CARLOS SANTOS ON LINE

Blog jornalístico editado e postado no Rio Grande do Norte (Brasil)

Minha foto
Nome:
Local: Mossoró, RN, Brazil

Jornalista, atuando profissionalmente há mais de 21 anos, com experiência em jornal impresso, TV, revista, rádio, webjornalismo e mídias alternativas, além de assessorias político-empresariais. CONTATOS: herzogcarlos@gmail.com

segunda-feira, dezembro 04, 2006

COLUNA DO HERZOG (Primeira Edição)

Choque ou reforma

Não importa o termo usado, é revelador e necessário que ocorra algo impactante em se tratando de administração pública estadual no RN.

Ouço de fontes credenciadas do governo, aqui em Natal onde me encontro, que a governadora Wilma de Faria (PSB) pretende fazer um "choque de gestão". Bem antes, no início do atual governo, ela foi tentada a promover o que se denominou internamente de "reforma de Estado", uma política gerencial mais ampla, integrada, sistêmica e revolucionária. Na prática, preferiu repetir antigas práticas gerenciais, não ousando.

Para uma segunda administração consecutiva, Wilma de Faria tem novamente a oportunidade de se ombrear - também - como gestora, a grandes nomes nacionais. Para não ir longe, cito o falecido ex-governador Aluízio Alves que há mais de 40 anos fez um governo de vanguarda, em se tratando de políticas públicas.

Favorecida por uma vitória significativa este ano, politicamente ainda mais importante do que a de 2002, Wilma recebe de novo em mãos, o "fascio" (bastão) para ponticar. Por que não ousar, promovendo uma reforma de Estado, em que os outros poderes sejam convocados a projeto cívico de transformação do Estado mãe-de-leite para uns, numa empresa pública eficiente para todos, lucrativa e benéfica a seus donos - o povo?

O olé imposto pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), em cima de seus adversários na reeleição 2006, é a prova da resposta positiva do cidadão ao gestor combativo e destemido. Com Aécio, Minas passou a funcionar com a máxima da relação custo-benefício comum às corporações privadas, enxugando despesas e tornando o Estado mais eficiente.

Se Wilma resolver incorporar a "guerreira" destemida na administração pública, como tem justificado o epíteto na política eleitoral-partidária, o RN efetivamente mudará. Do contrário, continuaremos assistindo a mesmice da transferência de delegado de polícia, programa de sopão e ocupação do Estado por uma minoria expropriadora, esnobe e insensível.

Os caminhos estão bem claros. É só escolher.

PRIMEIRA PÁGINA

CASA DE FERREIRO... - O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Júnior Escóssia (PFL), comanda Sessão Solene em homenagem ao transcurso do Dia Internacional das Pessoas Portadoras de Deficiências. É nesta segunda, às 15h, no Auditório do Sesi, onde existem rampas de acesso facilitando o trânsito de pessoas com problemas especiais. O interessante, é que o evento não acontece na sede da câmara, justamente porque em suas várias reformas, ninguém lembrou dos portadores de necessidades especiais. Sem comentários.

POBRE – A morte do médico ortopedista Leodécio Néo, que militou na política durante muito tempo, é uma perda considerável para Mossoró. Conhecia-o desde minha infância, na "República da São Vicente", esse meu burgo imaginário, simbolizado pela capela resistente. Muito depois nos encontramos nos escaninhos do jornal Gazeta do Oeste. Ele, sempre baforando cigarro e avisando de sua presença com aquela voz metálica inconfundível. Que descanse em paz.

NÃO PASSA – A imprensa nacional noticia que "é forte o lobby, na Câmara, para que o presidente Aldo Rebelo (PC do B) coloque em votação até o final do ano a Proposta de Emenda Constitucional nº 333/04, que recria 8.436 vagas para vereadores em todo o País, já a partir de fevereiro. Mas, não adianta: o projeto não será votado. Em 2004, o Tribunal Superior Eleitoral baixou norma reduzindo o número de vereadores. O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do TSE por 10x1 votos." Em nível de RN, mais de 120 suplentes retomariam cargo. Em Mossoró, por exemplo, seriam oito. Tinha-se total de 21 vereadores, caindo para 13 nesta legislatura.

INFRAERO – O senador não-reeleito Fernando Bezerra (PTB) deverá ir mesmo para a Infraero no segundo governo Lula. A revista "Veja" noticiou que o presidente Lula teria encontrado esse espaço para nomear Bezerra, por indicação da governadora Wilma de Faria (PSB), o que ajudará a tocar a obra do Aeroporto de Cargas de São Gonçalo do Amarante. A Folha de São Paulo fez o mesmo. Noutra vertente, é praticamente a admissão de que Fernando não levará a melhor na peleja jurídica para cassar registro e diplomação da adversária Rosalba Ciarlini (PFL) que ganhou no voto o mandato ao Senado, este ano.

GERAIS

- A partir de janeiro/2007, em data ainda a ser definida, este blogueiro ganha novo endereço eletrônico, mas o Blog ficará ainda mais dinâmico, passando a contar com espaços publicitários. Portanto, esteja à vontade para anunciar. Contatos podem ser feitos através deste endereço: herzogcarlos@gmail.com.
- Lembro que, logicamente, este Blog é lido em qualquer parte do mundo, via Net, porém maciçamente na Grande Natal, região de Mossoró, Seridó, Vale do Assu e Sertão Central. Conta até hoje com mais de 22 links (endereço para acesso colocado noutras páginas na Internet).
- A venda de bebidas e outros produtos em ambulantes no entorno do corredor da folia no Carnatal, ficou bem aquém do esperado. Conversei com vários deles. A queixa foi geral, sem exceção.
- Desde ontem, Mossoró vive a atmosfera de sua festa sócio-religiosa mais importante, em homenagem à padroeira dos católicos, Santa Luzia. No dia 13, teremos a grande procissão que banha a cidade com um mar de gente.
- Obrigado à leitura deste Blog a Leonardo Arruda, secretário de Justiça do RN; empresário Rútilo Coelho (concessionário GM em Mossoró) e Jornalista Marcos Dantas (Jardim do Seridó).

SÓ PRA CONTRARIAR

Agora, voltemos à realidade. O Carnatal já passou.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial