencilhar da representação protocolada pelo PTB no TRE, Rosalba continue a ter dor de cabeças. A ameaça de amputação do que ela conquistou nas urnas é real. Mais do que clara. Não é por acaso que seus órgãos de imprensa e outros simpáticos à ex-prefeita, fazem silêncio sepulcral sobre o tema.

CLAREZA III – Existe jurisprudência (exemplo de decisão legal em caso similar) na Justiça brasileira, indicando forte possibilidade que a ex-prefeita, mesmo diplomada e assumindo o mandato, possa perder o registro. Os recursos eleitorais não têm efeito suspensivo. O que isso significa? Simples: a senadora eleita poderá assegurar o registro e diplomação, até assumindo o mandato com aval do TRE, mesmo com o PTB recorrendo ao TSE. Contudo, no TSE ou Supremo Tribunal Federal (STF), sua sorte estará sendo efetivamente julgada.

CLAREZA IV – Numa linguagem leiga e simplificada, o que posso adiantar é existir considerável possibilidade da senadora ganhar registro e ser empossada, sob as bençãos do TRE. Contudo, não se julge que aí ela estaria completamente imune à ação do petebismo. A demanda tende a migrar para o TSE e até mesmo para o STF. Em pleno exercício do mandato, o STF pode determinar a cassação de seu registro, o que resultaria na extinção do mandato. O caso não é da esfera interna do Senado e, sim, da Justiça. Nunca um carro usado causou tanto problema à ex-prefeita.

DA REDAÇÃO

- A Confraria do Café Bagdad em Mossoró está preparando mais uma confraternização natalina. Deverá ocorrer no dia 15 de dezembro.
- O ótimo Léo Sodré sai da Editoria-geral de “O Mossoroense” para se fixar em sucursal do periódico em Natal. Em seu lugar fica Ana Cadengue. Não sei quem é o melhor de ambos. O Mossoroense está bem-servido.
- A Boate Etnia em Mossoró está com crescente e envolvente movimentação às quintas e sábados. Funciona no primeiro andar do Restaurante Travessia, saída à BR-101 (Mossoró-Areia Branca).
- Não consigo entender por que cadeiras e mesas do espaço público “Arte da Terra” em Mossoró, são cedidas pela prefeitura (que o administra) a um bar particular perto da Estação das Artes. Definitivamente, a empresa pública é gerida como se fosse negócio de família. Tudo pode no Mundo Mágico de Nós. Chegamos a um nível insuportável de desrespeito ao cidadão-contribuinte.

PENSANDO BEM...

"Os infelizes são ingratos; isso faz parte da infelicidade deles". (Victor Hugo)

1 Comentários:

Anonymous Ana Paula Cadengue disse...

Obrigada pela força e elogio. Espero contar com sua preciosa ajuda (dicas e sugestões de pauta) na leitura dária de seu blog.

um grande abraço,

Ana Paula Cadengue

5:38 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial